Tomar Whisky Engorda?

Especialista:
atualizado em 12/12/2019

As proteínas, carboidratos e gorduras engordam, mas você sabia que certas bebidas alcoólicas podem prejudicar a sua dieta? Quando ingerimos álcool mais do que deveríamos podemos engordar sensivelmente, mas ninguém quer ir a um bar para tomar suco natural, nem em um churrasco para beber água, certo?

Então, devemos saber que pode-se consumir certas bebidas alcoólicas, principalmente aquelas com menos calorias, mas obviamente com parcimônia, sem se jogar no álcool, o que pode não só engordar como causar problemas sérios de saúde, como a cirrose.

Os carboidratos e proteínas têm 4 calorias por grama, a gordura 9 calorias por grama e o álcool 7 calorias por grama. Sim! O álcool engorda mais que carboidratos e proteínas. Beber e comer geralmente é a combinação perfeita, mas é a verdadeira chave para o insucesso, pois o corpo tende a metabolizar tudo como gordura em determinadas regiões do corpo (não necessariamente o abdômen).

Geralmente as bebidas com maior teor alcoólico é a que tem mais calorias, por isso, podemos dizer que tomar whisky engorda, se for com frequência e em quantidade. Vejamos.

Quantidade x teor alcoólico

Tomar whisky engorda, assim como tomar outras bebidas com alto teor alcoólico (na maioria destilados), porém a cerveja, que possui baixa teor alcoólico e, por isso, menos calorias, tende a ser o número 1 quando o assunto é sair da dieta e ficar fora de forma com aquela barriguinha de chopp nada sexy.

Isso ocorre pois as pessoas costumam beber mais cerveja do que beberiam whisky, portanto acabam ultrapassando o limite que seria recomendado como permitido e saudável. Além disso, além do álcool, a cerveja tem uma alta quantidade de carboidratos. Uma latinha chega a ter 15g de carboidratos (60 calorias só dos carboidratos).

Ao ir a um bar, churrasco ou balada, as pessoas extravasam e consomem muita cerveja, e por mais ela seja menos calórica na questão do álcool, quando se pensa no álcool somado aos carboidratos e a quantidade que se consome dela, pode-se engordar muito. Por isso, muitas vezes é mais indicado consumir whisky ou outras bebidas destiladas que são mais alcoólicas, mas que serão consumidas em pequenas quantidades, impedindo assim um ganho de peso abrupto, do que a cerveja. O whisky é uma bebida que você toma mais devagar e em menos quantidade. 

Simulação

Para se ter uma ideia das calorias de cada porção, vamos simular uma noitada em um bar ou uma festa. Suponhamos que em um bar você beba seis cervejas de 350 ml cada, para alguns pode parecer pouco, mas é uma quantidade bastante razoável. Essas cervejas equivalem a 912 calorias, sendo que cada uma corresponde a 152 calorias. Agora, se você optasse, ao invés de tomar cerveja, por três doses de whisky de 50 ml cada, você estaria consumindo 387 calorias apenas, sendo que cada dose corresponde a 129 calorias. Ou seja, tomar whisky engorda, mas pode ser bem menos do que a cerveja.

A vodka e o vinho ficam em um patamar próximo ao whisky, em que três doses de vodca de 50 ml equivalem a 396 calorias e 4 taças de vinho de 120 ml equivalem a 384 calorias. Essas quantidades de calorias de poucas doses de whisky podem ser equivalentes a quatro pães franceses e a cerveja nem se fala, essas 912 calorias podem remeter a uma quantidade de 8 pães franceses. Dá pra acreditar?

Isso sem contar os tira gostos e acompanhamentos como queijos, azeitonas, lanches, salgadinhos fritos, etc. Somando tudo isso, em um único dia você pode estar ultrapassando e muito os limites da sua dieta e comprometendo toda a sua alimentação semanal. 

Bebida pós-treino

Quem tem o costume de tomar umas depois da malhação ou após algum outro treino que exija esforço físico, saiba que essas bebidas podem interferir na sua recuperação, atrapalhando o ganho de massa muscular.

A bebida bloqueia a reestruturação das fibras, atrasando o ganho de massa muscular e diminuindo a performance. Não é nada muito espantoso para os seres mortais, mas os atletas são simplesmente proibidos de consumir álcool para não comprometer seu desempenho nos jogos, corridas, treinos, etc.

Apesar de não ser o fim do mundo beber um pouco após a prática de atividades é indicado que essa bebida pós-treino não se torne um hábito, pois caso contrário, todo o esforço em cada treino será jogado no ralo com esses pequenos excessos e você nunca irá emagrecer, apenas manter o peso ou engordar – dependendo da quantidade de bebida que consumir e do tempo de treino que tiver realizado.

Inchaço e desintoxicação

Bebidas alcoólicas costumam causar inchaço nas pessoas. Isso ocorre pois as bebidas são tóxicas e isso é convertido em retenção de líquido no corpo para reduzir o efeito nocivo que elas causam no organismo. Geralmente as bebidas incham os dedos, dando a impressão de que são mais gordos do que aparentam ou até mesmo braços, mãos e pés. Pode reparar, um dia após o consumo você poderá perceber uma diferença gritante no inchaço.

Óbvio que nem todas as pessoas reagem assim, umas mais e outras menos, depende do metabolismo e organismo de cada um. Para reduzir esse inchaço, nada como desintoxicar e fazer uma faxina no organismo consumindo frutas, vegetais, sementes, aveia e outros alimentos saudáveis. Alguns chás e sucos detox também podem ser muito benéficos.

Controle

Tomar whisky engorda, mas não é o fim do mundo beber uma dose ou outra de vez em quando. Apenas evite beber muito mais que isso de uma única vez. É mais indicado tomar uma dose por dia do que sete doses de uma vez, pois apesar de ser a mesma quantidade, o consumo espaçado é menos problemático para o corpo e tende a engordar menos do que o consumo exagerado de uma vez, sendo mais fácil converter o álcool em gordura ao invés de carboidrato.

Beba uma garrafa de água com gás antes da bebedeira, pois além de evitar a ressaca, essa técnica dá sensação de saciedade, evitando que se consuma muito além da conta. Controle também a compulsão por comidas calóricas e gordurosas nos acompanhamentos. Uma tábua de frios ou um prato frio de salada pode ser melhor do que petiscos fritos e lanches.

Você já sabia que, em excesso, tomar whisky engorda? Mesmo assim, continua tomando a bebida com que frequência e quantidade? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (21 votos, média: 4,05 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

6 comentários em “Tomar Whisky Engorda?”

  1. Ótima matéria, bastante esclarecedora. Queria tomar alguma bebida nesse fim de ano mas fica difícil escolher a menos prejudicial .