7 Remédios para Aumentar a Imunidade Mais Usados

🕐 18/11/2019

Com o aumento dos níveis de estresse, de excesso de peso e também com a redução da qualidade vida das pessoas na sociedade moderna, houve também um aumento expressivo de vários problemas de saúde.

Quando o corpo está com imunidade baixa, aumentam as chances de se desenvolver diversas doenças, tais como gripes, resfriados, infecções, entre outras. Por este motivo, é importante que se busque alternativas para ajudar no fortalecimento do sistema imunológico, seja através de algumas mudanças no estilo de vida, seja através do uso de remédios ou suplementos.

Vamos conhecer quais os principais remédios para aumentar a imunidade, como resolver o problema de imunidade baixa e quais são os suplementos mais usados para quem deseja melhorar a saúde.

O que é o sistema imunológico e como ele funciona?

O sistema imunológico é formado por uma complexa rede de moléculas e de células que estão em todo o organismo e que possuem a capacidade de reconhecer de forma específica algumas estruturas moleculares, chamadas de antígenos, e que, desta forma, podem desenvolver uma resposta diante destes estímulos, provocando a destruição ou inativação destas estruturas.

Assim, o sistema imunológico é um eficaz sistema de defesa do corpo humano contra a entrada de micro-organismos ou contra a transformação maligna das células.

A função de defesa do sistema imunológico é fundamental para evitar o desenvolvimento de doenças como infecções e tumores. Esta capacidade de defesa é produzida através da ativação de algumas células, que incluem os linfócitos, além de realizar a produção de anticorpos. Quando este sistema de defesa não está adequado, quando é o caso do problema de imunidade baixa, o organismo pode sofrer reações inflamatórias e danos orgânicos significativos.

O sistema imunológico é formado por proteínas que representam de 20 a 25% a concentração de proteínas plasmáticas totais e o seu componente celular representa, aproximadamente, 15% das células corporais. O componente celular do sistema imunológico é formado por diferentes linfócitos que possuem características morfológicas e funcionais muito diferentes. Neste grupo estão os linfócitos B e T que atuam em conjunto na resposta imune.

Além disso, este sistema possui um componente solúvel em que são encontradas as imunoglobulinas, que são moléculas formadas a partir da diferenciação dos linfócitos B em células plasmáticas. As regiões constantes das imunoglobulinas são limitadas e podem ser identificadas por cinco tipos: IgG, IgA, IgM, IgD e IgE (Imunoglobina E). A resistência às infecções se dá, principalmente, em função da presença de níveis séricos suficientes de imunoglobulinas tanto em nível plasmático quanto tissular.

A ideia de aumentar a imunidade e melhorar o sistema de defesa do organismo é algo possível, porém bastante complexo, já que este sistema, para funcionar bem, precisa de um equilíbrio em vários setores. Muitas questões relacionadas à imunidade não foram ainda totalmente desvendadas e, por enquanto, não existe uma evidência completa que conecte a função imunológica ao estilo de vida, mas alguns indícios que mostram esta relação.

Algumas pesquisas, por exemplo, já mostram uma relação entre os efeitos da dieta, dos exercícios, da idade, do aumento do estresse, além de outros fatores que podem estar envolvidos nos resultados do sistema imunológico. Adotar estratégias para ter uma vida mais saudável ainda é a melhor forma de se manter o sistema imune funcionando corretamente, mas alguns remédios também podem ser indicados para auxiliar neste processo.

Quais os remédios para aumentar a imunidade mais usados?

Diversos são os fatores envolvidos na modificação do comportamento do sistema imunológico, dentre eles a idade, os fatores genéticos, fatores ambientais, metabólicos, fisiológicos, fatores nutricionais, microbiológicos, entre muitos outros.

Em pessoas mais jovens e em idosos é possível se observar uma maior suscetibilidade no desenvolvimento de infecções, devido à imunidade baixa. Além disso, muitos outros fatores podem impactar na maior ou menor capacidade do sistema de defesa do organismo em atuar.

Os efeitos prejudiciais dos baixos níveis de nutrientes no organismo, entre eles de minerais, aminoácidos e vitaminas do complexo B, podem gerar inúmeros problemas de saúde. A redução da ingestão de proteínas e a deficiência de ferro também estão bastante associadas a um aumento no desenvolvimento de infecções. A deficiência de zinco e a de magnésio também estão relacionadas à imunidade baixa.

Existem muitas formas de apoiar o aumento da imunidade, como a prática regular de exercícios físicos, o aumento da ingestão de alimentos nutritivos, além do uso de suplementos e remédios para aumentar a imunidade. Vamos conhecer quais são os mais comuns e saber como usar no dia a dia alguns medicamentos, suplementos e remédios naturais:

1. Própolis

O própolis é uma substância produzida pelas abelhas usando a própria cera e resinas de diferentes plantas, e é utilizada para auxiliar na defesa da colmeia contra bactérias, vírus e fungos. Esta substância possui inúmeros benefícios à saúde, possuindo propriedades antissépticas e podendo ser usado no tratamento de feridas, no fortalecimento do sistema imunológico, no tratamento de doenças das vias respiratórias, entre outros.

O própolis pode ser facilmente encontrado em lojas especializadas de produtos naturais em forma de spray ou em gotas.

