Azeitona Faz Mal à Saúde?

Especialista:
atualizado em 26/12/2019

O mundo poderia ser dividido em dois grupos: um com as pessoas que não suportam a azeitona e outro com aquelas que amam o ingrediente. Então, no primeiro grupo as pizzas seriam preparadas sem azeitonas e no segundo, as fatias teriam bastante azeitona.

Brincadeiras à parte, a azeitona é o fruto da oliveira e já foi associada a uma série de benefícios para a nossa saúde. Eles incluem: fornecer antioxidantes, auxiliar a diminuição da pressão arterial e o controle do colesterol, contribuir com a saúde do coração e do intestino e ajudar a prevenção da perda óssea.

Além disso, as azeitonas servem como fonte de nutrientes necessários para o nosso organismo funcionar corretamente como gorduras saudáveis, fibras, cobre, cálcio, ferro, magnésio, vitamina A e vitamina E.

A azeitona faz mal à saúde?

Mas será que mesmo oferecendo essas vantagens, não existem alguns casos em que podemos afirmar que a azeitona faz mal à saúde?

Bem, uma preocupação em relação às azeitonas é que elas apresentam uma quantidade elevada de sódio. Por exemplo, uma porção com 10 azeitonas verdes médias apresenta 529 mg de sódio enquanto 100 g de azeitonas verdes contêm 1556 mg do mineral.

Se estivermos falando a respeito das azeitonas pretas, uma porção com 10 unidades médias possui 352 mg de sódio enquanto 100 g do alimento carregam 880 mg do mineral.

Ainda que o nosso corpo humano precise de sódio para aspectos como o controle da pressão arterial e do volume do sangue e para o funcionamento adequado dos músculos, a ingestão de uma quantidade elevada do nutriente não é nada boa para o organismo.

Os adultos saudáveis não devem consumir mais do que 2,3 mil mg de sódio diariamente, indivíduos com pressão arterial alta não devem ingerir mais do que 1,5 mil mg do mineral e quem tem insuficiência cardíaca congestiva, cirrose do fígado e doença renal precisa consumir quantias muito menores do que essas.

A Associação Americana do Coração recomenda que os adultos limitem a sua ingestão de sódio para 1,5 mil mg do nutriente por dia.

De acordo com a Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard, o excesso de sódio na alimentação pode causar problemas como retenção de líquidos, pressão e endurecimento dos vasos sanguíneos, pressão arterial alta, ataque cardíaco, acidente vascular cerebral (AVC) e insuficiência cardíaca.

Assim, para aproveitar o sabor e os benefícios da azeitona sem encher o organismo de sódio, é importante controlar as porções consumidas e sempre checar o teor do mineral presente na marca escolhida, dando preferência ao produto que tiver menos sódio.

Além disso, aconselhamos evitar colocar mais sal quando as azeitonas forem utilizadas em uma salada e lembramos que lavar as azeitonas também pode ajudar a diminuir a quantidade de sódio do alimento.

Outra sugestão para minimizar o efeito do sódio das azeitonas é comprar a versão do produto que vem na conserva de azeite.

A recomendação da maioria dos nutricionistas é ingerir seis unidades de azeitonas por dia para ajudar aumentar a quantidade de nutrientes no organismo.

Reações alérgicas

Será que é possível afirmar que a azeitona faz mal por provocar alergias? As alergias à azeitona até existem, porém, são raras. Segundo o Authority Nutrition, pessoas sensíveis podem experimentar reações alérgicas na boca e na garganta depois de consumir as azeitonas.

Para quem preocupa-se com esse tipo de problema, recomendamos que ao comer as azeitonas pela primeira vez, a pessoa consuma uma porção moderada. E caso você sofra alguma reação alérgica depois de comer o alimento, procure imediatamente a ajuda do médico.

Metais pesados

As azeitonas podem apresentar metais pesados como boro, enxofre, estanho e lítio. A ingestão de uma quantidade elevada de metais pesados pode provocar efeitos maléficos ao organismo e aumentar o risco de desenvolvimento de câncer.

Entretanto, como o teor desses metais pesados na composição das azeitonas costuma ser bem abaixo do limite, elas são consideradas seguras.

Acrilamida

A acrilamida é uma substância química que pode ser encontrada em alguns tipos de azeitonas pretas enlatadas, sendo que algumas apresentam um teor mais elevado do composto do que outras. Uma das variedades que pode conter teores altos do composto, como resultado do seu processamento, é a azeitona preta califórnia madura.

Altas quantidades de acrilamida já foram associadas a um risco maior de desenvolvimento de câncer e, portanto, a substância deve ser limitada ou até mesmo evitada por completo.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) explicou que a substância é conhecida por provocar o câncer em animais, porém, afirmou que ainda não foi provado que o mesmo efeito carcinogênico (produtor de câncer) observado em ratos também ocorra em humanos.

De qualquer maneira, a Anvisa ressaltou que “é prática assumir que um carcinógeno (agente que produz câncer) para animais é potencialmente carcinogênico para humanos a menos que se prove o contrário. Geralmente para carcinógenos o risco eleva-se com o aumento da exposição”.

A agência explicou ainda que a acrilamida pode ser produzida em alguns alimentos preparados em altas temperaturas.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), quantias elevadas de acrilamida também podem provocar problemas no sistema nervoso de seres humanos.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já tinha ouvido falar que azeitona faz mal à saúde em determinadas circunstâncias? Tem costume de comer bastante azeitona na dieta? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 4,50 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

4 comentários em “Azeitona Faz Mal à Saúde?”

  1. Nao ainda nao tinha visto falar ou lido ,mais como mim sinto mau toda vez que como .Azeitona resolvir pesquisar e fiquei asustada com o que descombrir.

  2. Eu adoro azeitonas parte da minha família é portuguesa e por isso sempre fui habituado a comer azeitonas. É um alimento que opto por não comer em excesso e também não gosto de adicionar mais sal. Eu compro as azeitonas sempre em ofertas pois o preço não é o mais barato! Olho sempre os folhetos online dos mercado que frequento, como esse:
    https://ofertasnosupermercado.com/ofertas-lopes-supermercado/

    Para se ter um ideia quanto vou a portugal compro 800 gr de azeitonas pelo mesmo preço que no Brasil compro 300 gr. Muito mais barato em Portugal. Isto porque Portugal é um dos maiores produtos de azeitona e azeite de qualidade.
    Obrigado pelo artigo, muito bom! Parabéns!

    • Sou paciente cardiopata reomatica sou antiquagulada e faço uso de ante coagulante.posso fazer uso de azeitonas