6 Melhores Exercícios Funcionais para Perder Barriga

Especialista:
atualizado em 26/03/2020

Veja uma lista dos melhores exercícios funcionais para perder barriga e aproveite para incluir em sua rotina e alcançar seus objetivos.

Você provavelmente já deve ter ouvido falar dos exercícios funcionais e até mesmo conhecer alguém que pratica esse tipo de atividade física – isso se não for você mesmo.

De acordo com informações da Mayo Clinic, organização da área de serviços médicos e pesquisas médico-hospitalares dos Estados Unidos, os exercícios funcionais servem para treinar e desenvolver os músculos de modo que tarefas básicas do dia a dia como carregar compras ou jogar bola com as crianças se tornem mais fáceis e seguras.

Ainda segundo a organização, os movimentos da modalidade requerem que os músculos trabalhem de maneira conjunta, ao mesmo tempo em que enfatizam a estabilidade do core (musculatura localizada ao redor de toda a região do tronco, na altura da linha da coluna lombar, que inclui os abdominais, os lombares, os glúteos e os oblíquos) – que tal conhecer o que é e exercícios do core training?

Acredita-se que os exercícios funcionais, que podem ser feitos com o auxílio de bolas, pesos e kettlebells, também possam diminuir as chances de se lesionar e melhorar a qualidade de vida, quando empregados apropriadamente.

Esses movimentos podem ser utilizados dentro de um programa abrangente para melhorar o equilíbrio, a agilidade e a força muscular de pessoas mais velhas, relatou a instituição.

Mas será que também podemos esperar que o treinamento funcional seja um dos melhores exercícios para perder barriga?

6 opções de exercícios funcionais para perder barriga

Antes de conhecermos alguns exercícios funcionais que podem dar uma força para quem deseja perder barriga, precisamos registrar que eles não são milagrosos. Não basta fazê-los para perder a barriguinha extra.

Além de incluir esses e outros movimentos para alcançar esse objetivo, é fundamental seguir uma alimentação para perder barriga. Para isso, conte com o acompanhamento de um nutricionista que saberá indicar um programa alimentar apropriado para o seu caso em particular.

Não se esqueça ainda de que o exercícios funcionais para perder barriga também devem ser realizados sob a orientação de um educador físico, que saberá selecionar os movimentos adequados para você, de modo que o seu treinamento seja seguro e eficiente.

Tenha em mente que as orientações que você verá na lista abaixo servem somente para que você veja como cada movimento pode funcionar, porém, não substituem as instruções do educador físico. Ele é habilitado para ensinar o passo a passo de cada movimento e fazer as modificações necessárias nos exercícios, caso seja necessário torna-los menos arriscados para você.

Com as devidas advertências passadas, podemos conhecer alguns exemplos de exercícios funcionais para perder barriga:

1. Corda naval

Corda naval

Ele aparece nesta lista porque acredita-se que o movimento possa promover uma queima calórica elevada. O valor exato varia de pessoa para pessoa.

Funciona assim: a corda fica presa a um poste ou pilastra, de modo que permita que o aluno segure as duas pontas do acessório. Segurando-as, ele deve executar movimentos ondulatórios com o equipamento.

Também é possível adaptar o exercício e realizar movimentos diagonais, altos, baixos, verticais, horizontais e inclusive acompanhados por agachamentos com a corda naval, sempre conforme as instruções do educador físico, logicamente.

Veja mais dicas de treino com corda naval para os melhores resultados.

2. Prancha

Prancha

A prancha aparece na lista de exercícios funcionais para perder barrigo porque o seu princípio básico é tonificar os músculos mais profundos da região do abdômen, o que com certeza é bastante útil.

Para executá-lo na versão quatro apoios, o praticante deve deitar de bruços com os cotovelos e as pontas dos pés apoiadas no chão. O próximo passo consiste em elevar o tronco até que ele fique completamente alinhado fora do solo e permanecer na posição ao longo de 30 segundos.