2. Suplementos de vitamina D

Pesquisas mostram que níveis saudáveis de vitamina D no organismo podem auxiliar na prevenção de toda e qualquer infecção. Para que o corpo possa produzir este nutriente é necessária a exposição à luz solar, mas muitas pessoas não conseguem níveis suficientes e acabam ficando com uma deficiência desta vitamina. Com isso, suplementos de vitamina D podem ser importantes remédios para aumentar a imunidade. A dose média recomendada por dia para um adulto é entre 5.000 UI e 10.000 UI.

3. Suplementos de ômega 3

Outros nutrientes que podem contribuir de forma significativa no fortalecimento da imunidade são os ácidos graxos ômega 3. O ômega 3 é fundamental para auxiliar a vitamina D a funcionar de forma ideal, além de evitar a deficiência desta vitamina.

A suplementação com este ácido graxo aumenta a atividade das células brancas que são responsáveis por capturar as bactérias patógenas. Este ácido graxo também ajuda a proteger o organismo contra gripes, resfriados e outras infecções do trato respiratório.

4. Probióticos

Os produtos probióticos contêm bactérias que atuam de forma benéfica no organismo e que normalmente habitam o intestino. Mais de 70% do sistema imunológico é controlado pelo sistema gastrointestinal, onde estas bactérias são fundamentais para melhorar a digestão e também proteger o organismo contra micro-organismos patógenos.

5. L-lisina

A L-lisina é um aminoácido essencial e que é vendido em forma de suplemento e pode servir como um remédio para aumentar a imunidade. A L-lisina pode ser tomada via oral, traz inúmeros benefícios à saúde e também possui poucos efeitos colaterais. Estudos mostram que a L-lisina pode reduzir o surgimento de herpes, dos problemas de ansiedade, além de também ter a capacidade de auxiliar no tratamento dos diversos tipos de câncer.

6. Suplementos de minerais

Os suplementos contendo minerais como o selênio e o zinco podem contribuir de forma muito eficaz como remédios para aumentar a imunidade. Diversas pesquisas mostram que o zinco pode reduzir a duração das infecções relacionadas ao trato respiratório. Outra pesquisa relacionada ao selênio mostra que este mineral ajuda a reduzir o risco de desenvolvimento de doenças como o câncer de bexiga, de mama, de intestino, pulmão, próstata, entre outros. Recomenda-se a ingestão de pelo menos 200 mcg por dia de selênio e de 50 mg por dia de zinco.

7. Estimoral

O estimoral é um medicamento vendido em embalagens com 14 ou 28 comprimidos que contém 3 mg de lisado bacteriano. O estimoral atua de forma a estimular o sistema imunológico aumentando a resistência do organismo às infecções do trato respiratório, incluindo os problemas de rinite, sinusite, faringite, laringite, bronquite, otite e nas suas formas compostas, tanto em crianças quanto em adultos. Este medicamento só deve ser utilizado com a orientação médica.

8. Vitamina C

A vitamina C é certamente um dos suplementos mais famosos e consumidos para aumentar a imunidade. Nos últimos anos, algumas pesquisas questionaram a eficácia desta vitaminas em evitar gripes e resfriados. O assunto ainda é polêmico mas parece haver maior consenso que tomar 1000 mg de vitamina C por dia ajuda na recuperação de uma pessoa já resfriada.

Ela possui propriedades antivirais e de estímulo ao sistema imunológico. Na prática, a pessoa fica menos tempo sofrendo com o resfriado, a recuperação é mais rápida. Esta vitamina é um poderoso antioxidante, além de ter a habilidade de se ligar a materiais tóxicos evitando que eles influenciem negativamente no organismo.

9. Astrágalo

Esta erva chinesa é famosa por suas propriedades de estimular o sistema imunológico. Recomenda-se o consumo de 1000 mg ou mais por dia para estimular as celular brancas do sangue, tanto para prevenir quanto para lutar contra infecções. Algumas pesquisas indicam que os resultados começam a aparecer depois de 6 a 8 semanas de uso. Então, não é um suplemento de uso imediato e pontual. Faz mais sentido o uso continuo como estratégia de fortalecimento da imunidade geral.

Conclusão

O sistema imunológico é formado por uma complexa rede de moléculas e de células, sendo um eficaz sistema de defesa do corpo humano contra a entrada de micro-organismos ou contra a transformação maligna das células, atuando de forma a evitar o desenvolvimento de doenças como infecções e tumores.

O aumento dos níveis de estresse e, principalmente, a baixa qualidade da alimentação implicam de forma considerável na redução da capacidade do sistema imunológico em atuar. Existem muitas formas de se fortalecer o sistema imune, incluindo o uso de remédios para aumentar a imunidade e que podem melhorar bastante a saúde.

Vídeos:

Gostou das dicas?

Fontes e Referências Adicionais:

Quais desses remédios para aumentar a imunidade você já tomou por algum motivo? Teve bons resultados com eles? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (119 votos, média: 3,76 de 5)
Loading...

3 comentários em “7 Remédios para Aumentar a Imunidade Mais Usados”

  1. Estou com a minha imunidade, muito baixa acabei de lê aqui e ja comecei a tomar uns alimentos para melhorar. Estou sangrando mas de 10 dias e estou com muita dor na barriga. E uns carocinho na virilia estou indo pro médico sergunda feira. Obg.

  2. Para aumentar a imunidade alguns tipos de beta glucanos são muito recomendados!
    Existe um suplemento a base de beta glucanos da Saccharomyces Cerevisiae
    Que age como imunomodulador e tem excelentes resultados em doenças autoimune, doenças inflamatórias intestinais e como adjuvante no tratamento de câncer!

Deixe um comentário