Suco de melancia com hortelã

Suco de Melancia com Hortelã Emagrece? 4 Receitas e Dicas

Com 30 calorias encontradas a cada porção de 100 g, a melancia é dotada de nutrientes como potássio, fibras, proteínas, vitamina A, vitamina C, cálcio, ferro e magnésio.

A fruta é conhecida por gerar benefícios para a circulação e para o intestino, além de ser fonte de antioxidantes, que combatem os radicais livres causadores de doenças e do envelhecimento precoce.

Por sua vez, a hortelã apresenta muito poucas calorias em algumas folhas e é fonte de potássio, fibras, proteínas, vitamina A, vitamina B6, vitamina C, vitamina E, vitamina K, cálcio, ferro e magnésio.

Entre as vantagens que ela traz ao organismo humano, estão: a melhoria da digestão, o alívio da síndrome do intestino irritado e de problemas respiratórios, a melhoria da saúde bucal e o alívio de coceira, irritações na pele e náuseas.

A partir das informações que obtemos acima, podemos concluir que tanto a hortelã quanto a melancia fazem bem à saúde, não é mesmo? Mas será que podemos afirmar que o suco de melancia com hortelã emagrece? Será que unir os dois na receita de uma bebida ajuda a perder peso?

O suco de melancia com hortelã emagrece?  

Para responder a essa pergunta, precisamos analisar um ingrediente por vez. Começando pela melancia, um dos pontos que nos leva a crer que ela auxilia a perda de peso é o fato da fruta atuar na produção de óxido nítrico.

E por que isso é importante para emagrecer? O óxido nítrico dilata os vasos sanguíneos e atua no aumento do fluxo de sangue, fator que está associado com uma maior rapidez na recuperação muscular após a realização de exercícios e, por consequência, à eficiência do ganho de massa magra.

Antes que você diga que quer emagrecer e não ganhar músculos, saiba que quanto maior for a quantidade de massa muscular no corpo de uma pessoa, mais gorduras e calorias ela será capaz de queimar, pois seu metabolismo permanece ativo durante todo o dia.

As calorias

Outro ponto a favor da melancia é que ela não é rica em calorias, ao mesmo tempo em que é nutritiva. Por exemplo, ao comer 200 g de melancia, que trazem nutritivas 60 calorias, no lugar de uma esfiha de frango de 75 g com 115 calorias, além de economizar no teor calórico, você oferecerá ao seu corpo parte dos nutrientes que ele necessita para funcionar.

Água e fibras 

Por ser composta 90% por água e ser fonte de fibras, a fruta contribui com a promoção da sensação de saciedade do organismo. Isso torna mais fácil controlar o apetite e a quantidade de calorias ingeridas ao longo do dia.

Experimente comer uma porção de melancia depois do almoço e veja quanto tempo você demorará para sentir fome novamente.

A hortelã

A hortelã também dá uma força ao emagrecimento devido aos seus efeitos de diminuição do inchaço no corpo e controle do apetite, visto que ela contém fibras, um nutriente que colabora com a promoção da sensação de saciedade ao organismo.

O efeito relaxante

Mas não é só isso: um estudo feito pela NASA identificou que pessoas que sentiram o cheiro da hortelã tiveram os seus níveis de fadiga reduzidos em 20% e os de frustração diminuídos em 25%. Esse efeito de relaxamento é relevante para a perda de peso porque quando um indivíduo se encontra estressado, as taxas do hormônio cortisol crescem, o que pode prejudicar o metabolismo e, por consequência, o processo de queima de gorduras e calorias.

Aceleração da digestão

Isso sem contar que a erva estimula as enzimas digestivas responsáveis pela transformação de gorduras em energia a ser gasta a trabalharem e beneficia a digestão, tornando-a mais rápida. Uma vez que a digestão está mais acelerada, a indigestão, os gases e o indesejado efeito de inchaço são prevenidos.

Logo…

Assim, podemos concluir que realmente o suco de melancia com hortelã emagrece. Ou melhor, ajuda a perder peso. Isso porque não é possível afirmar que a bebida pode ser responsável sozinha pelo emagrecimento.

Para se livrar dos quilos em excesso é necessário seguir uma dieta saudável, controlada e equilibrada e incluir a prática regular de exercícios físicos na rotina.

Dentro desse contexto, o suco pode favorecer a eliminação dos quilos que estão sobrando. Até porque de que adiantará consumir a bebida ao mesmo tempo em que come uma coxinha gordurosa, uma pizza cheia de catupiry ou um x-salada. Não dá para esperar emagrecer, não é mesmo?

Outro ponto importante é o de não incrementar ou adoçar a bebida com ingredientes como o açúcar por exemplo. Isso acrescentará calorias ao suco e fará com que ele não seja mais tão amigo da boa forma assim.

4 receitas de suco de melancia com hortelã

Para você confirmar que o suco de melancia com hortelã emagrece, experimente uma ou mais destas 4 receitas que separamos.

1. Suco de melancia com hortelã

Ingredientes: 

  • 1 fatia grossa de melancia sem semente;
  • 10 folhas de hortelã;
  • Gelo a gosto.

Modo de preparo:

  1. Colocar a melancia e a hortelã no liquidificador;
  2. Bater bem e servir com gelo.

2. Suco de melancia com hortelã e gengibre

Ingredientes:

  • 4 folhas de hortelã;
  • Cubos de melancia a gosto;
  • 2 rodelas de gengibre.

Modo de preparo:

  1. Juntar todos os ingredientes no liquidificador;
  2. Bater por alguns minutos e servir-se. Bom apetite!

3. Suco de melancia com hortelã e mel

Ingredientes:

  • 1 fatia grossa de melancia sem semente;
  • 10 folhas de hortelã;
  • 1 colher de chá de mel;
  • Gelo a gosto.

Modo de preparo:

  1. Colocar a melancia, a hortelã e o mel no liquidificador;
  2. Bater bem e servir com gelo.

4. Suco de melancia com hortelã e limão

Ingredientes: 

  • 4 xícaras de melancia;
  • ½ xícara de suco de limão;
  • 8 folhas de hortelã;
  • 3 xícaras de água;
  • Adoçante a gosto.

Modo de preparo:

  1. Juntar todos os ingredientes no liquidificador;
  2. Bater bem e servir-se.

Cuidados com a melancia 

Não é porque o suco de melancia com hortelã emagrece que você deve exagerar em seu consumo. Isso porque a melancia possui carboidratos que podem causar desconforto intestinal, especialmente em pessoas que sofrem com a síndrome do intestino irritável.

Esses carboidratos podem fermentar no intestino e gerar sintomas desconfortáveis como gases, inchaço e diarreia. Por isso, para quem tem sensibilidade no trato intestinal ou quer passar longe do efeito laxativo da melancia, a dica é começar comendo a fruta aos poucos, iniciando com alguns cubinhos até atingir a porção de uma xícara.

O excesso de melancia ainda pode causar náusea, vômito, batimento cardíaco irregular, fraqueza ou ausência de pulso, erupção cutânea, inchaço no rosto, anafilaxia, elevar os níveis de triglicerídeos e de açúcar no sangue de pessoas que sofrem com resistência à insulina e até parada cardíaca em casos extremos.

A fruta pode afetar pessoas que sofrem com alergia látex, à cenoura ou ao pepino

Cuidados com a hortelã

A hortelã não deve ser consumida por grávidas, mulheres que estejam em período de amamentação de seus bebês, crianças com menos de cinco anos de idade e pessoas que sofrem com refluxo ou hérnia de hiato (projeção do estômago para dentro do tórax através de uma abertura no diafragma).

Entre os efeitos colaterais que a ingestão da erva podem trazer, estão: alterações no trânsito intestinal (diarreia ou prisão de ventre) e reações alérgicas como urticária, vermelhidão e coceira.

Você já imaginava que o suco de melancia com hortelã emagrece mesmo? Já experimentou tomá-lo com frequência para este propósito? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*