Sucralose ou Stevia – Qual é melhor?

Especialista da área:
atualizado em 27/10/2021

Entre todos os produtos que deixam a nossa vida mais doce, a única coisa que todos os nutricionistas, dentistas e médicos podem concordar é que o açúcar refinado é o maior vilão de todos.

O açúcar refinado, também conhecido como açúcar de mesa, passa por um processo de refinamento, no qual todos os nutrientes de sua matéria-prima (cana-de-açúcar) desaparecem, tornando-se apenas algo que será rapidamente digerido e absorvido pelo nosso organismo, promovendo um rápido aumento do nível de glicose no sangue e ainda contribuindo para o acúmulo de gordura em nossas células.

  Continua Depois da Publicidade  

Por essa razão, atualmente é possível encontrar opções mais saudáveis para a substituição do açúcar refinado em nossa dieta e entre os produtos disponíveis no mercado destacam-se a Sucralose e a Stevia. Ambas possuem várias qualidades e defeitos em comum, porém há pequenos detalhes que podem fazer a diferença na sua escolha final.

A seguir, analisaremos as características de ambas, e no final, produziremos uma tabela resumindo as informações descritas. Desta maneira, tentaremos ajudar para que você decida qual seria a sua melhor escolha: Sucralose ou Stevia?

As origens da Sucralose e da Stevia

stevia sucralose
  1. Sucralose: Foi descoberta em 1976 e é o único adoçante artificial cuja composição química é derivada diretamente da molécula do açúcar, por isso é o adoçante cujo gosto mais se assemelha à ele. Na sua produção, basicamente substitui-se uma parte da molécula do açúcar por cloro;
  2. Stevia: Ao contrário da Sucralose, a Stevia é de origem natural. Ela é derivada de uma planta chamada Stevia Rebaudiana, que é nativa de regiões tropicais e subtropicais, como a América do Sul (inclusive o Brasil) e o sudoeste asiático. A Stevia é composta de Steviol glycosides, composto isolado da planta e o seu maior agente adoçante é chamado de Rebaudiosídeo A.

Mas antes de comprar produtos que dizem conter Stevia, preste atenção nos rótulos dos produtos para se certificar que ele é realmente de origem natural e que não há adição de outras substâncias, como o aspartame.

Para quem é recomendado o seu consumo?

Tanto a Sucralose como a Stevia, possuem baixo teor calórico e são indicadas tanto para diabéticos como para quem quer perder peso. A Sulcralose pode ser 600 vezes mais doce que o açúcar e dependendo da marca pode conter de 0 a 5 calorias, enquanto a Stévia pode ter a sua potência doce de 100 a 400 vezes maior que o açúcar e possui zero calorias.

O nosso organismo não absorve estes dois adoçantes, desta forma, a insulina não é produzida. Assim, os dois produtos são amplamente recomendados a diabéticos, e além disso, o uso destas substâncias, pode contribuir para a redução das inflamações ligadas ao pico de produção de insulina e diminuir o armazenamento de gordura no sangue.

  Continua Depois da Publicidade  

Qual gosto e formato é possível encontrá-las?

A Sucralose pode ser encontrada em tabletes, líquido (gotas) ou granular e devido a sua origem, seu gosto é muito semelhante ao do açúcar.

Já a Stevia é recomendada que seja consumida na sua forma natural, sua folha pode ser fresca ou seca, porém, se garantida que ela seja 100% orgânica, ela pode ser consumida em formato granular e líquido concentrado. Ela possui um gosto mais amargo, que até mesmo, pode ser semelhante ao gosto do alcaçuz.

Em quais produtos podemos encontrá-las e como podemos utilizá-las?

adoçantes stevia mascavo torrões

A Sucralose é encontrada em bebidas, sobremesas e como adoçante de mesa e pode ser levada ao fogo ou ao congelador, pois possui uma estrutura estável em altas e baixas temperaturas.

A Stevia também é vista como adoçante em bebidas comerciais, em sobremesas, e até mesmo em uma nova Coca-cola especial, porém é menos encontrada como adoçante de mesa. Assim como a Sucralose, é um produto que pode ser usado em baixas e altas temperaturas.

Dose diária recomendada

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda as seguintes doses diárias máximas de cada substância por quilo corporal:

  • Sucralose – 18 gotas ou meio envelope por quilo, ou seja, uma pessoa de 60 kg pode consumir até 1080 gotas.
  • Stevia – A dose diária recomendada de Stevia é de 5,5 mg/kg, o equivalente a 7 gotas ou meio envelope, ou seja, uma pessoa de 60 kg pode consumir até 330 mg ou 420 gotas por dia.

