Suplemento Vitamínico – Vale a Pena Tomar?

🕐 28/11/2018

Fazer dietas muitas vezes pode resultar em deficiências nutricionais que nós pouco imaginamos. Mudar a alimentação pode sim ocasionar estranhamentos em nosso organismo, então é fundamental atentarmos para as necessidades de cada corpo. Enquanto isso, a indústria de suplementos vem investindo cada vez mais em produtos para contribuir para o bom funcionamento de nosso corpo, e é exatamente por isso que o uso de um suplemento vitamínico deve ser analisado e reconhecido como uma ferramenta para manter seu corpo nutrido e imune às adversidades externas.

A deficiência de vitaminas e minerais pode resultar em reações no seu corpo como fadigas, estresse e oscilações de humor. A partir de agora você poderá entender melhor como o suplemento vitamínico pode contribuir junto a sua alimentação para evitar e recuperar seu corpo de deficiências de vitaminas e nutrientes fundamentais para a sua saúde.

O que é um suplemento vitamínico?

Um suplemento vitamínico pode prometer diversos benefícios, como melhorar a performance em atividades físicas, combater o estresse e até reduzir seu peso. Mas não pense que esses suplementos são milagrosos no sentido de você realmente não precisar se alimentar bem e simplesmente tomar um comprimido diário.

A suplementação não deve ser a principal ferramenta em uma dieta. O suplemento vitamínico deve ser utilizado para preencher pequenas deficiências nutricionais. Eles não podem substituir refeições e muito menos substituir qualquer comida que esteja incluída em seu plano alimentar.

É recomendável sempre obter os nutrientes diretamente dos alimentos, assim, o suplemento deve ser um aliado, e não principal responsável pela sua nutrição. As vitaminas e minerais contidos nos suplementos vitamínicos podem contribuir para as deficiências e condições crônicas.

Benefícios

Diversos estudos têm mostrado os benefícios à saúde obtidos através do consumo de suplementos vitamínicos. Universidades dos Estados Unidos realizaram pesquisas que buscavam comprovar o aumento da densidade óssea e até a redução de fraturas em mulheres que estejam no período pós-menopausa que tomaram suplementos de Cálcio e Vitamina D.

A maioria de crianças e adultos não possuem o Cálcio, Potássio e Vitamina D suficientes na dieta para uma boa saúde. É fundamental que as pessoas busquem alimentos ricos nesses nutrientes, como verduras, laticínios, carnes e até frutas. A nutrição deve ser baseada na alimentação, e os suplementos vitamínicos devem ser reconhecidos apenas como auxiliadores.

Vale lembrar também que em muitos casos o suplemento vitamínico não oferece 100% das vitaminas e minerais que o corpo precisa diariamente. No caso do cálcio, por exemplo, o comum é o suplemento ter cerca de 25% da necessidade de cálcio diária. Ou seja, você ainda precisa de uma boa alimentação para receber o restante. O suplemento vitamínico pode auxiliar no fornecimento desses nutrientes em casos de deficiência dos mesmos.

A pergunta que não quer calar é: Vale a pena tomar um suplemento vitamínico? Podemos considerar que sim, mas apenas como um fornecimento “extra” ao seu organismo. As fontes principais de vitaminas devem ser os alimentos naturais que devem estar sempre presentes em suas refeições. A suplementação pode valer a pena como um adicional, mas é importante você se conscientizar que se compararmos sua eficiência junto com a nutrição oferecida pelos alimentos, os suplementos não serão os principais responsáveis pelo equilíbrio de seu organismo, logo, cabe a você decidir se vale o investimento ou não.

Praticidade

O argumento principal de muitos consumidores e profissionais de saúde a favor de tomar um suplemento vitamínico diário é que é muito difícil ter uma alimentação tão diversificada e bem dosada para garantir da necessidade diárias de todas as vitaminas e minerais. Na prática, até as pessoas que não comem muitas frituras e doces e têm uma dieta saudável têm dificuldade para diversificar os alimentos a ponto de garantir as necessidades.

Nutrientes naturais

Diversos estudos foram realizados com suplementos vitamínicos e os resultados reafirmaram que a melhor forma de manter nosso corpo rico em vitaminas e nutrientes saudáveis é através de uma dieta repleta de alimentos funcionais e saudáveis para nosso organismo. Abaixo você poderá reconhecer os alimentos que melhor contribuirão para seu corpo se manter nutrido.

  • Comer muitas frutas e legumes;
  • Alimentos ricos em amido, como o pão, arroz, massas e batatas garantem a energia para as atividades diárias;
  • Algumas carnes, peixes, ovos e feijões e outras fontes de proteína;
  • Alimentos e bebidas ricas em gordura ou açúcar devem ser consumidos de forma limitada;
  • A vitamina D é uma exceção. Uma pequena quantidade é obtida através de dieta, mas a maioria desta vitamina é adquirida na exposição à luz solar.

Quem precisa de suplementos vitamínicos?

Devemos reconhecer que há casos particulares em que as pessoas podem obter uma melhor qualidade de vida através da suplementação de vitaminas, para que assim as deficiências sejam controladas e estas possam se sentir perto de estarem completamente nutridas e mais seguras para reagir de forma positiva às adversidades externas.

Agora você conhecerá alguns casos de pessoas que podem obter benefícios com o consumo temporário de um suplemento vitamínico.

  1. Suplemento de vitamina D pode ser muito eficiente para mulheres em fase de amamentação e gestantes;
  2. É recomendável que mulheres que estejam tentando engravidar e gestantes até a 12ª semana tomem suplemento de ácido fólico, pois é considerado que isso reduz a possibilidade do filho nascer com deficiências no tubo neural, como a espinha bífida;
  3. Idosos com 65 anos ou mais devem tomar suplementos de vitamina D;
  4. Pessoas com pele escura e aquelas que não ficam muito tempo expostas ao sol podem se beneficiar do consumo de suplementos de vitamina D;
  5. Crianças com idade de seis meses a cinco anos podem tomar suplementos que contenham vitaminas A, C e D.

Indicação médica

O consumo de um suplemento vitamínico com orientação médica é o ideal, pois ele poderá melhor determinar suas necessidades de acordo com as suas deficiências particulares. Vale ressaltar que a orientação médica não deve ser buscada apenas para o início da suplementação, muito pelo contrário, você deverá retornar ao médico para avaliar as reações de acordo com o tempo.

Alimentação equilibrada

Já foi dito que o suplemento vitamínico não é o único responsável para seu corpo obter vitaminas e nutrientes. Uma alimentação saudável e equilibrada é a fonte principal para você fornecer as substâncias indispensáveis ao bom desenvolvimento de seu corpo. Dessa forma, antes de iniciar o consumo de suplementos, busque notar benefícios que uma alimentação rica em alimentos saudáveis pode oferecer à sua saúde.

Hábitos saudáveis

Saúde requer hábitos saudáveis, isso parece meio óbvio, mas inserir esses hábitos à nossa rotina diária pode ser uma tarefa um tanto quanto difícil. É fundamental que você reserve pelo menos 30 minutos do seu dia para praticar exercícios físicos. Eles poderão contribuir para a síntese de diversos nutrientes, principalmente beneficiando as suas articulações.

Seu corpo poderá reagir melhor através da prática de atividades físicas, que unidas à alimentação adequada, resultarão em benefícios para seu sistema imunológico se comportar de forma positiva perante às diversas influências que poderiam prejudicar seu corpo em casos de deficiências.

Vídeo:

Gostou das dicas?

Você tem necessidade de tomar algum suplemento vitamínico? Por que motivo? Isso foi identificado por algum médico especialista? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (35 votos, média: 4,23 de 5)
Loading...

1 comentário em “Suplemento Vitamínico – Vale a Pena Tomar?”

  1. Bom dia.
    Entrei no período da menopausa e sinto muitas oscilações de humor , ansiedade e cansaço.
    Por isso, decidi pesquisar se vale a pena tomar suplementos, porque não me alimento direito.
    Vou buscar um médico para maiores esclarecimentos.
    Obrigada. Busco informações aqui pela confiabilidade que vocês passam.
    Att,
    Kátia

Deixe um comentário