Albumina – O que é, para que serve, benefícios e dicas

Especialista da área:
atualizado em 24/03/2021

Quando falamos em suplementos de proteína, logo vêm à mente a albumina, embora poucos saibam com detalhes o que ela é, como funciona e para que serve exatamente.

  Continua Depois da Publicidade  

A albumina é uma proteína proveniente da clara do ovo e que, assim como o whey protein, é muito utilizada por pessoas que praticam musculação.

Então, a seguir você descobrirá para que serve a albumina, seus benefícios para as diversas formas de treino e seus efeitos colaterais, além de aprender qual a melhor forma de usar este suplemento.

O que é albumina?

albumina em pó

Sintetizada pelo fígado, a albumina é a proteína mais abundante do corpo humano, podendo ser encontrada em grande quantidade no sangue.

Porém, nem sempre a quantidade de albumina produzida naturalmente pelo organismo é suficiente, e outras fontes de albumina devem suprir as necessidades diárias do corpo.

As principais fontes são:

  • Leite (lactoalbumina);
  • Ovos (ovoalbumina), onde a proteína se encontra principalmente na clara.

Mas os alimentos não são a única forma de aumentar a quantidade de albumina ingerida: Existem suplementos, de preços, sabores e qualidades bastante variadas, disponíveis no mercado brasileiro.

  Continua Depois da Publicidade  

Benefícios da albumina

O uso da albumina pode trazer diversos benefícios, que vão além do ganho de massa muscular. A seguir vamos conhecer melhor esses efeitos.

1. Aumento da massa muscular

Esse é o principal benefício dos suplementos de proteína, e o motivo deles serem tão usados por quem pratica musculação.

Mas, além dos aminoácidos essenciais, a suplementação com albumina também garante o aporte de mais zinco, magnésio e ferro para as fibras musculares, acelerando a regeneração do tecido e evitando o catabolismo que costuma ocorrer após o treino.

Além disso, existem estudos que relacionam níveis baixos de albumina no sangue à diminuição da força muscular, o que significa que a suplementação com albumina pode aumentar a capacidade e a funcionalidade dos músculos.

casal fitness

2. Pode ajudar a emagrecer

As proteínas possuem digestão mais lenta que os carboidratos, o que significa que ao consumir albumina, a sensação de saciedade durará mais tempo do que se optar pela ingestão de um pão ou outro carboidrato simples. 

Além do mais, a proteína da clara do ovo é uma proteína de alta qualidade, que ajuda a aumentar a massa magra e evita o acúmulo de gordura. E o baixo teor calórico também contribui muito para o emagrecimento.

  Continua Depois da Publicidade  

3. Melhor recuperação no pós-treino

Um estudo, realizado por pesquisadores da Ball State University nos Estados Unidos, demonstrou os benefícios da albumina na regeneração muscular após o treino, principalmente na prevenção dos sintomas de overtraining, entre eles o catabolismo.

Os resultados foram bastante positivos, e demonstraram que a suplementação proteica pode, além de promover o ganho de massa muscular, prevenir a sua degradação após os exercícios.

4. Fonte de proteína sem lactose

Para quem tem intolerância à lactose ou então está seguindo uma dieta sem laticínios para perder peso, a albumina pode ser uma ótima alternativa, já que não contém o açúcar do leite, como ocorre em boa parte dos tipos de whey.

5. Diminui o apetite

O consumo de alimentos ricos em proteína é uma excelente forma de diminuir o apetite, tanto por sua digestão ser mais lenta, quanto pelo maior gasto de energia necessário para metabolizar o nutriente.

Na prática, isso significa que consumir albumina faz o organismo, no processo da digestão, queimar mais calorias do que uma quantidade semelhante de carboidratos, por exemplo.

  Continua Depois da Publicidade  

6. É uma fonte de proteína acessível

Os suplementos de proteínas tendem a ser bastante caros, o que faz da albumina uma excelente opção para ganhar músculos sem precisar gastar tanto.

Além disso, o ovo, que é rico em albumina, é um alimento barato e facilmente encontrado em mercados e feiras.

E, como é uma proteína de alto valor biológico, a albumina tem uma boa absorção pelo organismo, até melhor que a de proteínas de origem vegetal, além de poder ser uma alternativa interessante para dietas sem carne.

7. A albumina é rica em leucina

A albumina estimula o crescimento muscular e acelera a síntese de proteínas graças em grande parte à presença da leucina, um aminoácido que está presente em altas concentrações na clara de ovo.

A leucina é um aminoácido essencial de cadeia ramificada, presente também em suplementos como o BCAA, e é essencial para melhorar o desempenho atlético ao mesmo tempo em que preserva a massa muscular.

Os ovos contêm de 10 a 20% mais leucina que as outras proteínas de origem animal, e a quantidade somente é superada pela do whey, que hoje é a maior fonte do aminoácido que temos à nossa disposição.

mulher preparando um shake com whey protein

Albumina engorda?

A albumina por si só quase não contém gordura e é pouco calórica, então, ela não leva ao acúmulo de gordura corporal.

Mas, quando associada a uma rotina de exercícios físicos, a suplementação com albumina leva ao ganho de massa magra, ou seja, de músculos.

Por isso, é essencial procurar a orientação de um nutricionista, para que a albumina seja utilizada de uma forma que vá suprir suas necessidades diárias de proteínas.

Efeitos colaterais da albumina

Apesar dos benefícios da albumina muitas vezes compensarem seus efeitos colaterais, vale a pena ficar atento a alguns efeitos indesejados do suplemento.

Isso acontece porque, assim como ocorre com outros suplementos proteicos, a albumina pode sobrecarregar os rins, já que serão eles os responsáveis por metabolizar o excesso de proteínas ingeridas através da suplementação.

Além disso, ela pode causar efeitos colaterais no sistema gastrintestinal, como enjoo, gases e até mesmo diarreia.

Superdosagem e contraindicações

Em altas doses, outros efeitos colaterais que podem ocorrer são:

  • Calafrios;
  • Rubores;
  • Coceira na pele;
  • Náuseas e vômitos;
  • Dores de cabeça;
  • Edema;
  • Aumento da frequência cardíaca. 

Além disso, se você tem histórico de problemas renais, alergia a ovos ou então sofre com intestino sensível, evite a suplementação com a proteína da clara do ovo.

Quem tem problemas no fígado, pancreatite, problemas cardíacos ou faz tratamento com hemodiálise também deve evitar a albumina.

Como usar o suplemento albumina

Em suplemento, a albumina é normalmente encontrada na forma de pó, e como possui um sabor desagradável, ela normalmente é consumida em shakes, junto de alimentos com sabores mais marcantes.

Além disso, ela pode também ser misturada a outros suplementos, como o BCAA, para melhorar os resultados obtidos.

Caso opte pelo consumo da albumina de fontes alimentares, dê preferência pelas claras dos ovos, e tente evitar o consumo excessivo de gemas, que além de calóricas ainda são ricas em colesterol.

Evite também o consumo das claras cruas, pois elas podem conter bactérias nocivas à saúde, como a Salmonella.

Quantidade ideal

Com relação à quantidade, não há um valor padrão de albumina a ser consumida, pois isso depende das características individuais da pessoa.

Por exemplo, a maioria das pessoas precisa consumir 0,8 gramas de proteína por kg de peso corporal diariamente, mas essa necessidade pode variar de acordo com o seu nível de atividade física.

Então, o ideal é que um nutricionista avalie a necessidade ou não de complementação para não sobrecarregar órgãos vitais como os rins e o fígado.

Melhor horário para tomar albumina

Embora o suplemento possa ser utilizado no pós treino, esse não é o melhor horário para tomar albumina. Isso porque o pós-treino exige nutrientes de rápida absorção, como carboidratos refinados e proteínas de fácil assimilação. Para esses casos, o suplemento proteico ideal é o whey protein.

E existe quem prefira tomar a albumina ao acordar, mas, novamente, ela não é a melhor opção de suplemento para esse horário.

Isso acontece porque ao acordar, você estará saindo de um período de pelo menos 8 horas em jejum, o que significa que o seu nível de glicose estará baixo e o corpo precisando de nutrientes de rápida assimilação para repor as perdas noturnas.

Mas a absorção mais lenta da albumina a torna uma ótima opção de suplemento para tomar a noite, antes de se deitar, já que sua assimilação gradual irá garantir mais aminoácidos ao longo da noite e irá evitar o temido catabolismo muscular.

Além disso, a albumina pode ser uma alternativa para quem não tem condições de comprar o whey protein, que tem um valor bem mais alto.

Mas vale notar que os resultados podem não ser idênticos, sobretudo no pós-treino, já que o whey possui absorção mais rápida e pode combater o catabolismo de maneira mais eficiente.

Antes de dormir é uma das melhores horas para tomar albumina
Antes de dormir é uma das melhores horas para tomar albumina

Onde comprar

Suplementos de albumina podem ser facilmente encontrados em lojas de suplementos alimentares, farmácias, lojas de produtos esportivos e diversos sites na internet.

Além disso, é possível obter albumina através do consumo de claras de ovos cozidas ou na forma de omelete.

Preço

O preço da albumina em pó varia de acordo com o fabricante e a qualidade do produto, mas em geral é possível encontrar o suplemento por aproximadamente R$ 35,00 (embalagem de 500g).

Fontes e referências adicionais

Você já utilizou o suplemento albumina para ganhar massa muscular? Foi capaz de notar os benefícios em seus resultados? Qual é o seu suplemento proteico preferido? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (95 votos, média 4,31)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

10 comentários em “Albumina – O que é, para que serve, benefícios e dicas”

  1. Posso usar Wheel, mesmo usando marca-passo, faço musculação com permissão do meu cardiologista, obrigada.

    Responder
  2. boa tarde gostaria de saber se posso dar para os meus pais tomarem albumina eles tem 76 anos e 87 anos mas tem uma saúde excelente .
    neste caso teria alguma contra indicação

    muito obrigado

    Responder
  3. Olá muito Boa a matéria! ? só uma dúvida além dos grandes benefícios da albumina em pó para a saúde do corpo, o mesmo está relacionado ao crescimento de nossos cabelos? Por ser uma proteína do ovo? Please! Obg. ?

    Responder
  4. Artigo sensacional. Tirei todas as minhas dúvidas. Muito completo. Vocês estão de parabéns, adorei o site! Forte abraço a todos e vamos malhar!

    Responder
  5. Bom tarde!

    Li seu artigo e achei excelente a abordagem. Técnica mais sem exageros. A dúvida que eu tenho é a seguinte: quem tem problemas com ácido úrico alto pode tomar suplemento a base de albumina sem restrições? Desde já agradeço a atenção.

    Responder