Boldenona – O que é, para que serve e efeitos colaterais

Especialista:
atualizado em 08/12/2020

A Boldenona é uma substância com efeitos androgênico e anabólico que foi desenvolvida para uso animal e que não é aprovada para uso em seres humanos. Ainda assim, há quem se arrisque e a utilize com o principal objetivo de aumentar o ganho de massa muscular.

Esse artigo traz informações importantes sobre para que serve a Boldenona, e também sobre a segurança do produto e seus efeitos colaterais.

  Continua Depois da Publicidade  

O que é a Boldenona?

Estrutura química da Boldenona
Estrutura química da Boldenona

A Boldenona é um anabolizante utilizado na veterinária, e nunca foi comercializado ou mesmo recomendado para uso humano.

Ela age aumentando a retenção de nitrogênio, a síntese de proteínas, além de estimular o apetite e a liberação de eritropoietina nos rins. Assim, ela ajuda a aumentar a massa e a força muscular de animais.

Vale ressaltar que o uso da Boldenona em seres humanos é proibido, e pode causar sérios efeitos colaterais, alguns deles potencialmente fatais. A Boldenona é vendida como uma droga veterinária, e seu uso pode inclusive causar dependência física e psicológica.

O uso de Boldenona em humanos é proibido no brasil e em vários outros países. Sua utilização não é autorizada pela Anvisa.

Boldenona emagrece?

Anabolizantes como a Boldenona, levam ao aumento da massa muscular, e a uma maior queima de gordura corporal. Mas ela de forma alguma é indicada para emagrecimento, uma vez que seu uso causa diversos danos à saúde.

Como a Boldenona funciona?

A Boldenona é um esteroide anabolizante de uso veterinário, muitas vezes usados por atletas e fisiculturistas para aumentar o ganho de massa muscular e de força.

E por ser um hormônio androgênico, a Boldenona age aumentando o anabolismo ao mesmo tempo que inibe o catabolismo muscular.

Além disso, outro efeito da Boldenona é o estímulo à produção de eritropoetina, uma substância que aumenta a produção de células vermelhas do sangue

Como usar?

Não existe uma dose segura de Boldenona para humanos, muito menos um esquema de doses adequado (os chamados “ciclos”).

  Continua Depois da Publicidade  

Porém, o que ocorre normalmente é o uso indicado por pessoas que já utilizaram a substância, e, por não terem sofrido efeitos colaterais significativos, consideram a substância como segura.

Principais malefícios para o corpo

Assim como outros esteroides anabolizantes, a Boldenona causa diversos danos ao corpo, como veremos a seguir.

1. Efeitos cardíacos

Diversos estudos mostram que o uso de anabolizantes em geral pode causar o aumento do músculo cardíaco, e consequentemente a perda da capacidade de contração. Isso leva a um quadro de insuficiência cardíaca, que muitas vezes grave e irreversível.

Além disso, outro possível efeito cardiovascular é a hipertensão e alterações nos níveis de colesterol.

2. Masculinização do corpo e mudanças hormonais em mulheres

Outro efeito do uso da Boldenona é o aparecimento de traços masculinos em mulheres, como:

  • Crescimento de pelos indesejados;
  • Engrossamento da voz;
  • Aumento do clitóris.

Além disso, o uso de anabolizantes causa irregularidades no ciclo menstrual, podendo causar esterilidade.

3. Alterações psicológicas

O uso de anabolizantes está associado a algumas alterações comportamentais, já demonstradas em estudos, que estão ligadas principalmente ao excesso de testosterona e seus análogos.

Entre as essas alterações, a mais comuns são:

  Continua Depois da Publicidade  

  • Agressividade;
  • Irritabilidade;
  • Ansiedade;
  • Mudanças do humor, como mania e euforia;
  • Insônia;
  • Desinibição;
  • Depressão.

Em alguns casos mais graves, pode ocorrer episódios de agressão física e mesmo suicídio.

4. Pele oleosa e acne

Este talvez seja o efeito mais comum, e até mesmo esperado do uso de anabolizantes.

Isso acontece porque o estímulo dos receptores de testosterona acaba levando ao aumento das glândulas sebáceas, e consequentemente ao aumento da oleosidade da pele e ao aparecimento da acne.

5. Mudanças hormonais, em homens

Como a Boldenona é uma substância com estrutura parecida com a testosterona, seu uso pode causar a supressão da produção testosterona.

Isso acontece porque o corpo entende que não precisa mais produzir o hormônio, uma vez que já há uma grande quantidade dele na corrente sanguínea.

Outro efeito relacionado aos hormônios é a calvície masculina, que é causada por uma “versão” da testosterona. Então, o uso de anabolizantes pode acelerar e intensificar o processo de calvície.

Além disso, por alterar o equilíbrio hormonal, a Boldenona pode levar a disfunções sexuais e infertilidade masculina.

6. Danos ao fígado

Estudos mostram que o uso de esteroides anabolizantes, como a Boldenona, pode causar danos ao fígado.

Esse efeito é potencializado pelo uso de combinações de anabolizantes, que é uma prática bastante comum entre usuários desse tipo de substância.

Os danos mais comumente encontrados no fígado são:

  • Colestase intra-hepática;
  • Hepatite;
  • Adenoma e carcinoma hepatocelular.

7. Danos ao rim

O uso de anabolizantes está associado ao desenvolvimento de doenças renais de gravidades variadas, podendo ir desde uma alteração leve da função renal até a insuficiência renal crônica, inclusive com necessidade de hemodiálise.

Vale a pena usar a Boldenona?

Não. Além de todos os malefícios a saúde já citados no artigo, o uso da Boldenona é ilegal, podendo inclusive prejudicar a carreira atlética da pessoa.

O ideal, para quem quer ganhar massa muscular de forma saudável, é investir em uma rotina adequada de exercícios e uma alimentação equilibrada e saudável. Além disso, pode-se aliar o uso de suplementos alimentares, como a albumina ou o whey protein.

Fontes e Referências Adicionais

Você já ouviu falar dos usos da boldenona e conhece alguém que se arriscou? Ficou com alguma dúvida a respeito do anabolizante? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (68 votos, média: 3,94 de 5)
Loading...
Sobre Dr. Alexandre Seraphim

Dr. Alexandre Seraphim é Nutrologista - CRM 52.978779. Formou-se médico pela Universidade do Grande Rio e é pós-graduado em Nutrologia pela Associação Brasileira de Nutrologia. Possui diversos cursos na área de emagrecimento, hipertrofia e medicina ortomolecular que o qualificam ainda mais como um grande especialista da área. Atualmente, exerce sua especialidade em uma clínica localizada na Barra da Tijuca e também em Bangu, ambas no Rio de Janeiro. Para mais informações, entre em contato com ele em sua conta oficial no Instagram (@dr.alexandre.seraphim).

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário