Dor nos ossos – Causas e como tratar

Especialista da área:
atualizado em 30/03/2021

Às vezes confundida com dor muscular ou nas articulações, a dor nos ossos incomoda muito. Confira então as causas e como tratar.

  Continua Depois da Publicidade  

Os ossos são fundamentais para nossa mobilidade. Por isso, a dor nos ossos pode prejudicar muito as tarefas simples do nosso dia a dia – como caminhar, por exemplo.

É importante avaliar e tratar o sintoma, principalmente se você já tem a osteoporose

Como a dor nos ossos é geralmente sintoma de algum outro problema, é importante ficar ligado em outros sinais do corpo para ajudar no diagnóstico médico, como por exemplo:

  • Perda de peso;
  • Cãibras musculares;
  • Fadiga;
  • Dor nas costas;
  • Deformidades;
  • Dor muscular;
  • Febre;
  • Dor nas articulações.

Veja então quais são as causas da dor nos ossos e como deve ser o tratamento.

Causas de dor nos ossos

dor no pulso

Na maioria dos casos, sentir dor nos ossos não costuma indicar nada grave. Aliás, a dor nos ossos pode ser até um sinal de gripe em algumas pessoas.

Outras possíveis causas são:

Fratura óssea

Uma lesão que leva a uma fratura óssea pode causar bastante dor. Mas nem sempre a fratura é visível. Por isso, é bom ficar atento a sintomas como:

  • Inchaço;
  • Sensibilidade;
  • Mobilidade limitada.

Anemia falciforme

A anemia falciforme é uma doença que afeta o suprimento de sangue para os ossos. Quando não tratada, a condição pode levar o tecido ósseo à morte devido à falta de sangue.

Além de causar dor, isso deixa o osso mais fraco e suscetível a fraturas.

  Continua Depois da Publicidade  

Osteoporose

A osteoporose é uma doença resultante da falta de cálcio e de vitamina D no organismo. Essa deficiência nutricional deteriora os ossos e pode causar dor em algumas pessoas.

Infecção

Neste caso, uma infecção causada por bactérias chamada de osteomielite pode estar por trás da dor nos ossos. De fato, essa infecção é bastante grave e pode eliminar células ósseas, causando dor.

Metástase óssea

Raramente, a dor óssea pode ser um sinal de câncer. Mais especificamente, a dor nesse caso indica que o câncer de um outro local sofreu uma metástase e se espalhou para os ossos.

Alguns tipos de câncer que podem se espalhar para o osso são o câncer de:

  • Pulmão;
  • Mama;
  • Tireoide;
  • Próstata;
  • Rim.

Leucemia

A leucemia é um tipo de câncer que afeta a medula óssea. É ela quem produz as células ósseas do nosso corpo. Por isso, as pessoas com leucemia podem sentir dores nos ossos com frequência.

Câncer ósseo

Por fim, também existe o risco de um câncer no próprio osso causar a dor. Mas esse tipo de câncer é bem mais raro do que o câncer metastático.

Como tratar a dor nos ossos

dor no osso do joelho

Outras causas possíveis e que não devem ser descartadas no diagnóstico são:

  • Doenca de Paget;
  • Osteomalacia;
  • Osteoartrite;
  • Mieloma múltiplo.

Certamente, o tratamento depende da causa da dor. Por isso, obter um bom diagnóstico é indispensável.

  Continua Depois da Publicidade  

Se houver uma fratura, por exemplo, é necessário imobilizar o local da lesão e iniciar o tratamento. De fato, um osso quebrado precisa de imobilização com auxílio de tala ou gesso, além de medicamentos para aliviar a dor.

No entanto, nos outros casos, é preciso adotar o tratamento para doenças específicas.

Analgésicos

Analgésicos, anti-inflamatórios ou corticosteroides podem ser prescritos para aliviar a dor nos ossos.

No entanto, eles não tratam a causa. Ou seja, eles servem apenas como um alívio sintomático enquanto o seu médico termina o diagnóstico – ou então funcionam como um complemento ao tratamento principal.

Por isso, visitar um médico para relatar a sua dor e fazer exames é tão importante.

Antibióticos

Se uma infecção for constatada, o médico pode indicar antibióticos para acabar com a infecção, como por exemplo:

  • Ciprofloxacina;
  • Vancomicina;
  • Clindamicina.

Suplementos

Dependendo da causa, o médico pode indicar alguns suplementos nutricionais como a vitamina D e o cálcio, por exemplo.

De fato, eles ajudam a tratar deficiências nesses nutrientes além de fortalecer os ossos contra doenças como a osteoporose.

Imobilização óssea

Quando um osso quebrado é a causa da dor, é necessário imobilizar o local com uma tala ou gesso.

No entanto, é o médico quem vai decidir quanto tempo deve durar a imobilização até que seu osso se recupere por completo.

Tratamento para câncer

Apesar de ser menos comum, o câncer pode ser a causa da dor nos ossos.

Nesses casos, o tratamento pode incluir uma combinação de cirurgia, radioterapia e quimioterapia, além de medicamentos para dor.

Cirurgia para dor óssea

Há vários casos em que uma cirurgia pode ser necessária, como por exemplo:

  • Reparo de ossos quebrados;
  • Remoção de parte de ossos que sofreram necrose;
  • Substituição de articulações;
  • Remoção de tumores.

É possível prevenir a dor óssea?

Por fim, se você já tem um problema de saúde responsável pela dor, não é possível prevenir. Mas, uma vez que o problema foi tratado, você pode preservar a sua saúde óssea por meio das seguintes dicas:

  1. Fazer atividades físicas regularmente;
  2. Obter quantidades suficientes de cálcio e de vitamina D através da dieta ou de suplementos;
  3. Evitar o cigarro;
  4. Ingerir bebidas alcoólicas com moderação.

Certamente, ao seguir essas dicas de prevenção, você evita não apenas problemas ósseos como também outras condições de saúde.

Vídeo

Aliás, se você sofre muito com dores no joelho, veja no vídeo abaixo as dicas da nutricionista sobre o que fazer para aliviar essa dor.

Fontes e Referências Adicionais

Você já sentiu algum desconforto nos ossos? Comente então abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dr. João Hollanda

Dr. João Hollanda é Médico Ortopedista - CRM-SP 113136. Formou-se pela Santa Casa de São Paulo, com especialização em cirurgia do joelho. É também médico da Seleção Brasileira de Futebol Feminino desde 2016 e médico voluntário do Grupo de Traumatologia do Esporte da Santa Casa de São Paulo desde 2010. Tem experiência de trabalho prévio com a Confederação Brasileira de Vela, Cisne Negro Companhia de Dança, Escola de Dança do Teatro Municipal de São Paulo, Equipe de Ginástica Artística de Guarulhos. Já trabalhou como Médico nos Jogos Panamericanos Rio 2007, e foi Médico do Time Brasil para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Trabalhou junto a organização Médicos Sem Fronteiras no Afeganistão e no Haiti, e junto a organização Expedicionários da Saúde no Haiti. Dr. João Hollanda é uma referência profissional em sua área e autor de artigos científicos. Você pode entrar em contato com o Dr. João através de seu site.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário