Shatavari – Para que serve e efeitos colaterais

Especialista:
atualizado em 18/09/2020

Acredita-se que shatavari, também conhecido como satavari, satavar ou Asparagus racemosus (A. racemosus), promove a fertilidade e oferece vários benefícios à saúde, principalmente para o sistema reprodutivo feminino. Veja se tudo isso é verdade e para que serve essa erva!

Traduzido como “possui 100 raízes” e também chamado de “possui 100 maridos”, o nome de shatavari faz referência ao seu uso tradicional como um tônico rejuvenescedor para o sistema reprodutivo feminino, tanto para mulheres jovens como na meia-idade e terceira-idade.

Acredita-se que esta erva seja adaptogênica, o que significa que pode ajudar a regular os sistemas do corpo e melhorar a resistência ao estresse físico e emocional além de outros benefícios que a ciência vem pesquisando.

Esse membro da família dos aspargos é considerado um tônico geral da saúde para melhorar a vitalidade, tornando-o um item básico na medicina ayurvédica.

Benefícios do shatavari

Shatavari

Veja agora para que serve o shatavari, seus benefícios para a saúde e bem estar e, mais a frente, seus possíveis efeitos colaterais.

1. Efeitos antioxidantes do shatavari

Os antioxidantes protegem o corpo dos danos causados ​​pelos radicais livres que podem danificar as células e levar ao desenvolvimento de doenças, incluindo o câncer. Os antioxidantes também combatem o estresse oxidativo, outra causa da doença.

Alguns estudos sugeriram que shatavari pode ter propriedades antioxidantes, pois é rico em saponinas.

De acordo com um estudo de 2004, um outro e novo antioxidante com nome racemofuran foi identificado na raiz de shatavari. Dois antioxidantes conhecidos – asparagamina A e racemosol – também foram encontrados.

2. Melhora a saúde reprodutiva das mulheres

Talvez o uso tradicional mais comum do shatavari seja tratar condições da saúde feminina, especificamente aquelas relacionadas aos distúrbios reprodutivos.

Uma revisão dos estudos publicados em 2018 sugere que esta planta pode melhorar condições como desequilíbrios hormonais e síndrome dos ovários policísticos (SOP).

3. Reduz os sintomas da menopausa

Além do seu uso tradicional para condições reprodutivas femininas, pesquisas recentes sugerem que uma combinação de medicamentos fitoterápicos, incluindo o shatavari, pode também reduzir os sintomas da menopausa.

Um estudo realizado em 2018 relatou uma redução nas ondas de calor e suores noturnos, por exemplo. No entanto, não constatou nenhuma diferença nos níveis hormonais ou na saúde geral .

3. Pode ajudar a tratar a depressão

Muitas pessoas não podem tomar os medicamentos para depressão devido a efeitos colaterais negativos. No entanto, há muito tempo, o shatavari é usado na Ayurveda para tratar a depressão.

Um estudo publicado em 2009 descobriu que os antioxidantes presentes no shatavari têm fortes habilidades antidepressivas.

4. Pode ajudar a impulsionar o sistema imunológico

O shatavari é usado no Ayurveda como um reforço para a imunidade.

De acordo com um estudo realizado em 2004, os animais tratados com o extrato da raiz de shatavari aumentaram os anticorpos contra a tosse, se recuperaram mais rapidamente e melhoraram sua saúde geral, o que sugeriu uma melhor resposta imunológica.

5. Pode ajudar a tratar pedras nos rins

As pedras nos rins são depósitos duros que se formam nos rins e conforme passam pelo trato urinário, podem causar uma dor insuportável.

A maioria das pedras nos rins é feita de oxalatos, compostos que encontramos em alguns alimentos como espinafre, beterraba e batata frita, por exemplo.

Em um estudo publicado em 2005, o extrato da raiz de shatavari ajudou a evitar a formação de pedras de oxalato em ratos e também aumentou a concentração de magnésio na urina, o que pode ajudar a impedir o desenvolvimento de cristais na urina, que formam as pedras nos rins.

6. Pode ser bom no tratamento da ansiedade

Os suplementos de shatavari também têm sido tradicionalmente usados ​​para combater a ansiedade. Porém, nenhuma pesquisa investigou esses efeitos em humanos, embora estudos sugiram que a planta possa ter esses efeitos em ratos.

Um estudo realizado em 2014 e publicado na Cellular and Molecular Neurobiology, por exemplo, propõe que o shatavari reduz a ansiedade em ratos interagindo com os sistemas de serotonina e ácido gama-aminobutírico (GABA).

Estes são envolvidos com a ansiedade, tanto em ratos quanto em humanos.

7. Pode ajudar no tratamento de úlceras

Úlceras são feridas no estômago, esôfago ou intestino delgado que podem ser muito dolorosas e causar complicações sérias, como sangramento ou perfuração.

De acordo com um estudo realizado em 2005, o shatavari foi tão eficaz no tratamento de úlceras gástricas induzidas por medicamentos quanto a ranitidina (Zantac), que é um medicamento comumente prescrito para o tratamento de úlceras.

8. Propriedades anti-envelhecimento do shatavari

Um dos incríveis benefícios do shatavari é que essa planta pode ser um dos segredos antienvelhecimento da natureza mais bem guardados.

De acordo com um estudo publicado em 2015, as saponinas presentes na raiz do shatavari ajudaram a reduzir os danos na pele causados pelos radicais livres que causam as rugas.

Essa raiz também ajudou a evitar a quebra do colágeno, o que ajuda a manter a elasticidade da pele.

9. Possui propriedades anti-inflamatórias

O racemofurano, encontrado no shatavari, também possui significativas capacidades anti-inflamatórias.

De acordo com o livro Medicinal Cookery: How You Can Benefit from Nature’s Pharmacy, o racemofuran age no corpo de maneira semelhante aos medicamentos anti-inflamatórios sem efeitos colaterais digestivos graves.

10. Pode atuar como um diurético

Os diuréticos ajudam o seu corpo a se livrar do excesso de líquidos e geralmente são prescritos para pessoas com insuficiência cardíaca congestiva a fim de remover o excesso de líquido ao redor do coração.

Os diuréticos podem causar efeitos colaterais graves. No entanto, de acordo com um estudo realizado em 2010, o uso de shatavari como diurético na Ayurveda pode não causar efeitos colaterais agudos.

Porém, mais estudos em humanos são necessários antes que esta planta possa ser recomendada como diurético com segurança.

11. Pode ajudar a tratar a diarreia

O tratamento para diarreia é mais um possível benefícios shatavari, já que essa planta é usada como remédio popular para diarreia na medicina Ayurverdica.

12. Pode ajudar a manter níveis saudáveis de açúcar no sangue

De acordo com um estudo realizado em 2007, essa planta pode ajudar a manter os níveis de açúcar no sangue saudáveis.  Os pesquisadores acreditam que os compostos presentes no shatavari estimulam a produção de insulina, embora não esteja exatamente claro como acontece.

Mais estudos são necessários, mas os pesquisadores sugerem entender melhor como o shatavari afeta os níveis de açúcar no sangue, já que isso pode ser a chave para o desenvolvimento de novos tratamentos para diabetes.

Dosagem do shatavari

Uma pessoa pode comprar o suplemento de shatavari na forma de pó, comprimido ou líquido.

A dose habitual dos comprimidos é de 500 miligramas, podendo tomar duas vezes ao dia, enquanto uma dose líquida de extrato de shatavari geralmente é diluída em água ou suco e ingerida até três vezes ao dia.

Qualquer pessoa interessada em tomar shatavari deve consultar um médico e comprar o suplemento apenas de um fornecedor confiável.

Possíveis efeitos colaterais do shatavari

De acordo com uma pesquisa de 2003, a medicina Ayurvédica considera o shatavari “absolutamente seguro para uso prolongado, mesmo durante a gravidez e a lactação”.

Ainda assim, não há muita pesquisa científica sobre os efeitos colaterais da suplementação com shatavari. Portanto, as mulheres que estão grávidas ou amamentando não devem usá-lo até que mais estudos comprovem sua segurança.

Além disso, existem relatos de reação alérgica em algumas pessoas que tomaram shatavari. Se você é alérgico a aspargos, por exemplo, evite este suplemento.

Procure atendimento médico se sentir agravamento da asma ou sintomas de reação alérgica como por exemplo: 

  • Coceira nos olhos;
  • Erupção cutânea;
  • Dificuldade ao respirar;
  • Ritmo cardíaco acelerado;
  • Comichão na pele;
  • Tontura.

Já que, como vimos, o shatavari pode ter um efeito diurético, você não deve tomá-lo com outras ervas diuréticas ou medicamentos como a furosemida (Lasix).

Além disso, este suplemento pode diminuir os níveis de açúcar no sangue. Portanto, você não deve tomá-lo com outros medicamentos ou ervas que diminuem o açúcar no sangue.

Fontes e Referências Adicionais:

Você já experimentou o suplemento Shatavari? Se não, tem curiosidade por conta de tantos benefícios que ele pode oferecer? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

1 comentário em “Shatavari – Para que serve e efeitos colaterais”