É recomendado a mulheres grávidas? 

Tanto a Sucralose quanto a Stevia são recomendadas pela Associação Americana de Gravidez, pois ambos produtos não afetam a quantidade de açúcar no sangue. Podem ser usadas também no período de amamentação.

  Continua Depois da Publicidade  

Efeitos colaterais

Vários estudos, usando cobaias animais e humanas, foram feitos sobre os efeitos colaterais da Sucralose. Todavia, nada muito significativo foi encontrado, apenas um estudo independente feito na Itália que alegou que o consumo de Sucralose pode ter ligação com o aparecimento de leucemia em ratos.

Mesmo assim, a ingestão de Sucralose deve ser feita com moderação e cuidado, pois um estudo feito pela Columbia University reporta que o alto consumo de adoçantes pode levar a diarreia, inchaço e excesso de gases intestinais em algumas pessoas.

Adicionado a este fato, substâncias que possuem cloro em sua composição têm sido ligados ao aumento do risco de câncer e também podem interferir no metabolismo do iodo, assim, pessoas que possuem problemas na tireoide devem evitar o uso de Sucralose.

Já em relação aos efeitos colaterais da Stevia, destacam-se náuseas, tontura, dor muscular e inchaço. Alguns estudos feitos com animais ligaram o consumo de Stevia à diminuição de produção de esperma e, um artigo publicado em 2011 no Journal of Pharmacology & Phamacotherapeutics alega a possibilidade de um aumento do risco de câncer.

Por fim, não há nenhum registro que indique que o uso da Sucralose provoque cáries, porém, há estudos que alegam que o consumo da Stevia pode contribuir para o aparecimento de cáries, então, deve-se tomar muito cuidado com a saúde bucal ao utilizar este adoçante.

Resumo: Sucralose ou Stevia?

Segue abaixo, uma tabela com as principais informações e características destes dois adoçantes:

  Continua Depois da Publicidade  

SucraloseStevia
OrigemArtificialNatural
Doçura600 vezes mais que o açúcar De 100 a 400 vezes mais que o açúcar
Recomendado para diabéticos e grávidas SimSim
Auxilia na perda de peso SimSim
Quantidade de calorias De 0 a 5 kcalZero calorias
Formato Tablete, líquido e granular Folha (fresca e seca), líquido concentrado e granular
Sabor Semelhante ao açúcarUm pouco amargo
Pode ser utilizado em altas e baixas temperaturas SimSim
Pode provocar cáries NãoSim
Dose máxima diária
(por Kg corporal)
18 gotas/kg7 gotas/kg
Possíveis efeitos colaterais
(não efetivamente comprovados)
Diarreia, gases, inchaço, aumenta risco de câncer e piora de problemas na tireoide Náusea, tontura, inchaço, dor muscular, aumenta risco de câncer e diminuição de produção de esperma
Fontes e referências adicionais

E então, qual você acredita ser melhor escolha: Sucralose ou Stevia? Já utilizou algum destes adoçantes? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (339 votos, média 3,89)
Loading...
Sobre Equipe MundoBoaForma

Quando o assunto é saúde, você tem que saber em quem confiar. Sua qualidade de vida e bem-estar devem ser uma prioridade para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada e altamente qualificada, composta por médicos, nutricionistas e profissionais de educação física. Nosso objetivo é garantir a qualidade do conteúdo que publicamos, que é também baseado nas mais confiáveis fontes de informação. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados à saúde, boa forma e qualidade de vida.

Deixe um comentário

51 comentários em “Sucralose ou Stevia – Qual é melhor?”

  1. É importante levantar algumas informações:

    – Sucralose, por conter cloro, interfere na absorção de iodo pela glândula tireóide. Por isso não é recomendada para quem tem distúrbios na mesma.
    – Alguns estudos estão apontando que elementos que apresentam sabor doce ou adocicado (daí vem desde frutas, pão, arroz, até doces, confeitaria, e adoçantes também) tem o poder de estimular a produção de insulina, independentemente de serem reconhecidos ou não como fontes de calorias. Aqueles que apresentam mais poder de adoçar tem maior capacidade de estímulo.

    Por isso, o ideal é acostumar-se com a vida sem manifestações de doces, somente com elementos que naturalmente possuem carboidratos em sua composição. Isso porque a produção de alimentos, a capacidade de processá-los, nos fez criar formas isoladas dos elementos que causam prazer (açúcar, gordura, sal, etc), e isso distorceu o metabolismo espécie como um todo.

    Vivemos numa época onde essa constatação é possível, entretanto temos uma cultura mais preguiçosa no sentido de que o esforço despendido em geral com o dia a dia (trabalho, alimentação, distração) criam um comportamento menos consciente e atento ao que somos.

    Mente e olhos abertos.

    Responder
  2. Já uso a sucralose há uns quatro anos e nos meus exames não foi identificado problemas de tireóide. Tentei usar o adoçante de stévia, mas achei o gosto ruim e não continuei, no entanto, não tinha atentado para a questão do produto industrializado se vinha com aspartame etc. Depois de ler esta reportagem tentarei usar o stévia, natural. Parabéns pela reportagem!!!

    Responder
  3. Uso Stevia há um ano e meio me adaptei muito bem, só que a referência de quatro horas equivale a uma colher de açúcar parece muito longe da realidade, para adoçar como é devido consome muito mais do que se orienta. Excelente matéria estão de parabéns ☺☺☺☺

    Responder
  4. Precisei diminuir a taxa de açúcar no sangue e comecei a usar o adoçante stevia mas achei ele um pouco amargo, então mudei para o Sucralose gostei muito nem parece adoçante.
    Mas as pessoas falam e a matéria acima também fala que os adoçantes pod provocar câncer, então ficamos sem opção?? Difícil!

    Responder
  5. Descobri que minha tideoide está alterada e não sabia o porque até que vi uma palestra do Dr Lair Ribeiro falando que a sucralose prejudica a tireoide e como eu faço uso, parei imediatamente pois a tireoide é responsável por todo o equilibrio do organismo. Resta eu rezar que minha tideoide volte ao normal, já que interrompi o uso imediatamente assim que ouvi a palestra. Sucralose me lascou…

    Responder
  6. Conforme oque foi explanado na matéria acima, nos dois casos há riscos à saúde, portanto espero a comunidade cientifica descubra um substituto ao açúcar que não cause dano algum ao ser humano.

    Responder
  7. Já USO STEVIA POR MAIS DE SEIS ANOS acho um excelente adoçante ,gostei desta matéria uma coisa que fiquei sabendo e que todos adoçante ele provoca câncer,só não entendo o porque o ocorrido.

    Responder
  8. Tive diabete gestacional e a nutricionista indicou Línea, que é à base de sucralose. Eu nunca gostei de adoçante, mas esse foi excelente e agora recomendo a todos.

    Responder
    • Tb tive diabetes gestacional e minha nutricionista recomendou o Linea (adoçante de sucralose). Me dei super bem e consegui mudar até o açúcar da casa dos meus pais para o adoçante de sucralose.

      Responder
  9. Amei a matéria super explicativa bem elaborada,fico sempre buscando opções de adoçantes e esses veio em Boa hora.

    Responder
  10. Sempre fui muito resistente ao uso de adoçante por conta do sabor horrível, experimentei a sucralose sem saber que era adoçante, não senti nenhuma diferença do sabor do açúcar, só depois minha amiga disse que havia adoçado o café com adoçante de sucralose. Super recomendo, principalmente pra quem precisa perder peso e não quer abrir mão do açúcar.

    Responder
  11. Na verdade não gosto de adoçantes, mas preciso diminuir a quantidade de açúcar que consumo todos dias. Acho a Stevia mais atraente por ser de origem natural, mas não sei se vou me adaptar ao sabor. Só usando mesmo. Um abraço, ótima matéria.

    Responder
  12. O gosto da Stevia é Horrível: modifica o sabor de qualquer bebida. Contudo, a sucralose é o adoçante que mais se assemelha ao açúcar.

    Responder
  13. Já uso sucralose a mais de três anos
    Tentei usar stevia mas achei o gosto ruim
    Gostaria de conhecer a folha e tentar adapta-la ao meu uso diário afinal tudo que é natural é mais saudável, porém estou satisfeita com a sucralose

    Responder
    • A sucralose aumenta a tireóide. Eu não sabia o porque de minha tireoide estar alterada até ouvir uma palestra do DR Lair Ribeiro dizendo os malefícios da sucralose. Coloquei no lixo. Agora me resta rezar para que minha tireóide volte ao normal mas não sei ainda porque descobri a pouco.

      Responder
    • Cuidado com a sucralose:
      http://www.unicamp.br/unicamp/ju/651/pesquisa-alerta-para-adicao-de-sucralose-em-alimentos-quentes

      Responder