Qual é a cerveja que não engorda?

Especialista da área:
atualizado em 20/08/2021

Se você não gosta de cerveja, provavelmente deve conhecer alguém que aprecia tomar a bebida. Uma mostra disso é que uma pesquisa encomendada pelo Deutsche Bank, instituição financeira da Alemanha, apontou que o brasileiro consome, em média, seis litros de cerveja a cada mês, o que equivale a 14% do salário mínimo.

  Continua Depois da Publicidade  

Um ranking divulgado pelo Barth-Haas Group colocou o Brasil como o terceiro maior produtor de cerveja do mundo e o 15º colocado, em uma lista que contou com 40 países, no quesito consumo per capita da bebida.

Sendo uma bebida com alto consumo em nosso país, provavelmente, já ouviu falar que a cerveja engorda e é responsável pelo excesso de barriga em muita gente, não é mesmo? No entanto, vale a pena esclarecer que cerveja não engorda, desde que você beba com moderação.

A cerveja, como qualquer outro alimento, tem calorias, o grande problema é a quantidade ingerida. Um copo de cerveja não será capaz de fazer você ganhar peso, mas se exagerar no consumo não terá jeito, mesmo consumindo a cerveja menos calórica você irá engordar. Até porque a cerveja é um bom estimulante do apetite e normalmente é consumida acompanhada de petiscos gordurosos, como salame, amendoim e batata frita.

Beber muita cerveja com certeza vai fazer você engordar, porém, consumida com moderação e responsabilidade, como deve ser sempre, a cerveja não será a vilã do peso e nem a inimiga da balança.  

As calorias

cerveja

O primeiro ponto que vamos analisar é a quantidade de calorias presentes em uma lata das principais marcas de cerveja do mercado. Para tanto, basta olharmos a tabela abaixo:

CervejaCalorias por porção
Heineken 105 calorias em 250 ml ou 149 calorias em 355 ml
Skol 148 calorias em 355 ml
Antarctica Original 270 calorias em 600 ml ou 159,75 calorias em 355 ml
Budweiser 156 calorias em 355 ml
Stella Artois 122 calorias em 275 ml ou aproximadamente 157,5 calorias em 355 ml
Brahma 152,5 calorias em 355 ml
Amstel 133 calorias em 330 ml ou aproximadamente 143 calorias em 355 ml
Sol 125 calorias em 355 ml
Devassa 142 calorias em 355 ml

Além disso, um levantamento mostrou que, quando falamos em porções de 200 ml, é possível encontrar cervejas que apresentam um teor calórico aproximado de 90 kcal. No entanto, não adianta escolher a cerveja menos calórica e exceder no consumo, porque isso acarreta ganho de peso do mesmo jeito.

  Continua Depois da Publicidade  

Moderação é a palavra-chave

Estudos demonstram que tomar duas latinhas de cerveja por dia não será capaz de aumentar o peso corporal ou a concentração de gordura na região da barriga. Entretanto, uma boa dica é conferir a quantidade de álcool da cerveja, porque o álcool nada mais é do que a fermentação do açúcar. Então, quanto mais álcool, mais calórica é a bebida.  

Ademais, também já restou comprovado que a ingestão elevada de bebidas alcoólicas, como a cerveja, aumentam o risco de adquirir gordura na barriga, o que é chamado de gordura visceral.

A gordura visceral é metabolicamente ativa, o que significa que ela pode interferir com os hormônios do seu corpo, alterando o funcionamento do mesmo. Além disso, ela pode aumentar o risco de doenças, como por exemplo, a síndrome metabólica, diabetes do tipo 2 e as doenças cardiovasculares.

Acredita-se que quanto mais uma pessoa bebe, maior é o seu risco de ganhar peso e criar a famosa “barriguinha de chopp“. Porém, vale ressaltar que até mesmo pessoas com um peso normal têm um risco aumentado para problemas de saúde, caso possuam uma quantidade relevante de gordura na barriga.

É importante que se entenda que o grande segredo é o equilíbrio. Quer beber uma cervejinha e manter o peso? Então beba com moderação, evite exagerar nos petiscos gordurosos, mantenha uma dieta saudável e pratique exercícios físicos. 

Não beber de estômago vazio

cervejas e petiscos

É necessário sempre ter em mente que jamais se deve beber de estômago vazio. A bebida tem o efeito potencializado quando a pessoa bebe antes de ingerir uma refeição. Quando a pessoa está sob o efeito alcóolico, ela tem muito mais dificuldade de escolher alimentos saudáveis para acompanhar a cerveja, o que provoca o ganho de peso.

  Continua Depois da Publicidade  

Assim, ao não se alimentar, a pessoa cederá com maior facilidade ao desejo de consumir frituras, guloseimas cheias de açúcar, fast food, salgadinhos ricos em sódio e outras comidinhas calóricas que costumam aparecer nos cardápios de bares, por exemplo.

De olho nos acompanhamentos

O álcool quando ingerido em jejum, chega antes à corrente sanguínea, precipitando os seus efeitos. Uma dica interessante é escolher um prato saudável, de preferência sem carboidratos, antes de começar a beber. O truque é optar por legumes, carnes, aves, peixes com verduras ou frutas para que o prejuízo causado à dieta seja menor.

Além disso, quando se bebe depois de comer, os efeitos secundários do álcool se minimizam, pois ele é absorvido lentamente. O esvaziamento gástrico demora mais e o pico de concentração no sangue é mais moderado, tornando-se menos tóxico para o organismo.

Cervejas puro malte são melhores para a dieta?

As cervejas puro malte são mais indicadas por terem um menor impacto em relação à dieta, diferentemente das cervejas de trigo, por exemplo, que apresentam mais calorias. No entanto, não estamos dizendo que esse é um tipo de cerveja que não engorda. Na hora em que for comprar a sua cerveja puro malte, cheque a tabela nutricional para conferir se ela é realmente menos calórica do que outros tipos de cerveja.

Alguns exemplos de cervejas puro malte encontradas no Brasil são: Heineken, Bohemia Magna Pils, Eisenbahn Pilsen, Paulistânia Marco Zero e Baden Baden Cristal.

  Continua Depois da Publicidade  

Quando as cervejas devem ser evitadas?

Quando uma pessoa entra em uma dieta restritiva para emagrecer, é aconselhável evitar a ingestão de cervejas, como qualquer outra bebida alcóolica. Entretanto, caso o objetivo seja a reeducação alimentar ou uma mudança de hábitos, é possível que se consuma a bebida aos finais de semana, contudo sem cometer excessos.

Vídeo

Você imaginava que poderia beber cerveja sem engordar? Com que frequência você ingere esta bebida? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (11 votos, média 4,45)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário