Pantogar Funciona? Antes e Depois, Efeitos Colaterais, Como Tomar, Composição e Mais

O aumento do estresse, a baixa qualidade da alimentação e o uso abusivo de substâncias químicas podem danificar os cabelos e gerar problemas como a queda de cabelo difusa. Existem diversos tipos de medicamentos e tratamentos no mercado que podem ajudar a combater este problema e também auxiliar na melhoria do aspecto e da nutrição capilar.

Vamos conhecer um dos mais populares medicamentos para a queda de cabelo difusa, entender se o Pantogar funciona realmente, como tomar e conhecer os possíveis efeitos colaterais do seu uso.

O que é o Pantogar e para que serve?

O Pantogar é um medicamento que atua como um complexo de vitaminas e minerais mais indicado para a queda do cabelo difusa, para os casos de perda generalizada de cabelo e também é indicado para os problemas estruturais das unhas.

Este medicamento é bastante utilizado por quem tem calvície, promovendo o aumento da produção do cabelo através da quantidade de vitaminas e minerais que possui em sua composição.

A queda de cabelo difusa é um problema que acontece em função de um desequilíbrio entre a fase de crescimento, também chamada de anágena, e a fase de queda dos fios, também chamada de telógena. Esta interrupção brusca da fase de crescimento dos fios é causada por diversos fatores e leva os folículos a entrarem na fase catágena (fase de transição entre a atividade do folículo e a raiz do cabelo), seguida por uma fase de queda. Esta fase de perda de cabelos normalmente representa em torno de 10% dos fios, porém, quando existe um desequilíbrio, esta queda pode atingir até 30% dos fios de cabelos.

Este problema pode estar associado a diversas causas, entre elas problemas hormonais (hipotireoidismo, hiperprolactinemia, pausa na utilização de contraceptivos), problemas relativos à nutrição (falta de vitaminas e minerais no organismo), algumas doenças (infecções, febres, diabetes, doenças crônicas, reumatismo), reações a outros medicamentos (antibióticos, anticoagulantes, antifúngicos, anti-hipertensivos), entre muitas outras causas.

Alguns traumas físicos causados por fraturas ou cirurgias, os problemas psíquicos (ansiedade, depressão, estresse psicoemocional) também podem ser fatores causadores da queda de cabelo difusa. Durante a gravidez, por exemplo, em função da alta quantidade de nutrientes necessários para o crescimento do bebê, muitas mulheres podem apresentar uma queda expressiva dos fios, devido a uma deficiência de vitaminas e minerais, além das alterações hormonais.

O aumento dos níveis de estresse e o desequilíbrio do organismo em função de mudanças severas na alimentação (dietas restritivas, cirurgias bariátricas) também são fatores causadores da queda de cabelo, assim como a queda causada pela utilização de produtos químicos geralmente em função de tratamentos de beleza, como as colorações, os alisamentos, o uso abusivo de substâncias químicas, entre outros.

O Pantogar funciona realmente?

O exame físico realizado através de um médico é muito importante para o correto diagnóstico do problema de queda de cabelo, que também pode apresentar outras condições capilares, tais como a caspa, as dermatites ou seborreia. Outros exames também devem ser realizados para que se verifique outras causas na história clínica do paciente e possíveis alterações nutricionais e hormonais.

Entre os muitos medicamentos utilizados para este problema está o Pantogar, que apresenta excelentes resultados antes e depois do uso.

O Pantogar funciona ajudando a restaurar o equilíbrio entre as fases de crescimento e de queda dos cabelos, promovendo o crescimento dos fios prematuros. Além disso, ele ajuda a fortalecer os cabelos e unhas, principalmente quando estas estão fracas e quebradiças, aumentando a resistência dos mesmos e evitando a quebra e a queda dos fios.

O tempo de tratamento com este medicamento pode variar entre 3 e 6 meses, avaliando-se o antes e depois para que se defina o período correto de uso.

O medicamento Pantogar possui altas doses de queratina, cistina, pantotenato de cálcio, tiamina, de ácido para-aminobenzoico e também de levedura em sua composição, funcionando como um estimulante ao crescimento dos fios, através da adequada nutrição da raiz capilar, além de ajudar a reduzir a queda dos fios prematuramente.

Veja algumas das propriedades das substâncias presentes na composição deste medicamento e entenda melhor como o Pantogar funciona, trazendo inúmeros resultados:

– Vitamina B1

A vitamina B1 é também conhecida como tiamina e faz parte das vitaminas do complexo B. Ela possui inúmeras funções no organismo, participando do metabolismo dos carboidratos, na manutenção do sistema nervoso, melhorando o sistema cardiovascular, ajudando a regular os gastos de energia e também auxiliando no controle do apetite.

Esta vitamina também é fundamental para a saúde do fígado, das unhas, dos cabelos e da pele, sendo essencial para o tratamento da queda de cabelo.

A vitamina B1 pode ser encontrada em forma de suplemento nas lojas especializadas de produtos naturais ou em alimentos como as leguminosas (soja, ervilha, feijão, grão de bico), as oleaginosas (amêndoas, castanha de caju, castanha do Pará), os cerais integrais (aveia, quinoa, centeio, gérmen de trigo), as proteínas animais (carnes de boi, frango, porco e peixes), nos vegetais folhosos (agrião, espinafre, couve, acelga), entre muitos outros.

– Vitamina B5

A vitamina B5 faz parte do complexo B de vitaminas e também é conhecida como ácido pantotênico. Esta vitamina é responsável por inúmeras funções no organismo, auxiliando no metabolismo dos carboidratos, das gorduras, das proteínas, participando dos processos do sistema nervoso, participando da síntese de hormônios e das hemácias, além de auxiliar na redução do colesterol, do cansaço e da fadiga, produzindo energia e mantendo o bom funcionamento do metabolismo.

Esta vitamina ajuda no fornecimento adequado de energia para as células, mantendo os folículos capilares nutridos e prevenindo a queda de cabelo.

A vitamina B5 pode ser encontrada em forma de suplemento nas lojas especializadas de produtos naturais ou em alimentos como o fígado, o frango, alguns peixes como o salmão, em frutas como o abacate, as sementes de girassol, o farelo de arroz, farelo de trigo, os cogumelos, entre muitos outros.

– Vitamina B10

A vitamina B10 é conhecida também como ácido fólico, essencial para o organismo. Ela exerce várias funções no metabolismo, ajudando na síntese e na reparação do DNA, na divisão e crescimento celular, na produção de novas proteínas, na síntese das hemácias, além de também ser fundamental na saúde cardiovascular e no sistema nervoso.

Entre as funções mais importantes do ácido fólico, está sua participação no desenvolvimento fetal e na formação do tubo neural, sendo fundamental a suplementação deste nutriente nas primeiras semanas de gestação. O ácido fólico ajuda a evitar os fios brancos e também atua na prevenção da queda de cabelo.

Esta vitamina pode ser encontrada no fígado, na levedura de cerveja, no gérmen de trigo, na farinha de soja, no farelo de trigo, nas castanhas, no feijão, na amêndoa, na semente de girassol, no espinafre cru, em vegetais com folhas, entre muitos outros alimentos.

– Cistina

A cistina é um aminoácido que pode ser produzido pelo organismo a partir de outras moléculas, podendo também ser obtida através da alimentação, estando presente em alimentos ricos em proteínas, como ovos, carnes, produtos lácteos, peixes, cereais integrais, além de nozes, soja, semente de girassol, pimentão vermelho e amarelo, cebola, alho, entre outros.

A cistina é uma substância com alto poder antioxidante, que participa da formação da queratina do cabelo e é responsável pelo funcionamento natural da raiz capilar. Esta substância é muito utilizada como suplemento nutricional na forma de acetilcisteína ou L-cisteína, pois esta é mais bem absorvida pelo organismo.

– Queratina

A queratina é uma proteína fibrosa, formada por aminoácidos, que está presente em diversas partes do corpo, entre elas os cabelos e as unhas. Esta é uma das substâncias mais importantes do fio de cabelo, representando cerca de 90% da mesma. A queratina ajuda a proteger os fios e promove o preenchimento das falhas ocasionadas por danos externos e também por deficiência de nutrientes, sendo fundamental para o tratamento da queda de cabelo.

– Levedura medicinal

Esta substância é obtida do levedo de cerveja e possui inúmeros benefícios à saúde em função da quantidade de nutrientes que possui em sua fórmula. A levedura medicinal é rica em oligoelementos e em vitaminas, auxiliando na ativação do metabolismo e também estimulando a formação de novas células capilares. Além disso, ela é uma excelente fonte de minerais, entre eles o ferro, o fósforo, o potássio, o cromo e o zinco.

Como tomar o Pantogar?

O medicamento Pantogar é facilmente encontrado em farmácias, sendo vendido como medicamento Pantogar genérico. Pode ser obtido também como Pantogar manipulado. O modo de uso deste medicamento é bastante simples, basta utilizar uma cápsula, três vezes ao dia, durante o período de três a seis meses. O preço deste medicamento pode variar entre 140 e 170 reais, dependendo da região.

Estudos mostram que existem alguns possíveis efeitos colaterais com o uso deste medicamento, entre eles a coceira, urticária, dor abdominal, náusea, sudorese, dores de estômago, entre outros. É importante que siga corretamente as instruções da bula para que evite possíveis efeitos colaterais. Na presença de algum destes sintomas, procure um médico.

Conclusão

O Pantogar funciona para a maioria das pessoas. É um medicamento eficaz no combate à queda de cabelo difusa e também indicado para o tratamento das unhas fracas e quebradiças. Ele pode ser vendido como Pantogar genérico ou Pantogar manipulado, sendo de fácil utilização. Procure sempre a orientação de um médico antes de utilizar qualquer medicamento.

Você conhece alguém que tenha usado para a queda de cabelo difusa e afirme que o Pantogar funciona mesmo? Tem curiosidade de experimentá-lo? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (350 votos, média: 3,81 de 5)
Loading...

12 comentários em “Pantogar Funciona? Antes e Depois, Efeitos Colaterais, Como Tomar, Composição e Mais”

  1. Olá pessoal, tomei pantogar por 3 meses e realmente vi meu cabelo crescer pela primeira vez , nasceram muitos fios novos, o pantogar é caro mas,,,,, estou muito feliz com o resultado. Ótimo , recomendo, se usar 3 meses é imossível não crescer.
    tirem fotos do antes e depois e compare. claro que cuidar externamente do cabelo ajuda muito, lavo meus cabelos com chá de alecrim, chá de girassol, chá de boldo, babosa in natura , clara de ovo e oléo de rícino uma vez por semana. meus cabelos estão lindos, e não gosto muito com produtos . boa sorte

  2. TOMO PANTOGAR A DOIS ANOS E REALMENTE FUNCIONA POIS SOU BARIATRICADA E TODO PACIENTE PÓS BARIATRICA FICA POUQUÍSSIMOS CABELO UNHA ENTÃO NEM SE FALA E PARA AJUDAR FIZ UM ANO DE TRATAMENTO DE CÂNCER COM QUIMIOTERAPIA, RÁDIOTERAPIA E BRAQUIOTERAPIA EFIQUEI CAREQUINHA MAIS AGORA MINHAS UNHAS E CABELO SÃO BEM FORTES.

  3. Em torno de 3 anos iniciei uma queda de cabelo assustadora, caia de mechas. Fiquei muito assustada e iniciei tratamentos com remédios famosos, caros e tbm manipulados. em torno de 4 meses fui informada pelo meu farmacêutico sobre o Pantogar. Comprei bem desconfiada, não acreditava em mais nada, estava e estou com pouco cabelo e extremamente fino. Agora, em torno de 4 meses é muito interessante ver meus cabelos, principalmente quando avo e seco. Milhares de fios curtinhos crescendo. Está até feio olhar, mas está crescendo muiiitooooos cabelinhos. Obrigada. Parabéns. Aconselho

  4. Olá estou tomando Pantogar há um mês, (3 comp. por dia). Eu estava com um problema relacionado a água aqui da Europa, a chamada Hard Water, meu cabelo estava simplesmente desaparecendo. Agora percebo que está visivelmente mais cheio, o couro cabeludo já não aparece tanto, e percebi que tenho alguns fios nascendo.
    Resumindo, no meu caso fez efeito, e eu estou muito feliz.
    E estou tomando o manipulado.

  5. Estou tomando Pantogar a 4 meses, já estou notando que a queda está diminuindo, ainda não notei fortalecimento dos fios, eles são muitos finos, estou evitando usar tinturas, ou fazer escova, chapinha etc para ver a eficácia do tratamento, porém como o resultado será a partir de 6 meses estou aguardando.
    Vale salientar que estou com o efeito colateral “Urticária’ que aparece a noite ou pela manhã. Estou fazendo uso de anti-alérgico para melhorar as coceiras.

  6. Sim. Estou com uma enorme queda de cabelo n sei mais o q fazer. Vou usar essa medicação. Obrigado pela informação minha colega usa é está se dando muito bem.

  7. Tomei Pantogar manipulado por indicação de uma manicure, por problemas nas unhas. Em três meses de uso contíno as unhas se fortaleceram. Continuo tomando, pois como é vitamina, não vejo problema. Funcionou mesmo. Não reparei com relação a cabelos, já que o foco eram as unhas.

  8. Tomei o Pantogar mas percebi aceleração do coração e preferi parar!
    Espero poder voltar a usá-lo pois com pouco tempo de uso percebi melhora!

  9. Tive uma queda acentuada de cabelos por um tempo longo (um ano e meio) e fiquei bastante abalada. Percorri vários consultórios médicos e ninguém chegava a um consenso. Uma dermato me indicou o Pantogar e eu disse que já havia tomado e não tinha tido resultado. Então ela me explicou que deveria tomá-lo de 3 a 6 meses para ver alguma coisa. Só por volta de 3 meses é que diminuiu a queda e com uns 5 meses de uso é que comecei a ver alguns fiozinhos nascendo. Desde o primeiro mês de tratamento tb percebi um crescimento exagerado dos cabelos e unhas. Sério: parecia a Rapunzel! Mas acho que isso é uma tendência do meu organismo e só foi reforçada pela fórmula do remédio. Vale a pena tomar o remédio e fazer uso de xampus anti-queda e o minoxidil de uso tópico. O conjunto trará algum resultado. Mas precisa ter muita paciência.

Deixe um comentário