Os melhores exercícios pós-parto cesária

Especialista:
atualizado em 18/01/2021

Confira uma lista com os melhores exercícios pós-parto cesária para que você que passou por uma cesariana inicie a sua recuperação com segurança.

Ao mesmo tempo em que dar à luz uma criança é um sonho, o momento também é bem delicado, uma vez que um parto, seja ele normal, seja cesariano, causa muitos impactos ao corpo da mulher.

  Continua Depois da Publicidade  

Por isso, além de se preocupar em cuidar do seu bebê, a nova mamãe precisa cuidar de si mesma. Para quem teve uma cesariana, estes exercícios pós-parto cesária podem ajudar, desde que sejam feitos com segurança, quando e como o médico autorizar.

Afinal, se existe a preocupação com a segurança dos treinos como a musculação na gravidez, também deve-se preocupar com a segurança das atividades físicas no pós-parto, não é mesmo?

Bons exercícios pós-parto cesária

Antes de conhecermos algumas das alternativas de exercícios pós-parto cesária, precisamos deixar alguns alertas. O primeiro é que a mulher só deve começar a fazer esses movimentos depois de dar à luz por meio de uma cesariana quando o médico autorizar.

Uma cesária exige um tempo de recuperação porque é uma grande cirurgia e, da mesma forma que ocorre com qualquer cirurgia, o corpo necessita de tempo para se recuperar.

A mulher pode precisar ficar entre três a quatro dias no hospital após o parto e o seu corpo pode precisar de seis semanas para se curar por completo.

Entretanto, é o médico que acompanha cada mamãe quem pode determinar quando ela está apta para voltar a se exercitar, trabalhar e dirigir.

Além disso, também é importante que a atividade física seja acompanhada por um educador físico ou fisioterapeuta especializado e qualificado para orientar a prática de exercícios pós-parto.

Uma vez que as advertências foram registradas, vamos conhecer algumas opções de bons exercícios pós-parto cesária:

  Continua Depois da Publicidade  

1. Caminhada leve

Embora os exercícios extenuantes devam ser evitados, o movimento de uma caminhada leve pode ajudar o corpo da mulher a se curar, prevenir a prisão de ventre e os coágulos sanguíneos. Além disso, pode ser uma forma de introduzir o mundo exterior ao novo neném.

2. Exercício de respiração pela barriga

Como fazer: deitar-se de costas em um sofá ou cama confortável. Colocar ambas as mãos na barriga e relaxar o corpo. Então, respirar fundo pelo nariz, de modo que sinta o abdômen expandir sobre as mãos.

Em seguida, o próximo passo é exalar o ar pela boca. Enquanto faz isso, levar o umbigo em direção à coluna, contraindo os músculos abdominais. Segurar a posição por três segundos.

2. Kegel sentada

Como fazer: sentar-se na beira de uma cadeira e posicionar os pés no chão.

Contrair os músculos do assoalho pélvico, como se estivesse tentando segurar o fluxo da urina, como se estivesse fechando todas as aberturas da vagina, ânus e uretra, como se estivesse levantando-as da cadeira.

Segurar a contração o máximo que conseguir: a dica é começar segurando por cinco segundos e gradualmente aumentar esse tempo. Então, respirar fundo, exalar totalmente o ar e relaxar a contração.

Aliás, uma curiosidade: você sabia que os exercícios kegel fazem parte do grupo de exercícios que podem melhorar a vida sexual, além de poder aparecer na prevenção ou tratamento da diástase abdominal?

3. Ponte

Ponte para glúteos

Como fazer: deitar-se de costas em um colchonete de exercícios, dobrar os joelhos, deixar as pernas separadas em uma distância equivalente à largura dos quadris e estender os braços na vertical ao lado do corpo.

  Continua Depois da Publicidade  

Então, lentamente levantar o bumbum e as costas do chão. Por fim, retornar ao posicionamento original.

4. Deslize de perna

Deslize de pernas

Como fazer: deitar-se de costas, dobrar as pernas, puxar a barriga para dentro e apertar os músculos do assoalho pélvico. Em seguida, gentilmente deslizar uma perna para fora, deixando-a reta como na imagem acima. Repetir então o mesmo com a outra perna.

5. Queda de joelhos

Queda de joelhos

Como fazer: deitar-se de costas, dobrar os joelhos, puxar a barriga para dentro e apertar os músculos do assoalho pélvico. Enquanto mantém a pélvis imóvel e a barriga para dentro, deixar que os joelhos caiam para um dos lados.

Lentamente, devolver então os joelhos para dentro e repetir o movimento para o outro lado.

6. Exercício da amêijoa

Exercício da amêijoa

Como fazer: deitar-se de lado, dobrar os joelhos e deixar os pés juntinhos. Puxar então a barriga para dentro e apertar os músculos do assoalho pélvico. Levantar a perna de cima, separando os joelhos, mas mantendo os pés juntos.

Enquanto faz isso, manter a pélvis imóvel durante todo o tempo. Segurar a posição por cinco segundos e retornar devagar à posição inicial. Em seguida, virar cuidadosamente para o outro lado e repetir o movimento com a perna oposta.

7. Exercício para músculos separados da barriga

Primeiramente, este movimento serve apenas para quando houver uma abertura de dois dedos ou mais nos músculos da região da barriga. Durante a gravidez, os músculos abdominais são esticados e, na maioria das mulheres, eles se separam, formando uma espécie de abertura.

Normalmente, essa lacuna é de aproximadamente 5 cm e resolve após o parto. Entretanto, em alguns casos uma abertura de 2 cm pode persistir, podendo resultar na diminuição da força, incontinência e dor, uma vez que os músculos da região da barriga são responsáveis por dar suporte aos órgãos pélvicos e às costas.

Se depois de seis semanas, a mulher apresentar uma abertura de 2 cm ou mais nos músculos abdominais, o médico deverá ser consultado. Ele poderá indicar uma fisioterapia pós-parto, que poderá incluir o exercício pós-parto que vamos conhecer agora.

Como fazer: deitar-se se costas e dobrar os joelhos. Em seguida, enrolar um lenço ao redor da cintura, atravessando a região do estômago. Enquanto exala o ar, levantar a cabeça, ao mesmo tempo em que puxa as pontas do lenço, para dar suporte aos músculos da região da barriga no meio, como na imagem acima.

Então, retornar ao posicionamento deitado inicial.

Fontes e Referências Adicionais

Você já conhecia esses exercícios pós-parto cesária? Pretende experimentar algum? Então, comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Francisco Santana

Francisco José Santana é Personal Trainer - CREF 1859 G/SE. Formado pela Univer Cidade RJ 2007, com certificação CORE360º treinamento funcional, Certificação Internacional FNS I e II em avaliação funcional, especializações em suplementação nutricional esportiva, Crosstraining - Scientific Sport, Cineantropometria aplicada, Primeiras ações em emergência, Prevenção de Doenças Laborais, Musculação, Ginástica Corretiva, Spinning (Johnny G), Técnica de Tecidos Moles - Miofacial, e Inteligência Emocional - ASICC

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário