Lipless Emagrece Mesmo?

Especialista:
atualizado em 17/03/2017

Fabricado pelo laboratório Biolab, Lipless é um medicamento de uso oral e adulto e que pode ser encontrado em embalagens contendo 30, 60 ou 90 comprimidos. Sua comercialização é permitida somente mediante a apresentação de receita médica.

O medicamento é indicado como um auxiliar à dieta, prática de atividades físicas e processo de diminuição de peso no tratamento de hipertrigliceridemia severa isolado – elevação de gordura no sangue – e de hiperlipidemia mista – que é o aumento de colesterol no sangue.

Para a última condição, Lipless é utilizado quando uma estatina, que é um remédio utilizado para reduzir as taxas de colesterol sanguíneas, ou outro tratamento considerado eficiente para combater a doença é contraindicado.

Lipless emagrece mesmo?

Não há na bula do medicamento nenhum indicativo de que Lipless emagrece, o que indica que o remédio não traz esse efeito, pelo menos não diretamente.

Entretanto, como acabamos de aprender, recomenda-se que ele seja utilizado dentro do contexto de um regime voltado para a perda de peso, acompanhado de uma dieta e da prática de atividades físicas.

Esses hábitos podem resultar em uma diminuição na ingestão calórico e uma elevação na quantidade de calorias eliminadas pelo corpo, que resultam justamente no emagrecimento. Assim, se a perda de peso for observada durante o tratamento, é de se esperar que ela esteja associada a esses hábitos, mesmo que para algumas pessoas possa parecer equivocadamente que o Lipless emagrece.

É possível encontrar relatos de pessoas que afirmaram ter emagrecido ao fazer uso de Lipless. Uma das usuárias contou que saiu dos 62 kg para os 49 kg, porém, admitiu que na época em que experimentou esse emagrecimento, praticava exercícios físicos, o que pode ser o que influenciou a perda de peso.

Outro internauta que afirmou ter emagrecido ao usar o medicamento contou que no início da utilização perdeu peso. Porém, ele associou o fato a outras patologias que tinha e revelou que voltou a engordar, algo que relacionou aos seus problemas na tireoide.

Logo, se você pensa em usar o medicamento para emagrecer, pode não ser o que realmente deseja. Não somente pelo fato de não existir a garantia de que o Lipless emagrece, mas também porque ele causa efeitos colaterais e é contraindicado para uma série de casos, como veremos mais abaixo.

Além disso, ele não foi desenvolvido para a perda de peso e isso já é motivo suficiente para que não seja utilizado para esse propósito.

Efeitos colaterais de Lipless 

Então, agora vamos conhecer uma série de efeitos colaterais que estão associados ao uso do medicamento:

  • Cansaço;
  • Erupção cutânea;
  • Perda de cabelos ou pelos;
  • Urticária;
  • Sensibilidade à luz;
  • Coceira;
  • Eczema – inflamação na pele caracterizada por vermelhidão, escamosidade e, em alguns casos, rachaduras e pequenas bolhas;
  • Dor muscular;
  • Miopatia – doença muscular;
  • Doença inflamatória dos músculos;
  • Destruição das células musculares;
  • Náusea;
  • Vômito;
  • Diarreia;
  • Dor de cabeça;
  • Vertigem;
  • Tontura;
  • Sonolência;
  • Indigestão;
  • Dor abdominal;
  • Anormalidade em testes de função hepática;
  • Diminuição do fluxo biliar;
  • Quebra de células;
  • Formação de cálculos biliares;
  • Pneumonite – inflamação nos pulmões;
  • Fibrose pulmonar;
  • Disfunção erétil.

Ao experimentar uma ou mais das reações adversas mencionadas na lista acima, a recomendação é que você procure o médico que indicou a utilização do medicamento e informe a ele a respeito do problema. Isso é importante para saber como proceder e se o uso de Lipless deve ou não ser interrompido.

Contraindicações de Lipless 

De acordo com a bula do medicamento, Lipless não deve ser utilizado por crianças, mulheres que estejam grávidas ou se encontrem em processo de amamentação de seus bebês. O remédio ainda não deve ser consumido por indivíduos diagnosticados com insuficiência hepática severa ou insuficiência renal grave.

Pessoas que possuem hipersensibilidade ao ciprofibrato, que é o princípio ativo do medicamento, ou qualquer outro dos componentes da fórmula, também são orientadas a não usarem o produto.

Devido ao fato de possuir a lactose em sua composição, Lipless não é indicado ainda para indivíduos que sofrem com deficiência de lactase, galactosemia – incapacidade por parte do organismo de metabolizar a galactose (um açúcar simples) em glicose – ou síndrome da má absorção de glicose e galactose.

Quem faz uso de outros medicamentos da classe dos fibratos, tais como clorfibrato, bezafibrato, genfibrozila e fenofibrato, também faz parte do grupo de pacientes para os quais a aplicação do medicamento é contraindicada.

Aliás, já que estamos falando de interações com outros remédios, ao receber a prescrição por parte do médico de utilizar o Lipless, é fundamental que o paciente informe ao profissional a respeito de qualquer outro tipo de remédio que esteja tomando. Assim, o doutor poderá determinar a existência da possibilidade de interação ou não entre as substâncias.

Como usar – posologia

Ao receber a indicação de tomar Lipless, o paciente deve obedecer as instruções passadas pelo profissional a respeito da dosagem diária.

Ainda assim, vale a pena saber que a bula orienta não ultrapassar a dosagem de um comprimido de 100 mg por dia, que deve ser acompanhado de líquido na hora da ingestão.

Para pessoas que sofrem com insuficiência renal moderada, a dose de um comprimido não deve ser tomada diariamente, mas sim em dias alternados, sempre de acordo com as recomendações do médico.

Você conhece alguém que tenha utilizado este medicamento e afirme que o Lipless emagrece? Já pensou em experimentar esse medicamento, mesmo sabendo que essa não é sua indicação? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (74 votos, média: 4,11 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário