Beber café com o estômago vazio é ruim para saúde?

Especialista da área:
atualizado em 07/01/2021

Você também adora um café puro na hora do desjejum? Veja então se beber café com o estômago vazio é ruim para a saúde.

  Continua Depois da Publicidade  

Tomar café de estômago vazio pode não ser uma boa ideia para quem tem condições pré-existentes, como por exemplo:

Mas isso não quer dizer que o café de estômago vazio faz mal para todas as pessoas. Veja quando o café faz mal e porquê.

Aliás, aproveite e confira este vídeo em que nossa nutricionista fala sobre os benefícios do café e se ele faz bem ou mal:

Beber café com a barriga vazia faz mal?

mulher bebendo café

O café em si não faz mal. Por isso, os especialistas afirmam que não faz mal tomar café com a barriga vazia, desde que você não exagere na dose.

No entanto, se mesmo quantidades pequenas de café te trazem algum desconforto, é melhor evitar a bebida.

De fato, o café – principalmente em grandes quantidades – pode produzir ácidos estomacais em excesso que danificam as paredes do estômago, fazendo mal para algumas pessoas.

De acordo com Ricarbo Barbuti, gastroenterologista do Hospital das Clínicas da USP, nenhum alimento é proibido para o estômago. Mas certamente, algumas pessoas podem sentir desconforto ao tomar café, especialmente aquelas que têm gastrite – apesar de isso não ser uma regra. 

Aproveite para conferir se quem tem gastrite pode fazer jejum intermitente.

Aliás, nenhum alimento causa ou piora a gastrite, mas o consumo exagerado de álcool, aspirina ou anti-inflamatórios pode prejudicar o revestimento do estômago e causar problemas como gastrite e úlcera, por exemplo.

  Continua Depois da Publicidade  

Assim, com o revestimento estomacal já comprometido, a cafeína pode fazer mal já que o ácido gerado pelo seu consumo passa a ficar em contato direto com o órgão e não com suas paredes protetoras.

De acordo com Dennys Cintra, nutricionista e professor da Faculdade de Ciências Aplicadas da Unicamp, o ácido clorídrico já faz parte do estômago. O problema se dá quando o revestimento é perdido e o ácido fica em contato direto com o órgão.

Dessa forma, quem já tem refluxo pode sentir indigestão e azia ao ingerir a cafeína. Por isso, é importante evitar a bebida durante o tratamento.

Riscos do excesso de café

mulher ansiosa

Independentemente de tomar café com a barriga vazia ou cheia, alguns efeitos adversos da cafeína incluem:

  • Possível aumento nos níveis de cortisol – hormônio do estresse;
  • Alteração do relógio biológico;
  • Mudança de humor;
  • Nervosismo;
  • Ansiedade;
  • Dificuldade de se concentrar.

O uso excessivo de café tem o potencial de causar problemas como, por exemplo:

  • Perda óssea;
  • Aumento da pressão;
  • Doença cardíaca;
  • Diabetes tipo 2.

Por outro lado, a bebida pode trazer muitos benefícios para a saúde quando consumida moderadamente. 

Vale lembrar que o café da manhã é a refeição mais importante do dia, pois o corpo está há muitas horas em jejum. Portanto, é melhor contar com um pouco mais do que um cafezinho.

Um café da manhã reforçado e uma dieta balanceada ao longo do dia garante todos os nutrientes que seu corpo precisa.

  Continua Depois da Publicidade  

Além disso, se você sofre de gastrite ou refluxo e se sente mal ao beber café com o estômago vazio, é importante seguir uma dieta específica e usar os medicamentos indicados pelo médico a fim de reduzir a produção de ácidos e proteger o seu estômago de qualquer mal-estar.

Fontes e Referências Adicionais

Você tem o hábito de beber café com a barriga vazia? Como costuma se sentir depois de consumir a bebida? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário