Por Que o Álcool Após o Treino Pode Comprometer Seus Ganhos

Especialista:
atualizado em 14/12/2015

Álcool e esporte parecem combinar; se você, assim como os amigos da foto, gosta de ver um jogo de futebol com algumas bebidas no bar ou beber algumas cervejas no campo após a pelada com os amigos, os dois parecem ter sido feitos um para o outro. Agora, para alguns de vocês não há muito o que eu possa dizer para quebrar essa tradição, nem pensar que beber umas cervejas depois do jogo seja o fim do mundo, mas se for um padrão que você mantém e o álcool seja parte da sua vida após o treino, você pode ter que repensar sua estratégia porque pode haver problemas sérios dos quais você está se enganando.

Álcool e recuperação: A pesquisa

Recentemente foi publicada uma pesquisa que testou os efeitos do álcool em jogadores de rugby para ver quais efeitos ele teria na recuperação, assim como no desempenho físico e cognitivo. Para testar isso, os pesquisadores davam aos jogadores o equivalente a cerca de 7 shots de vodka em suco de laranja após o jogo contra um grupo de controle.

Como você pode imaginar, os resultados não foram muito bons. Agora, é óbvio que 7 drinks irão te deixar sentindo como um nada no dia seguinte, mas o que está em jogo nessa pesquisa é ver o que acontece com o nível de recuperação muscular e por que isso acontece.

Nós já sabemos que após o exercício nosso corpo entra em um estado anabólico para se beneficiar do resto dos nutrientes que você se alimenta para que ele possa crescer e se fortalecer. Nós tambémsabemos que esse estado anabólico é um equilíbrio frágil e que apenas algumas coisas daqui e dali podem desandar e comprometer seriamente os ganhos.

Dentro desse estado anabólico, existem duas coisas que acontecem em um nível hormonal que é extremamente importante: seu nível de testosterona para cortisol, e o seu nível de testosterona para estrogênio. Isso é onde o álcool ataca em quase todos os níveis. Mesmo só alguns drinks são suficientes para acabar com esse equilíbrio, aumentando tanto o cortisol quanto o estrogênio, os quais por sua vez impedem a possibilidade de ganhos porque seu potencial anabólico foi para o ralo.

‘Peitos masculinos’ e uma queda na força?

Outras pesquisas mostraram que até mesmo 2-3 drinks podem acelerar o cortisol e deformar seu estado hormonal favorável; isso é longe do ideal, se você quer se recuperar de um treino e crescer. E se você faz isso repetidas vezes, a variação hormonal será mais e mais aparente, e você pode acabar comprando soutiens na Victoria’s Secret. Para evitar que isso aconteça, você vai querer manter os níveis que favorecem a testosterona – moderar o seu consumo de álcool é um bom lugar para começar.

Além disso, o álcool impede não apenas a recuperação do treino que você acabou de fazer, como também irá comprometer o seu próximo exercício. Álcool pode reduzir a força e o desempenho cognitivo que pode durar vários dias, devido em parte ao efeito diurético. Então é fácil ferrar uma semana inteira de treino com uma única noite de bebedeira. Na verdade, certos estudos mostraram que uma queda de 1-3% de água pode causar 10-20% de redução na força.

Isso significa que se você está 2 kg mais leve na segunda de manhã do que você estava na sexta por causa de uma desidratação em decorrência do álcool, seu peso máximo no supino que era de 102 kg poderia estar reduzido para menos de 90. Isso é algo que pode-se ver muito em vários esportistas universitários, onde os rapazes saem para beber no fim de semana, e gastam o resto da semana recuperando o tempo perdido. Treinos e sessões de exercícios acabam sendo sessões de controle de velocidade, visto que eles só tentam sobreviver ao invés de se beneficiar das novas habilidade e ficarem mais fortes e melhores para jogar.

Isso se aplica a você o mesmo tanto que se aplica a atletas pagos para jogarem; se você quer maximizar seus resultados, você não pode deixar os efeitos do álcool dificultarem sua semana de treino, mesmo se for só por uma noite de bebedeira.

Conselho sobre o álcool

Com isso dito, você deve ser capaz de viver sua vida e se divertir, então tomar algumas taças de vinho ou até ocasionalmente sair do controle por uma noite não tem problema, mas fique de olho no contexto geral para se manter no caminho dos seus resultados. Se você decidir beber um pouco, tente se manter em até três copos e assegure -se de se manter hidratado durante a noite.

No final, acaba sendo uma escolha pessoal, mas sabemos que a maioria de vocês é séria o suficiente sobre saúde e seus corpos e não querem perder nenhum tempo; é por isso que saber como a bebida afeta o seu treino é algo que você deve saber. Não estamos dizendo que você tem que parar de beber completamente se você gosta disso de vez em quando, mas ficar atento para o todo pode permitir você a descobrir estrategicamente quais dias você pode se permitir um drink ou dois, e em quais dias não. De novo, cuidado ao planejar pode abrir as portas do sucesso.

Quantos dias da semana ou do mês você separa para ingerir álcool? Você consegue perceber uma redução na força e nos resultados durante esse período? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário

2 comentários em “Por Que o Álcool Após o Treino Pode Comprometer Seus Ganhos”

  1. Não amigo, a desidratação é apenas 1 dos efeitos e o mais fácil de ser percebido. O consumo de álcool faz com que o seu corpo nao funcione como ele deve e isso vai te causar cansaço, dores e baixo desenvolvimento muscular independente de quanta água você beber. Se bebidas alcoolicas fazem falta para você, prefira consumir nos dias que não treinará ou que seu treino seja mais aeróbico e então sim, a água vai te ajudar um pouco.