Atenção: erros que você precisa evitar ao comer ovo

Especialista da área:
atualizado em 16/04/2021

O ovo é um alimento nutritivo que é uma proteína de alto valor biológico e faz parte do grupo das proteínas magras e completas. Isso sem contar que ele é uma comida barata, o que o torna ainda mais atrativo.

  Continua Depois da Publicidade  

No entanto, para não desperdiçar os benefícios dos ovos e para não ter problemas ao consumi-los, é preciso evitar alguns erros na hora de usar o alimento nas refeições. Por exemplo:

1. Usar muita gordura

Ovo frito

Fazer um ovo frito ou ovo mexido com muito óleo é um erro porque isso acrescenta muita gordura e consequentemente mais calorias ao ovo. O óleo é gordura pura e cada grama de gordura possui nove calorias.

Quando for preparar o ovo frito ou mexido, apenas pincele um pouquinho de óleo na frigideira, sem exagerar na quantidade, só para não grudar. Melhor ainda se você puder usar uma frigideira antiaderente, pois ela exige usar menos óleo.

Você pode colocar só um pingo de óleo na frigideira e espalhar com papel-toalha. Assim, se forma apenas uma camada mínima de óleo para impedir que o ovo grude.

Entretanto, o ideal mesmo é preparar o ovo sem gordura nenhuma. Por exemplo, o ovo cozido ou o ovo pochê, que é basicamente pingar gotinhas de vinagre na água fervente, fazer um redemoinho e jogar o ovo.

Outra opção é fazer o ovo assado. É claro que você não vai colocar o ovo direto no forno, mas você pode misturá-lo com legumes ou outras fontes de proteínas e levar para assar. Conheça opções de receitas de ovo light.

2. Comer ovo cru

Hoje em dia ainda é possível encontrar pessoas que comem ovo cru por achar que é mais natural ou que colocam várias claras de ovo cruas em suas vitaminas pós-treino. Mas, isso não é uma boa ideia.

Isso porque a capacidade do organismo para absorver essas claras que não passaram pelo cozimento é muito menor. Assim, perde-se parte das proteínas do alimento ao consumi-lo cru, pois o corpo não vai conseguir absorvê-las.

Além disso, ainda mais perigoso que isso é o fato do ovo cru provocar a contaminação por salmonella. Entenda melhor como comer ovo cru faz mal à saúde.

  Continua Depois da Publicidade  

3. Deixar muito tempo no fogo

Independente do modo de cozimento do ovo – na panela ou no forno – o ideal é que ele fique no ponto. É importante tomar cuidado para não deixar o alimento tempo demais no fogo, pois isso provoca a perda de nutrientes.

Por exemplo, quando o ovo cozido fica tempo demais na panela, ele forma uma espécie de anel verde na gema, que é um sinal de que houve perda de nutrientes. O mesmo ocorre quando o ovo preparado na frigideira fica meio amarronzado ou queimado em volta.

4. Temperar com muito sal

Encher o ovo de sal ao temperar é outro erro porque o sal é cheio de sódio, um nutriente que em excesso faz muito mal para a saúde.

Muito sódio causa retenção de líquido e inchaço, além de aumentar os riscos de doença renal, osteoporose, acidente vascular cerebral (AVC), insuficiência cardíaca, pressão alta, pedra nos rins e câncer de estômago.

Para evitar usar muito sal no ovo, invista em temperos naturais, como páprica, curry, pimenta-do-reino, salsinha, cebolinha, pimenta caiena ou qualquer outra erva, especiaria ou pimenta da sua preferência.

Assim que terminar de preparar o ovo, coloque esses temperos naturais, antes mesmo de adicionar o sal. Quanto mais de outros temperos você usar, menos sal será necessário adicionar para melhorar o sabor. E, quanto menos sal você consumir, melhor será para a sua saúde.

Vídeo

Confira também o vídeo em que a nossa nutricionista apresenta os cuidados que quem gosta de ovo precisa ter:

Fontes e Referências Adicionais

  Continua Depois da Publicidade  

Você gosta de comer ovo? Então, conte abaixo como costuma preparar o alimento!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário