Ardência na vagina – Causas e o que fazer

Especialista da área:
atualizado em 09/06/2021

A sensação de ardência na vagina não é agradável e pode indicar uma infecção. Saiba então quais são as principais causas e o que fazer.

  Continua Depois da Publicidade  

Sentir coceira, irritação e ardência na região íntima nem sempre é sinal de algo sério. Mas ainda assim, é importante prestar atenção nos sintomas pois eles podem indicar infecções como a candidíase, por exemplo.

Além da ardência, podem surgir sintomas adicionais como o mau cheiro ou o corrimento vaginal. Veja então quais são as possíveis causas de ardência na vagina – com ou sem sintomas extras.

Causas

Antes de saber as causas, é importante lembrar que se a ardência na vagina te acompanha há vários dias, é fundamental consultar um ginecologista.

Confira então o que pode ser esse desconforto na região íntima.

1. Uso de produtos ou alergia

No dia a dia, nós usamos vários produtos em nossa pele – e na região íntima não é diferente. Assim, se a sua pele é sensível, um sabonete diferente ou até mesmo trocar de sabão em pó para lavar as roupas pode ser suficiente para causar uma irritação ou alergia séria.

Apenas para você ter uma ideia, os seguintes produtos podem ser a causa da ardência e irritação vaginal:

  • Sabonete;
  • Absorvente menstrual;
  • Sais de banho;
  • Creme;
  • Papel higiênico com fragrâncias.

Além disso, usar roupa íntima apertada ou calças justas demais também podem causar desconforto.

O que fazer

Observe o que pode estar causando os seus sintomas e pare de usar. É provável que logo após suspender o uso de produtos irritantes, seus sintomas desapareçam.

Se for o caso, seu médico pode sugerir que você use um antialérgico para aliviar os sintomas mais rapidamente.

  Continua Depois da Publicidade  

2. Vaginose bacteriana

A vaginose bacteriana é bastante comum. Nessa condição, há um desequilíbrio entre bactérias saudáveis e nocivas na região genital. Com o excesso de bactérias “ruins”, ocorre então uma infecção que causa:

  • Corrimento fino de cor branca ou cinza;
  • Cheiro de peixe na região íntima;
  • Coceira;
  • Queimação.

O que fazer

Às vezes, a vaginose bacteriana melhora sozinha. Isso acontece porque as bactérias tendem a restabelecer um equilíbrio saudável naturalmente – principalmente se você tiver uma boa alimentação.

Mas há casos em que é preciso tomar antibióticos para tratar a infecção.

Depois do tratamento, é importante caprichar na ingestão de alimentos probióticos e prebióticos a fim de manter a flora vaginal saudável.

3. Infecção urinária

A infecção urinária ocorre por causa de uma bactéria que entra no trato urinário. Além de ardência e queimação, a infecção pode causar outros sintomas, como por exemplo:

  • Urgência para urinar;
  • Dor para urinar;
  • Cheiro forte na urina;
  • Febre;
  • Dor pélvica;
  • Mudanças de cor da urina.

O que fazer

Em primeiro lugar, é importante fazer um exame de urina para confirmar a infecção. Depois disso, o médico vai indicar um antibiótico para você tomar que deve tratar a infecção.

É comum que os sintomas melhorem nos primeiros dias de tratamento. Mesmo assim, continue tomando o remédio até o fim do tratamento. Além disso, é importante beber bastante água e descansar.

4. Candidíase vaginal

A candidíase é a principal infecção fúngica que atinge a região genital. Além da vagina ardendo, essa infecção pode causar:

  Continua Depois da Publicidade  

  • Vermelhidão;
  • Dor para urinar;
  • Coceira;
  • Inchaço;
  • Dor durante a relação sexual;
  • Corrimento espesso e branco.

O que fazer

Existem remédios antifúngicos que ajudam a tratar a infecção. Pomadas como o miconazol, por exemplo, podem eliminar vários tipos de fungos e, dessa forma, aliviar os sintomas.

5. DSTs

Uma série de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) podem causar sintomas como a ardência na vagina. Além disso, é comum observar sintomas extras como:

  • Coceira persistente;
  • Vermelhidão;
  • Dor;
  • Desconforto para urinar;
  • Corrimento vaginal anormal.

A saber, a vagina ardendo pode ser um sinal de doenças como a gonorréia, a tricomoníase, a clamídia e a herpes genital.

O que fazer

Como uma DST pode ser causada por vírus, bactérias ou fungos, o tratamento pode variar dependendo do tipo de infecção.

Dessa forma, o tratamento pode ser feito com remédios antimicrobianos como o metronidazol ou com pomadas específicas.

6. Menopausa

As mudanças hormonais que acontecem no corpo da mulher durante a menopausa podem causar sintomas desagradáveis. Um desses sintomas é justamente a ardência vaginal – além de:

  • Ondas de calor;
  • Suor noturno;
  • Secura vaginal;
  • Dificuldade para dormir;
  • Redução da libido.

O que fazer

Toda mulher que entra na menopausa deve conversar com um médico a fim de saber o que fazer para aliviar os sintomas.

Uma das estratégias pode ser a terapia de reposição hormonal. Aliás, aproveite para saber mais sobre a menopausa.

Outras causas

A vagina ardendo depois da relação íntima, por exemplo, pode ser um sinal de atrito, falta de lubrificação ou alergia.

Nesse último caso, se a sensação de ardência é frequente, é possível que exista uma alergia ao preservativo ou ao sêmen. Converse com o seu ginecologista para saber como lidar com esse tipo de sensibilidade.

Além disso, a queimação também pode ser um sinal de doença de pele. Para saber se é o seu caso, consulte um dermatologista.

Dicas de prevenção

vagina ardendo

Como você pode perceber, a ardência na vagina pode ter vários significados. Na maioria das vezes, é bem simples aliviar esse sintoma. Aliás, alguns remédios caseiros que podem ajudar neste momento são:

  • Aplicar compressas frias;
  • Usar creme de vaselina;
  • Utilizar produtos hipoalergênicos ou sabonete neutro para higienizar a região íntima.

Mas, se a ardência não melhorar ou surgirem outros sintomas, consulte um ginecologista para tirar suas dúvidas e iniciar o tratamento mais adequado ao seu caso.

Por fim, tome cuidado com a automedicação, pois o uso de uma pomada vaginal sem necessidade e sem orientação médica pode causar ainda mais danos à sua pele.

Fontes e referências adicionais

Você já sentiu ardência ou desconforto na vagina? Descobriu a causa? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas, educadores físicos. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário