6 sinais de que seu sono está ruim e seu corpo sobrecarregado

Especialista:
atualizado em 17/12/2020

Dormir bem, ou seja, durante uma quantidade suficiente de horas e ter um sono de boa qualidade sem ficar acordando várias vezes ao longo da noite, é importante por uma série de motivos.

Além do óbvio, de ser crucial para acordar com vigor para iniciar um novo dia, uma boa noite de sono também tem a sua relação com o controle do peso.

  Continua Depois da Publicidade  

Adicionalmente, dormir o suficiente é importante para o aprendizado e memória, saúde cardiovascular, sistema imunológico, redução do estresse, concentração e bom humor.

Em um mundo ideal, todo mundo conseguiria dormir com qualidade ao longo de pelo menos sete horas todas as noites. Mas sabemos que diversos motivos podem impedir uma pessoa de dormir bem.

Enquanto alguns falham com o sono e nem percebem que têm feito isso, outros têm noção de que o sono não anda bem. Entretanto, acham que não tem problema dormir mal e julgam que conseguem ficar bem mesmo com poucas horas de sono.

Independente de qual seja o caso, fato é que a falta de sono pode sobrecarregar o organismo. Aliás, o corpo dá sinais quando não está bem devido à carência de sono, como os sintomas que vamos conhecer na listinha a seguir:

1. Sonolência diurna

O primeiro sinal de que a quantidade ou qualidade do sono não foi suficiente é experimentar a sonolência logo no meio da manhã, pouco tempo depois de ter acordado. Descubra o que mais pode estar por trás da sonolenta excessiva.

2. Aumento do apetite

Faminta

As pessoas que têm uma pior qualidade de sono veem o seu apetite aumentar porque dormir mal promove a secreção de hormônios do estresse. Um dos hormônios do estresse é o cortisol, conhecido por aumentar a sensação de fome.

Acredita-se que aqueles que têm um sono de má qualidade possuem um menor controle dos alimentos que consomem.

O organismo perde a capacidade de dizer não para os alimentos ruins. Ou seja, a pessoa que dorme mal torna-se menos seletiva em relação à dieta e come em maior quantidade.

  Continua Depois da Publicidade  

A falta de sono pode afetar os sistemas de recompensa do cérebro, inclusive os que controlam a ingestão de calorias (energia), o julgamento e a escolha por alimentos.

3. Fadiga

Não é a mesma coisa que a sonolência, pois é uma sensação de cansaço físico mesmo, como se tivesse feito um treinamento na academia.

Experimentar o cansaço no corpo mesmo depois de uma noite de sono pode ser um sinal de que não dormiu o suficiente ou que a qualidade do sono não foi boa.

4. Confusão

Confuso

Sentir-se confuso pode se traduzir em esquecer onde colocou coisas, trocar nomes ou trazer um objeto diferente do que lhe pediram.

Além disso, trata-se de um sintoma associado à parte neurológica que pode indicar que a noite de sono não foi boa em termos de quantidade e/ou qualidade.

5. Diminuição da libido

A redução do interesse sexual também é um dos possíveis sintomas do sono insuficiente ou de baixa qualidade do sono. A saber, ela pode ter uma relação com um cansaço extremo em decorrência da falta de descanso.

6. Oscilações de humor

A pessoa acorda super bem humorada, com esperança de que o dia seja ótimo e motivação para enxergar o lado positivo da vida.

Então, acontece um imprevisto mesmo pequeno e ela já fica com estresse, cheia de mau-humor e achando que o dia está horrível. Essas oscilações de humor também podem ser um sinal de que a noite de sono não foi boa.

  Continua Depois da Publicidade  

Identificou-se com esses sintomas?

Percebeu que tem apresentado um ou mais desses sinais? Então talvez seja hora de dar uma maior atenção ao sono e passar a dormir uma quantidade suficiente de horas por noite com qualidade.

Primeiramente, as dicas de como lidar com a ansiedade antes de dormir e os alimentos que ajudam a melhorar o sono podem te ajudar.

Se nada disso for útil para passar a ter um sono mais duradouro e de maior qualidade, procure o auxílio médico. Assim, poderá verificar se os problemas para dormir bem não têm alguma associação com uma condição de saúde mais série e tratá-la.

Além disso, se os sintomas da lista acima persistirem mesmo após o seu sono passar a ser longo o suficiente e ter qualidade, informe o médico sobre isso, pois esses sintomas também podem ser sinais de outros problemas de saúde que exigem tratamento específico.

A nossa nutricionista também apresentou no vídeo abaixo os sinais que indicam que o sono anda mal e o corpo sobrecarregado. Confira!

Fontes e Referências Adicionais

Já notou alguns desses sinais? Acha que seu sono anda mal das pernas? Então, conte para nós nos comentários!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário