Jalapeño

7 Benefícios da Pimenta Jalapeño – Como Plantar, Curtir e Preparar

Originária do México, a pimenta jalapeño é popular em toda a América do Norte. Ela é composta por 28 calorias a cada porção de 100 g e apresenta nutrientes como sódio, potássio, carboidratos, fibras, proteínas, vitamina A, vitamina B6, vitamina C, cálcio, ferro, fósforo, zinco, cobre, magnésio e manganês.

7 benefícios da pimenta jalapeño

Vamos conferir a partir de agora alguns benefícios da pimenta jalapeño para a saúde e boa forma, de acordo com as propriedades e nutriente que oferece ao organismo.

1. Pimenta jalapeño emagrece

Ao mesmo tempo em que é pobre em carboidratos, a pimenta é rica em fibras – oferece 3 g do nutriente a cada porção de uma xícara. Além de favorecer o sistema digestivo, o nutriente promove o aumento da saciedade no organismo, tornando mais fácil controlar o apetite e, consequentemente, consumir uma quantidade menor de calorias ao longo do dia.

O alimento também é fonte de vitamina C – são encontradas cerca de 118,6 mg em uma porção de 100 g. O nutriente é transformado em um antioxidante dentro do organismo, cuja ação causa a eliminação de resíduos desnecessários ao corpo, a redução do inchaço abdominal, além de combater a retenção de líquido. Vale lembrar que esses fatores costumam estar relacionados ao aumento de peso.

Um estudo feito com ratos publicado em 2008 no International Journal for Vitamin and Nutrition Research (Jornal Internacional de Pesquisa sobre Vitaminas e Nutrição, tradução livre) submeteu os animais a uma dieta rica em gorduras, ao mesmo tempo que deu a eles uma suplementação de vitamina C.

O resulto obtido foi que a vitamina preveniu a adição de novos depósitos de gordura às reservas de gorduras do corpo dos bichinhos.

Além disso, a pimenta jalapeño possui componentes chamados capsinoides associados aos efeitos de aumentar a queima calórica e promover o uso de gordura como combustível pelo corpo, conforme pesquisa divulgada em agosto de 2010 na publicação Nutrition & Metabolism (Nutrição & Metabolismo).

Outro composto do alimento é a capsaicina, que também atua na elevação do gasto de energia.

Entretanto, não pense que a pimenta é um ingrediente mágico para a perda de peso. Ela auxilia, mas, para emagrecer ainda é necessário seguir uma dieta saudável, equilibrada, controlada e nutritiva, ao mesmo tempo em que pratica atividades físicas regularmente como forma de maximizar o gasto calórico.

2. Combate aos radicais livres

Outro dos benefícios da pimenta jalapeño é o combate aos radicais livres, oriundo da ação antioxidante da vitamina C. Isso é importante porque os radicais livres fazem mal ao organismo, promovendo o envelhecimento e causando doenças graves como o câncer.

3. Saúde dos olhos e da pele

Por ser fonte de vitamina A, a pimenta jalapeño também contribui para o bom estado da saúde dos olhos e da pele no corpo humano.

4. Composta por capsaicina – efeito anti-inflamatório e vasodilatador

A capsaicina encontrada no alimento é responsável por outros bons benefícios da pimenta jalapeño. A substância possui efeito anti-inflamatório e vasodilatador, promovendo uma fluidez sanguínea saudável.

5. Estímulo ao sistema imunológico

O efeito está associado à presença da vitamina C na composição do ingrediente. Isso porque o nutriente pode estimular o sistema imunológico a produzir glóbulos brancos – células do sistema de defesa do organismo que circulam no sangue.

6. Alívio de dores de cabeça 

Estudos já indicaram que a pimenta também alivia dores de cabeça provenientes da enxaqueca. Isso acontece por conta da capsaicina que inibe um neuropeptídeo que atua como um transmissor da dor.

7. Fonte de minerais

Minerais como potássio, ferro, fósforo, zinco, cobre, magnésio e manganês são encontrados na composição da jalapeño. Tais nutrientes são responsáveis por benefícios da pimenta jalapeño como a promoção da saúde dos glóbulos vermelhos, o desenvolvimento de ossos fortes e o funcionamento do sistema nervoso.

Como plantar pimenta jalapeño 

  1. Colocar duas ou três sementes dentro de um vaso e cobrir com uma pequena quantidade de terra. Regar com água, seguindo as instruções do pacote da semente, lembrando que manter o solo úmido é importante para a germinação da semente. Neste sentido, as bandejas de semente podem ajudar bastante porque suas tampas prendem a umidade e, assim, a rega não costuma ser necessária.
  2. As sementes devem permanecer em um lugar escuro, expostos a uma pequena quantidade de luz até que os brotos apareçam. Remover a tampa da bandeja (caso tenha-a utilizado) e colocá-la no peitoril de uma janela, em direção ao sul. A partir de então, será necessária uma rega regular.
  3. Além disso, virar a bandeja de vez em quando para que as plantas cresçam na vertical. Elas se curvarão em direção ao sol e assim que forem formada de duas a quatro folhas, terá chegado a hora de separar e replantar em um vaso maior.
  4. Conforme as plantas forem ficando maiores, replantar em vasos maiores. As plantas poderão ser transferidas para a horta quando o solo estiver com mais ou menos 15º C (fora da época de geada, três semanas depois da última geada é que a transferência deve ocorrer).
  5. O local escolhido para a planta deverá receber bastante luz solar durante no mínimo seis horas por dia. Para colocar o vaso na parte escolhida do solo, cavar um buraco que tenha duas vezes a largura do vaso e que seja profundo o suficiente para que as terras e as folhas fiquem no mesmo nível. As plantas deverão ser posicionadas com 30 cm a 40 cm de distância umas das outras e deve haver 60 cm de distância entre as fileiras das plantas.
  6. As plantas deverão ser regadas diariamente, certificando-se de que elas recebam 2,5 cm de água semanalmente. Lembrar-se de manter a horta livre de ervas daninhas e depois de três semanas com as pimentas por lá, adicionar húmus ou composto de cogumelo para que a planta obtenha mais nutrientes.
  7. Passados três ou quatro meses, finalmente será a hora de colher as pimentas jalapeño. Quando maduras, elas encontram-se em uma tonalidade verde-claro, período em que estão mais picantes. Caso opte esperar por mais tempo, até elas atingirem uma coloração preta e, mais tarde, vermelha, você terá pimentas mais doces. A jalapeño vermelho é o tipo mais apropriado para ser desidratado. 

Como fazer pimenta japalapeno em conserva (doces e picantes)

Ingredientes:

  • 5 pimentas jalapeños com dois a três furos;
  • ½ xícara de vinagre;
  • ½ xícara de água;
  • ½ colher de chá de pimenta;
  • ½ colher de chá de coentro;
  • 1 folha de louro;
  • Água;
  • 1 dente de alho batido;
  • ½ colher de chá de sal;
  • 1 colher de chá de mel.

Modo de preparo:

  1. Colocar todos os ingredientes em uma panela. Misturar, levar ao fogo e deixar ferver. Então, diminuir o fogo e deixar cozinhar durante mais cinco minutos;
  2. Retirar as pimentas jalapeño da panela e passar para um pode de vidro com tampa também de vidro que esteja bem limpo e esterilizado;
  3. Despejar a água da conversa em cima das pimentas, porém, deixar alguns centímetros de sobra na parte de cima do pote;
  4. Fechar bem o recipiente. Ferver a água em uma panela grande. Colocar o pote dentro de uma panela com água fervente, de modo que a água o cubra por completo. Deixar o recipiente na panela durante 10 minutos e, então, retirá-lo;
  5. Colocar o pote em um lugar fresco e escuro e deixar a pimenta curtir durante quatro a cinco dias antes de abrir o recipiente;
  6. Depois de aberto, levar o pote à geladeira para refrigerar. O sinal de que a mistura resfriou é o som de um levo estouro, o que também indica que o recipiente foi fechado adequadamente. Caso não faça barulho, a recomendação é resfriar o pote assim que ele se encontrar em temperatura ambiente.

Atenção: depois de aberto o pote, a conserva deve ser utilizada em até duas semanas.

Como usar as pimentas jalapeño

Elas podem ser aproveitadas na culinária em receitas de temperos, molhos, tacos, saladas, cachorro-quente, acompanhando carnes como em receitas de hambúrguer e no preparo de saladas. Confira a seguir como preparar uma receita de molho de jalapeño.

Molho de jalapeño

Ingredientes:

  • 1 colher de chá de óleo;
  • 20 pimentas jalapeño frescas fatiadas;
  • 3 dentes de alho picados;
  • ½ xícara de cebola picada;
  • ¾ de colher de chá de sal;
  • 2 xícaras de água;
  • 1 xícara de vinagre de vinho branco.

Modo de preparo:

  1. Pegar uma panela esmaltada e adicionar o óleo, as pimentas, os alhos, a cebola e o sal. Refogar durante quatro minutos;
  2. Acrescentar a água e cozinhar por 20 minutos, mexendo a mistura constantemente. Após, retirar a panela do fogo e deixar esfriar por completo;
  3. Bater no liquidificador até ficar homogêneo, adicionando o vinagre aos poucos;
  4. Dividir o molho em potes de vidro esterilizados e armazenar na geladeira.

Cuidados com a pimenta jalapeño

De acordo com o Centro Nacional de Informação sobre Pesticidas dos Estados Unidos, consumir muita capsaicina proveniente da pimenta pode causar irritação na boca, no estômago e nos intestinos, além de vômito e diarreia.

Entretanto, é possível que o consumo em moderação não traga tais problemas. Por outro lado, pessoas que sofrem com azia e refluxo gastroesofágico não devem consumir a pimenta jalapeño, sob o risco de piorar sua condição.

Além disso, apesar de não haver uma certeza, existem apontamentos da relação entre a capsaicina e o desenvolvimento de câncer.

Um estudo publicado em 2003 no Internacional Journal of Cancer (Jornal Internacional do Câncer, tradução livre) identificou que pessoas que consumiam de 9 a 25 jalapeños por dia apresentaram uma chance significativamente maior de ter câncer gástrico do que indivíduos que ingeriam menos de três unidades da pimenta diariamente.

Você já conhecia todos esses benefícios da pimenta jalapeño para a saúde e boa forma? Tem o costume de consumi-la? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite


ARTIGOS RELACIONADOS

Um comentário

  1. Boa tarde !! A onde posso encontrar sementes de jalapeno, muito agradecido

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*