Benefícios do Óleo de Urucum – Para Que Serve e Propriedades

Especialista:
atualizado em 11/03/2020

Veja a seguir quais são os benefícios do óleo de urucum, para que serve e suas propriedades que podem ser aproveitadas pelo nosso corpo, além de ver como fazer.

Você provavelmente conhece o urucum com as sementes utilizadas pelos índios para pintar o corpo. Mas você sabia que essas sementes também podem dar origem a um óleo?

Para você que já conhece o chá de urucum, como fazer e seus benefícios, chegou a hora de aprender quais podem ser os benefícios do óleo de urucum.

Para que serve – Benefícios do óleo de urucum

1. Aromaterapia

De acordo com informações do nutricionista e mestre em nutrição e dietética Ryan Raman, as sementes de urucum dão origem a óleos essenciais que podem ser empregados na aromaterapia.

“Entretanto, é importante observar que os óleos essenciais são destinados a serem inalados ou aplicados na pele. Eles não devem ser engolidos, já que isso pode ser perigoso”, advertiu o mestre em nutrição e dietética.

Veja também como a aroma pode ajudar a emagrecer e ter mais saúde.

2. Bronzeamento

As sementes de urucum costumavam ser encontradas na composição de óleos para bronzear. Entretanto, tentar se bronzear diretamente com o óleo de urucum pode não ser a melhor das ideias.

Conforme alertou o Departamento de Família e Comunidade da Escola de Medicina da Universidade de Nevada, nos Estados Unidos, os óleos bronzeadores trazem o risco de não fornecer uma proteção adequada contra a radiação ultravioleta.

No mesmo sentido, o Environmental Working Group (Grupo de Trabalho Ambiental, EWG, sigla em inglês), organização americana da área de saúde ambiental, advertiu que apesar de alguns óleos bronzeadores conterem protetor solar em seus ingredientes, os níveis costumam ser muito baixos e oferecer pouca proteção contra os raios solares.

Os óleos bronzeadores também estão associados com o aumento do perigo de sofrer uma queimadura solar, acrescentou a organização.

Como se não bastasse, especialistas não recomendam a utilização do óleo de urucum como bronzeador porque, além de poder provocar queimaduras, o produto deixa a pele mais alaranjada do que bronzeada.

Para quem procura uma alternativa neste sentido, que tal conhecer e experimentar essas receitas de suco bronzeador com ingredientes que podem ajudar?

3. Massagens terapêuticas e estéticas

A Gran Oils, empresa que comercializa óleos especiais e vende o óleo de urucum, descreve em seu site que um dos benefícios do óleo de urucum é ser ideal para ser utilizado em massagens terapêuticas e estéticas.

Entretanto, a empresa também adverte que a utilização do óleo de urucum deve ser feita de acordo com a orientação profissional. Portanto, para ter os efeitos desejados e evitar alguma reação adversa perigosa, o mais aconselhável é utilizar o produto sempre de acordo com as orientações do dermatologista ou esteticista.

4. Efeito adstringente

Outro dos potenciais benefícios do óleo de urucum é que ele é composto por propriedades adstringentes, o que pode ser útil para quem sofre com cravos, já que o produto pode evitar a dilatação dos poros.

De acordo com a esteticista especializa no tratamento de acne e pele problemática Angela Palmer, um produto adstringente é aquele que é destinado a remover o excesso de óleo da pele.

No entanto, antes de usar o óleo de urucum no lugar do seu cosmético adstringente, você com certeza vai querer conversar com o seu dermatologista para se certificar de que ele é realmente uma boa escolha para a sua pele e que pode substituir o produto com eficiência.

Até porque o Ministério da Saúde alerta que não existem evidências científicas que comprovem que o óleo de urucum previne, trata ou cura doenças.

O aviso também esclarece que os óleos naturais como o óleo de urucum não são dotados de propriedades medicinais e/ou terapêuticas comprovadas de maneira consistente, que a utilização desses produtos não substitui os tratamentos prescritos ou indicados por um médico ou especialista e que não é recomendada a utilização de óleos naturais sem que haja a orientação e o acompanhamento de um profissional qualificado e confiável.

Além disso, não se deve passar um óleo essencial na pele de qualquer jeito – como ele pode ser altamente concentrado, o produto precisa ser diluído antes em outro para evitar reações adversas. Portanto, siga as instruções do dermatologista e/ou esteticista e da fabricante do óleo de urucum comprado por você.

Aprenda como fazer o seu próprio óleo de urucum caseiro

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de sementes de urucum;
  • 1 xícara de óleo de milho ou de óleo de girassol.

Modo de preparo:

Encher um pote com água, adicionar as sementes de urucum e deixar de molho ao longo de 30 minutos; Passado esse tempo, escorrer e enxugar rapidamente – o objetivo é que as sementes de urucum fiquem apenas úmidas.

Levar metade das sementes de urucum em uma panela com o óleo para aquecer. Quando elas começarem a soltar tinta, acrescentar o restante das sementes e mexer. Assim que o óleo começar a ferver, desligar o fogo e tampar para abafar.

Depois que a mistura esfriar, coar para descartar as sementes de urucum. Após, transferir o óleo para um recipiente hermético (com boa vedação) escuro e de vidro, que esteja bem limpo e seco e tampar bem.

Gostou da ideia de preparar os seus próprios óleos vegetais? Então, que tal aprender também como fazer óleo de coco em casa?

Fontes e Referências Adicionais:

Você já conhecia os benefícios do óleo de urucum? Pretende fazer o seu em casa e aproveitar algum dos usos? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário