Jiaogulan – Benefícios, para que serve e efeitos colaterais

Especialista da área:
atualizado em 22/12/2020

A jiaogulan (Gynostemma pentaphyllum) é uma planta videira trepadeira que faz parte da mesma família de alimentos como pepinos e melões. Além disso, ela é originária das regiões montanhosas do Sul da China e de outras localidades da Ásia.

  Continua Depois da Publicidade  

A planta até tem um histórico de ser utilizada na medicina tradicional chinesa. Entretanto, inicialmente usava-se as suas folhas na alimentação, sozinhas ou em receitas de saladas.

Há ainda o chá com as folhas da jiaogulan, que apresenta um sabor ligeiramente agridoce.

Para que serve: os benefícios associados à jiaogulan realmente têm fundamento?

1. Diabetes

Benefícios jiaogulan diabetes

Um pequeno teste clínico divulgado em 2010 na Hormone and Metabolic Research administrou chá de jiaogulan ou chá de placebo (substância neutra e sem efeitos) ao longo de 12 semanas a pacientes diabéticos.

Os resultados relevaram que aqueles que receberam o jiaogulan experimentaram uma melhora maior nos níveis de açúcar no sangue e na sensibilidade à insulina ao término do estudo. A resistência à insulina costuma estar associada a um quadro de diabetes.

Além disso, o site WebMD relatou que estudos iniciais apontaram que tomar chá de jiaogulan duas vezes por dia ao longo de quatro semanas diminuiu os níveis de açúcar em jejum e melhorou a sensibilidade à insulina em pessoas com diabetes.

Entretanto, a publicação alertou que as evidências a respeito da efetividade do uso da planta ainda são insuficientes.

Ou seja, ainda não dá para assegurar que a jiaogulan seja capaz de beneficiar qualquer diabético. Portanto, se você sofre com a doença, só use a planta depois de ter uma longa conversa com o seu médico e receber a autorização para testá-la durante o tratamento.

2. Estresse

Uma pesquisa em animais apontou que a jiaogulan pode auxiliar a proteger contra distúrbios de ansiedade associados ao estresse.

Os autores do estudo, divulgado na publicação Molecules em 2013, indicaram que em testes feitos em ratos a planta ajudou a inibir a ansiedade induzida pelo estresse.

  Continua Depois da Publicidade  

A suspeita é que isso ocorreu por meio da influência da jiaogulan na atividade de células cerebrais que participam da regulação do humor.

Mas atenção! Observe que a pesquisa ocorreu em animais, não em seres humanos. Portanto, não temos como garantir que o mesmo efeito seja observado de maneira segura em pessoas.

Assim, jamais use a planta dentro do seu tratamento de distúrbio de ansiedade relacionado ao estresse sem antes consultar o médico, psicólogo e/ou psiquiatra que te acompanha.

3. Asma

Benefícios jiaogulan asma

Um estudo de 2008 que saiu no American Journal of Chinese Medicine analisou os efeitos da jiaogulan em ratos e indicou que a planta auxiliou a diminuir a inflamação nas vias respiratórias associada à asma.

Entretanto, mais uma vez precisamos ressaltar que a pesquisa em questão ocorreu em ratos, não em seres humanos.

Ou seja, quem sofre com a asma só pode usar a planta para lidar com a condição quando o médico autorizar e sempre conforme as instruções do profissional.

4. Doença hepática gordurosa não alcoólica

Um estudo que saiu na Alternative Therapies in Health and Medicine apontou que a jiaogulan pode contribuir com o tratamento da doença hepática gordurosa não alcoólica.

No entanto, o site WebMD avisou que experimentos iniciais mostraram que usar a planta oralmente três vezes por dia ao longo de quatro meses não melhora a função hepática.

  Continua Depois da Publicidade  

Isso também não melhora o índice de massa corporal, os níveis de colesterol, a função renal ou o açúcar sanguíneo em pessoas com a doença hepática gordurosa não alcoólica.

De acordo com a publicação, as evidências a respeito da utilização da jiaogulan neste sentido são insuficientes.

Assim, quem sofre com a condição precisa seguir direitinho o tratamento que o médico recomendou. Só deve-se usar uma planta como a jiaogulan para auxiliar a lidar com a doença quando e conforme o profissional autorizar.

É cedo para recomendar a jiaogulan no tratamento de qualquer condição

De acordo com especialistas, as pesquisas sobre a planta ainda são limitadas. Por isso, a recomendação de conversar com o médico antes de começar a utilizar a planta serve para qualquer pessoa, não apenas para os casos acima.

Também é importante notar que auto tratar uma condição e evitar ou atrasar o cuidado padrão pode ter consequências sérias. Se você considera usar a jiaogulan para qualquer propósito relacionado à saúde, consulte o médico antes.

Até porque ela pode trazer efeitos colaterais

De acordo com o site WebMD, a planta pode provocar as seguintes reações adversas:

  • Náusea;
  • Aumento dos movimentos intestinais;
  • Inibição da coagulação sanguínea. Isso pode agravar os distúrbios hemorrágicos e a torna potencialmente perigosa para as pessoas que sofrem com condições que afetam o sangue e/ou tomam medicamentos anticoagulantes ou antiplaquetários;
  • Possíveis malformações congênitas. A planta é possivelmente insegura quando na gestação porque uma de suas substâncias químicas já foi associada a este efeito colateral.

Se você passar mal depois de usar a jiaogulan, procure rapidamente o auxílio médico, mesmo que julgue não se tratar de um problema muito grave.

Isso é importante para checar a real seriedade do sintoma em questão, receber o tratamento necessário e saber se pode ou não continuar a utilizar a planta.

Contraindicações e outros cuidados com a jiaogulan

A planta tem possíveis efeitos colaterais em relação à coagulação sanguínea, podendo aumentar os riscos de sangramento durante e depois de uma operação. Assim, é fundamental evitar usá-la ao menos duas semanas antes da data de uma cirurgia.

Como não se conhece o suficiente a respeito da segurança da jiaogulan durante a amamentação, recomenda-se que as mulheres que amamentam evitem o uso da planta.

Ela também não é indicada para pessoas que sofrem com doenças autoimunes. Por exemplo, esclerose múltipla, lúpus e artrite reumatoide. Isso porque pode fazer o sistema imunológico ficar mais ativo, podendo aumentar os sintomas dessas condições.

Quem utiliza qualquer medicamento, suplemento ou planta precisa perguntar ao médico se não faz mal usar a jiaogulan ao mesmo tempo em que a substância em questão.

Também é o médico quem deve definir qual a dosagem máxima, frequência e duração máxima de uso da planta. Isso conforme as especificidades, restrições e necessidades de cada paciente.

Tome cuidado caso encontre algum suplemento ou extrato de jiaogulan e consulte o médico antes de começar a usar o produto.

Peça que ele verifique os componentes da fórmula e pergunte se o produto não traz doses excessivas e potencialmente perigosas da planta.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já conhecia a jiaogulan? Já chegou a usar a planta? Conte para nós nos comentários!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário