4 Tipos de Ginástica Alternativa Para Emagrecer e Tonificar

Especialista:
atualizado em 16/01/2020

Todo mundo quer um corpo em forma, tudo no lugar, músculos tonificados, um bom condicionamento físico, entre outras coisas. Isso é certo. Ainda mais quando as estações vão mudando e o verão se aproxima. É só gente correndo para as academias, atrás dos resultados rápidos – mas todo mundo precisa entender que a prática de exercícios físicos deve ser uma rotina, e não somente quando “ganhou uns quilinhos” e a calça apertou, ou quando o verão se aproxima. Encaremos isso. Adotemos hábitos de vida saudável, com uma alimentação balanceada e exercícios regulares.

Mas – como sempre há um “mas” – existem pessoas que nem cogitam a ideia de frequentar uma academia e ir para aparelhos ou ficar repetindo aquelas sequências de exercícios. Também não são obstinadas o bastante para exercitarem-se sozinhas – caminhadas, corridas ou pedaladas. Ou começam, fazem um dia, não fazem no outro, inventam desculpas. Essas pessoas talvez curtam um outro tipo de exercício. Para elas, existe um tipo de ginástica alternativa para emagrecer e tonificar os músculos.

O que é a ginástica alternativa?

A ginástica alternativa, ou ginástica terapêutica, vai além do exercício pela beleza, ela trata. Pode ser problemas decorrentes de estresse, má postura e mesmo reabilitação física. Emagrecer e tonificar vêm como resultado de você estar cuidando da sua saúde mental e espiritual, é claro que, também em decorrência dos exercícios que serão praticados.

Vamos abordar alguns tipos de ginástica alternativa e você certamente encontrará um que vai lhe conquistar. Acompanhe o nosso artigo.

Alongamento

O alongamento é um exercício direcionado ao aumento da flexibilidade muscular e melhora do movimento das articulações. Os exercícios de alongamento promovem o bom funcionamento do nosso corpo, dando mais elasticidade e agilidade e ainda ajudando a prevenir lesões.

É um tipo de exercício que pode ser feito em qualquer momento, inclusive em intervalos do trabalho ou dos estudos, pois o alongamento também ajuda a relaxar o corpo e a mente. É ótimo em momentos de pressão, de ansiedade e estresse, dá uma “quebrada” nessas situações e proporcionam descanso e relaxamento necessários, seja para a tomada de decisões ou para o retorno às atividades que se estava fazendo.

O alongamento é normalmente a parte que antecede a prática de qualquer atividade física, mas fazer sessões somente de alongamento trará muitos benefícios à sua saúde – além dos que citamos acima, também ajuda a ativar a circulação sanguínea e a tonificar os músculos.

Dicas para uma boa sessão de alongamento:

  • Respirar fundo aumenta o relaxamento e dá o ritmo ao exercício. Respire lenta e profundamente.
  • Se notar que não vai conseguir determinado exercício, não force. Respeitoeo seu limite e não se preocupe, aos poucos o corpo vai acostumando e você consegue avançar.
  • Uma das vantagens do alongamento é que você pode fazê-lo assistindo TV, por exemplo. Enquanto faz os exercícios distraia-se vendo seu programa favorito – isso torna a prática de exercícios menos aborrecida (para quem tem esse pensamento).

Pilates

O pilates também trabalha o alongamento dos músculos, além da tonificação e a fortificação do corpo. É um exercício de condicionamento – físico e mental,  que nos leva a ter consciência do nosso corpo e desenvolver o equilíbrio do mesmo.

É um método indicado e  utilizado também por fisioterapeutas, para pacientes com problemas musculares e ósseos, ou que sofrem de dores crônicas. Melhorar a coordenação motora e controlar a respiração são outros resultados que o pilates proporciona. O controle da respiração ajuda a controlar a ansiedade, que é para algumas pessoas o que causa o aumento de peso – pode-se dizer que indiretamente, e em alguns casos, ele auxilia em um processo de emagrecimento. E ainda, ajuda a combater um dos grandes males modernos: o estresse.

É outro tipo de ginástica alternativa, que através de seus exercícios trabalha tanto o corpo quanto a mente. Recomenda-se que este exercício seja sempre acompanhado por um profissional da área, que orientarão os exercícios de acordo com os limites de quem está praticando o exercício.

Yoga

Das técnicas orientais, o Yoga é uma das mais difundidas e procuradas pelo mundo. Ter mais saúde pelo fortalecimento do seu corpo físico e trabalhar a concentração e exercitar a mente, são alguns resultados que se obtém pela prática do yoga.

O yoga ajuda a realinhar a postura, auxilia no sistema neuroendocrinológico e a regular os batimentos cardíacos, aumenta a capacidade respiratória, ajuda no fortalecimento e tonificação muscular. Ensina as pessoas a ter consciência do corpo, a conhecê-lo e saber como lidar com ele em diferentes situações – como estresse e ansiedade, por exemplo.

Há vários tipos de yoga, para diversos fins. Enquanto uns direcionam o trabalho para a mente, outros o direcionam para o esforço físico. Não que eles não se complementem, apenas o foco que muda.

Através das posturas é que se chega a resultados de uma ginástica alternativa, pois elas exigem bastante do praticante, algumas posturas são bem complicadas e difíceis de fazer nas primeiras vezes. Toda essa movimentação vai trabalhando o corpo, que mais tarde começa a mostrar os resultados. Não deixa de ser uma forma de exercício e como todo exercício, também mostrará resultados em relação à perda de peso – pelo fato de mexer com todo o corpo e também pelo controle da ansiedade, que em muitos casos, é uma das causadoras do ganho de peso.

Lian Gong

Trata-se de um conjunto de exercícios de uma prática oriental, popularizada nos anos 70 e criada com base em exercícios orientais de alongamento, respiração e automassagem. É relativamente aprender e praticar.

Esta ginástica alternativa ajuda a prevenir e reduzir o estresse, curar dores no pescoço, ombros, articulações, costas e pernas, além de melhorar o tônus muscular.

O Lian Gong tem 18 terapias, que são 18 posições/movimentos que compõem o conjunto de exercícios. Com relação ao alívio de dores, que já fez alega que é eficiente, mas os instrutores explicam que a dor não some completamente, ela volta e que deve-se fazer os exercícios e automassagem novamente, e toda que ela voltar.

As técnicas de respiração ajudam com o condicionamento físico e a movimentação do corpo ajuda a tonificá-lo. Os exercícios ajudam a suavizar as tensões e ainda estimulam a lubrificação das articulações.

Como já foi falado, promover o emagrecimento não é o foco direto desses tipos de ginástica alternativa, mas acaba acontecendo pelo trabalho que é feito com o corpo. Para resultados eficientes em redução de peso é preciso que, junto com o trabalho do corpo, haja uma dieta saudável e balanceada. Procure o seu médico ou nutricionista e peça um programa completo para perder peso – informe-o sobre o tipo de ginástica alternativa que fará, que é de baixo impacto, assim ele prescreve o programa mais adequado.

Não podemos deixar de falar sobre outras atividades que também funcionam como ginástica alternativa, que é o Tai Chi Chuan, outra arte marcial chinesa;  a dança – essa você pode fazer a qualquer momento em casa e é uma das atividades mais prazerosas que existe – e acredite, queima bastante calorias; e por que não pular corda e treinar com um bambolê? São coisas super divertidas e que  faz com que nos exercitemos sem aquela pressão de ter que ir para academia e fazer aquelas séries de exercícios – são atividades perfeitas para quem é avesso à prática de exercícios.

Quais desses tipos de ginástica alternativa você mais gostou? Já treinou algum, ou conhece outros interessantes? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 4,75 de 5)
Loading...
Sobre Francisco Santana

Francisco José Santana é personal trainer, formado pela Univer Cidade RJ 2007, com certificação CORE360º treinamento funcional, Certificação Internacional FNS I e II em avaliação funcional, especializações em suplementação nutricional esportiva, Crosstraining - Scientific Sport, Cineantropometria aplicada, Primeiras ações em emergência, Prevenção de Doenças Laborais, Musculação, Ginástica Corretiva, Spinning (Johnny G), Técnica de Tecidos Moles - Miofacial, e Inteligência Emocional - ASICC

Deixe um comentário