Sabia que o recorde mundial de maior tempo na posição de prancha é de uma atleta vegana?

3. Abdominal supra com bola e peso

Abdominal supra

É necessário contar com uma bola de exercícios, com tamanho suficiente para abrigar a região que vai das costas até o bumbum, e um peso do estilo redondo para executar este abdominal.

O praticante deve começar deitando na bola, ao mesmo tempo em que segura o peso com as duas mãos com os braços esticados e levantados para cima, mais ou menos na altura da cabeça.

Então, o passo seguinte é elevar o tronco ainda com o peso em suas mãos, mantendo os braços esticados. Depois, é só retornar ao posicionamento original.

4. Abdominal infra com bola

Temos aqui outro exercício que é realizado com o auxílio de uma bola, que pode ser a bola suíça ou bola de pilates.

A regra é começar deitando de costas no chão com os braços esticados ao lado do corpo e colocar a bola entre as duas pernas. Então, com as pernas esticadas, levar a bola em direção ao tronco e retornar à posição inicial.

5. Abdominal oblíquo cruzado

Para fazer este terceiro abdominal, é necessário deitar-se no chão com a barriga para cima e deixar as pernas flexionadas, com os pés apoiados no solo e os joelhos dobrados.

Depois, cruzar uma perna em cima da outra, de modo que o pé da perna cruzada fique apontado para o teto. Na sequência, girar o tronco para o lado oposto em que se encontra o pé da perna cruzada e voltar ao posicionamento inicial.

Repetir o exercício do outro lado, invertendo as posições das pernas e girando o tronco para a outra direção.

6. Oblíquo com alternância entre pernas e braços

Abdominal oblíquo

Aqui, mais uma vez, o praticante deita de costas no chão e flexiona as pernas alternadamente: enquanto uma é dobrada no alto, a outra é levantada do chão permanecendo esticada.

Ao mesmo tempo, o tronco deve ser girado para o lado contrário da perna esticada. Retornar ao posicionamento original e repetir o exercício do outro lado, invertendo as posições das pernas e girando o tronco para a outra direção.

Cuidados com os exercícios funcionais para perder barriga

Antes de aderir a qualquer treinamento com exercícios funcionais para perder barriga é aconselhável que você faça uma consulta médica de check-up para descobrir se realmente está apto a praticar esse tipo de atividade e em que nível de intensidade pode começar a realizá-la.

Uma vez que tiver recebido a autorização do médico, procure um educador físico para orientar os seus treinos, o que os tornará mais seguros e eficientes. É importante lembrar que ele é qualificado para ensinar a técnica correta de cada movimento, o que ajuda a evitar lesões, além de poder prestar um primeiro auxílio caso um machucado ou acidente venha a ocorrer.

Isso sem contar que o educador físico saberá montar um treino conforme as suas necessidades e objetivos, com os exercícios e número de séries e repetições apropriados para você.

Entretanto, se ainda assim você insistir em treinar por conta próprias, apenas olhando as instruções de tutoriais na internet, tome o cuidado de rever cada orientação minuciosamente até entender corretamente, antes de executar o exercício em questão.

E caso venha a se lesionar, procure imediatamente o socorro médico, mesmo que não acredite que seja um machucado grave, já que não contará com o auxílio do educador físico para te dar os primeiros socorros.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já conhecia os 6 melhores exercícios funcionais para perder barriga? Pretende experimentar algum? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Francisco Santana

Francisco José Santana é personal trainer, formado pela Univer Cidade RJ 2007, com certificação CORE360º treinamento funcional, Certificação Internacional FNS I e II em avaliação funcional, especializações em suplementação nutricional esportiva, Crosstraining - Scientific Sport, Cineantropometria aplicada, Primeiras ações em emergência, Prevenção de Doenças Laborais, Musculação, Ginástica Corretiva, Spinning (Johnny G), Técnica de Tecidos Moles - Miofacial, e Inteligência Emocional - ASICC

Deixe um comentário