Gliconeogênese – O que é e para que serve

Especialista da área:
atualizado em 08/02/2021

A gliconeogênese é um mecanismo muito importante para a perda de peso. Entenda então o que é e para que serve esse processo do organismo.

  Continua Depois da Publicidade  

Em uma dieta low carb, a produção de energia só acontece por causa da gliconeogênese. Aliás, o processo é bem parecido com o que acontece no estado de cetose.

Além disso, é esse processo que permite que você queime mais gordura e potencialize seu emagrecimento. 

Veja então o que fazer para induzir a gliconeogênese no seu organismo. 

Gliconeogênese – O que é?

A gliconeogênese ou neoglicogênese é o processo de produção de glicose na ausência de carboidratos. Todo o processo ocorre no fígado, mas parte dele também pode ocorrer nos rins.

Logo após a sua produção, a glicose vira uma fonte de energia para suas tarefas cotidianas e também para suas funções vitais.

De fato, a gliconeogênese é muito interessante para quem está seguindo uma dieta com restrição de carboidratos. Isso porque, geralmente, a glicose é produzida a partir de um carboidrato. Mas, na ausência dele, a glicose também pode ser produzida a partir de outras fontes como:

  • Gordura da dieta ou do tecido adiposo;
  • Proteínas da dieta ou dos músculos.

Isto é, durante a gliconeogênese, o corpo consegue transformar os ácidos graxos (gordura) e os aminoácidos em glicose para que não te falte energia.

Aliás, a gliconeogênese costuma ocorrer também quando o corpo está em jejum. Assim, ao seguir uma dieta cetogênica ou praticar o jejum intermitente, seu organismo provavelmente está fazendo neogliconeogênese.

Como ocorre a gliconeogênese

Do ponto de vista metabólico, a gliconeogênese acontece quando não existe muita glicose no sangue e nem uma fonte de carboidrato. Dessa forma, para que os níveis de açúcar no sangue não caiam muito, o corpo encontra outra forma de produzir energia.

  Continua Depois da Publicidade  

A saber, os carboidratos são queimados e liberam glicose, que é aproveitada pelo sangue como fonte de energia para todas as células. No entanto, quando a dieta é pobre em carboidratos, o corpo usa outros nutrientes – como os triglicerídeos ou as proteínas – para gerar glicose.

Quem regula todo esse processo é o hormônio insulina, que avisa ao corpo quando é hora de produzir mais ou menos energia a fim de manter a glicemia sob controle.

Para que serve

perda de peso

Como você já deve suspeitar, a gliconeogênese serve para não deixar seu corpo sem energia mesmo quando você está há muito tempo sem ingerir carboidrato.

Em resumo, a gliconeogênese serve para manter os níveis de açúcar estáveis no sangue, mesmo na ausência de carboidratos.

Além disso, esse mecanismo é uma ótima forma de queimar gordura – desde que você tenha uma ingestão adequada de proteínas e de gorduras.

Por usar outras fontes de energia diferentes de carboidratos, a gliconeogênese pode te ajudar a:

  • Perder peso;
  • Queimar os estoques de gordura;
  • Construir massa muscular.

Os fatores que estimulam a gliconeogênese e que, portanto, podem fazer você emagrecer mais incluem:

  • Períodos de jejum prolongado;
  • Exercício físico prolongado;
  • Período de sono;
  • Dieta low carb e rica em proteína;
  • Situações de estresse.

Isso acontece porque nas situações acima, o corpo tem um baixo estoque de glicose e precisa de outras fontes para manter estáveis os níveis de energia.

  Continua Depois da Publicidade  

Apesar de ser um processo bastante eficaz para a perda de peso, é importante não estimular a gliconeogênese sem antes consultar um médico. Embora seja eficaz, trata-se de um mecanismo que gera muito estresse para o corpo se praticado a longo prazo.

Sendo assim, é importante ter o acompanhamento de um médico se o seu objetivo é usar a gliconeogênese como parte do seu plano de emagrecimento.

Fontes e Referências Adicionais

Você já sabia da importância da gliconeogênese para a perda de peso? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dr. Alexandre Seraphim

Dr. Alexandre Seraphim é Nutrologista - CRM 52.978779. Formou-se médico pela Universidade do Grande Rio e é pós-graduado em Nutrologia pela Associação Brasileira de Nutrologia. Possui diversos cursos na área de emagrecimento, hipertrofia e medicina ortomolecular que o qualificam ainda mais como um grande especialista da área. Atualmente, exerce sua especialidade em uma clínica localizada na Barra da Tijuca e também em Bangu, ambas no Rio de Janeiro. Para mais informações, entre em contato com ele em sua conta oficial no Instagram (@dr.alexandre.seraphim).

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário