Remédio para colesterol emagrece?

Especialista da área:
atualizado em 13/10/2021

O colesterol é uma combinação de esteroides e lipídios, ou seja, uma gordura produzida no fígado, que faz parte das estruturas celulares cerebrais, nervosas, musculares, hepáticas, intestinais, cardiovasculares e até da derme.

  Continua Depois da Publicidade  

Assim como tudo o que o organismo produz, ele é uma substância necessária a algumas funções, e portanto, não é nocivo. O problema surge quando essa produção ocorre em níveis elevados.

O colesterol circula no sangue ligado a lipoproteínas chamadas de colesterol bom (HDL) e colesterol ruim (LDL). O excesso de LDL está associado às doenças cardiovasculares. O excesso de colesterol bom (HDL), por outro lado, até protege das doenças cardíacas. Por isso, apenas o colesterol ruim precisa ser tratado.

Quando o colesterol ruim (LDL) está elevado existem duas recomendações possíveis, dieta e/ou medicamento. Isso vai depender de cada caso. As medicações servem para diminuir a produção de gordura no fígado. Mas será que ao reduzir a produção de gordura esses remédios podem promover o emagrecimento?

Abaixo, você entenderá a importância do colesterol no seu organismo, como os remédios de combate ao colesterol ruim funcionam e, principalmente, se os remédios indicados para controlar colesterol emagrecem.

Como funcionam os remédios para colesterol?

remédios medicamentos

Atualmente os medicamentos para o colesterol são bastante eficazes e quando associados a uma dieta com pouca ingestão de gordura animal (principal fonte de colesterol), seus índices costumam baixar significativamente.

Cerca de 70% do colesterol no sangue vem do fígado e apenas 30% vêm da alimentação. Os níveis de colesterol no sangue dependem, principalmente, da capacidade do fígado em removê-lo, isso, no entanto, varia de pessoa para pessoa.

  Continua Depois da Publicidade  

Sendo o fígado a principal fonte produtora de colesterol, os medicamentos agem diminuindo a produção de gordura, e também removendo seu excesso na corrente sanguínea.

O excesso de LDL em nossa corrente sanguínea favorece o surgimento de doenças cardiovasculares porque ele se deposita na parede interna das artérias e gradualmente vai formando uma placa chamada ateroma. Estes ateromas vão aos poucos obstruindo as artérias e podem acabar causando infarto agudo do miocárdio e AVC.

Remédio para colesterol emagrece?

Se partirmos do pressuposto que os medicamentos desenvolvidos para baixar o colesterol agem diretamente na diminuição da produção de gordura em nosso organismo, conclui-se que pode existir uma possibilidade de perda de peso.

No entanto, isso é apenas um efeito colateral do medicamento, e não uma propriedade, nem uma característica que indique o uso desses remédios numa dieta alimentar com essa finalidade.

O que geralmente ocorre quando uma pessoa é diagnosticada com colesterol alto e o médico opta pela indicação de alguma medicação, é que ele concomitantemente sugere uma dieta, e esta sim, pode ser um fator determinante para a perda de peso. A medicação atuará como mera coadjuvante.

Os inibidores do colesterol podem causar a perda de apetite como efeito secundário, porém, pouco frequente. Em um estudo realizado para tal fim, restou demonstrado que apenas 1 a cada 100 pessoas relatou perda de apetite em decorrência do uso de medicação para reduzir o colesterol.

  Continua Depois da Publicidade  

Considerações finais

  1. Os fatos comprovados através de estudos laboratoriais durante o desenvolvimento dos medicamentos anti-colesterólicos determinam que os remédios conseguem controlar a produção de gordura, mas isso não é o suficiente para uma perda de peso significativa que justifique a ingestão desses medicamentos com a finalidade de emagrecimento.
  2. Afirmação taxativa: nenhum estudo comprova, afirma ou confirma que remédio para colesterol emagrece.
  3. O estilo de vida é muito importante para reduzir do risco de infarto e AVC. Evitar o sedentarismo, reduzir o consumo de gordura saturada e parar de fumar são medidas importantes a serem seguidas. 
  4. Demora muitos anos para uma placa de ateroma se desenvolver e, com isso, provocar infarto ou AVC, portanto, quanto mais avançada a idade, maior é o risco. Além dos níveis de LDL, é muito importante controlar a glicose, a pressão arterial e reduzir o peso, quando excessivo.
  5. O tratamento do colesterol deve ser preventivo e para a vida toda. O objetivo é reduzir o risco cardiovascular. Não adianta tratar por um período e depois abandonar o tratamento.
  6. O tratamento adequado para controlar os níveis do colesterol reduz consideravelmente a mortalidade. A cada 40mg/dL de colesterol LDL reduzido, a mortalidade por infarto se reduz em 20%. Portanto, quanto mais alto o colesterol, mais importante é o tratamento.

Dicas e efeitos colaterais

colesterol ldl e hdl
  • Não compre esses medicamentos e tome indiscriminadamente porque ouviu alguém dizer que tomar remédio para colesterol emagrece. Converse com seu médico. Ele vai lhe indicar um medicamento específico para o seu propósito.
  • O uso indevido desses medicamentos pode provocar tonturas, cãibras, náuseas e vômitos, diarreia, erupções cutâneas, pruridos, pancreatites e reações alérgicas.
  • Mulheres grávidas, que estejam amamentando ou que desejam engravidar não devem fazer uso desses medicamentos, assim como, as pessoas com histórico de doenças no fígado
  • Além de evitar alimentos gordurosos, de origem animal, também é importante reduzir o consumo de açúcares, que serão transformados em gordura após serem processados pelo organismo.
  • Outros alimentos ruins são os industrializados (processados), que costumam conter muito sódio, outro vilão para o organismo.
  • Receitas de sucos naturais são ótimos aliados para baixar o colesterol ruim, reduzindo o risco de doenças cardiovasculares, e melhorar a qualidade de vida.

Vídeo

Você já ouviu falar que tomar remédio para colesterol emagrece? Já tentou tomar esse tipo de remédio para emagrecer? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (123 votos, média 3,88)
Loading...
Sobre Marcela Gottschald

Marcela Gottschald é Farmacêutica Clinica - CRF-BA 8022. Graduada em farmácia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2013. Residência em Saúde mental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Experiência em pediatria e nefrologia, com ênfase em unidade de terapia intensiva. Ela faz parte da equipe de redatores do MundoBoaForma.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

1 comentário em “Remédio para colesterol emagrece?”

  1. Minha médica me receitou rosuvastaina por que meu colesterol não estava baixando com dieta e exercícios.
    Estou tomando há três meses e percebi q diminuiu gordura na barriga e quadril.
    Dois kg a menos.

    Responder