Suplemento Probiótico em Cápsulas Funciona?

Especialista:
atualizado em 17/10/2019

O nosso intestino é a casa de trilhões de micro-organismos, onde também estão as bactérias que nos ajudam com a digestão, que também fazem o trabalho de produzir vitaminas e colaborar com o nosso sistema imunológico.

Os alimentos probióticos podem ajudar a manter a flora intestinal saudável, ao mesmo tempo em que são capazes de tratar de problemas digestivos e até neurológicos de forma natural.

O iogurte é o probiótico mais popular que existe, mas também podemos encontrar outras opções de alimento vivo que podem ser incluídos em nossa dieta, como o kefir, o missô e outros alimentos fermentados.

Uma outra opção de ingerir estas bactérias benéficas é tomar um suplemento probiótico em cápsulas, que vem ganhando adeptos por seus benefícios aliados à praticidade. Mas será que estes suplementos probióticos funcionam?

Vamos explorar um pouco mais sobre as propriedades dos probióticos e tentar definir se sua versão em cápsulas é tão boa quanto a natural.

O que são probióticos?

Nosso corpo abriga um sem fim de bactérias e os probióticos são também bactérias, que têm a função de alinhar o nosso trato digestivo ao mesmo tempo em que colaboram com a absorção dos nutrientes e combatem infecções.

Os probióticos estão em nosso sistema desde que nascemos e manter o equilíbrio destas bactérias é muito importante para que nosso organismo funcione da melhor forma possível.

Se você não tem probióticos suficientes em seu corpo, os efeitos colaterais podem ir desde problemas de digestão, de pele, doenças autoimunes e gripes a resfriados constantes.

Se estes problemas são comuns na sua vida, talvez o que falta é a ingestão de alimentos probióticos. Estes problemas estão cada vez mais frequentes nos dias de hoje. Isso porque antigamente nossa dieta era mais rica em comidas frescas e era muito comum realizar a fermentação de alguns alimentos para que eles durassem mais. Hoje, a história é bem diferente.

Por conta da refrigeração e algumas práticas perigosas da agricultura moderna, como encher nossos alimentos de cloro, por exemplo, a comida que consumimos atualmente quase não contém probióticos naturais. Mais alarmante do que isso é saber que muitos dos alimentos que compramos contêm antibióticos que têm o poder de matar as bactérias do nosso organismo.

A ação dos probióticos no nosso organismo

Entre suas ações benéficas ao nosso corpo, estão a de estimular anticorpos, como a imunoglobulina A e de linfócitos T. Outra função importante é a de promover melhor saúde digestiva, atuando beneficamente no fluxo intestinal.

Essas bactérias também são responsáveis produzir a vitamina B12, essencial para a saúde do sistema nervoso central, além de butirato, enzimas e vitamina K2. Em geral, trabalham para eliminar bactérias nocivas e fungos que podem causar doenças.

Ao incluir maiores doses de probióticos em sua alimentação, os benefícios são muitos, entre eles:

  • Sistema imunológico mais forte;
  • Melhor digestão;
  • Maior energia por conta da produção da vitamina B12;
  • Pele mais saudável;
  • Menor incidência de gripes e resfriados;
  • Cura de problemas digestivos;
  • Perda de peso.

Além disso, estudos científicos já comprovaram a ação benéfica dos probióticos no tratamento de algumas doenças, são elas:

  • Eczema, psoríase e acne;
  • Pedra nos rins;
  • Cólicas;
  • Prevenção de cáries e doenças nas gengivas;
  • Colite e doença de Crohn;
  • Combate bactérias resistentes a antibióticos;
  • Diminuição do colesterol;
  • Combate bactérias que causam úlcera.

Quais são as principais fontes de probióticos?

1. Iogurte

O iogurte é a fonte natural de probiótico mais comumente consumida, seja no café da manhã ou como lanche, é sempre uma opção muito saudável, principalmente se for o iogurte natural.

No entanto, existem algumas marcas que não vendem o iogurte em si, mas sim uma bebida láctea, que não possui a presença de probióticos. Da próxima vez que você comprar um iogurte, fique atento no que diz o rótulo.

2. Kefir

O kefir é um alimento similar ao iogurte, feito através de leite fermentado com alguns grãos. Este alimento é consumido há mais de 3000 anos, principalmente na Rússia e na Turquia.

Apesar de similar ao iogurte, o kefir possui maior variedade de bactérias, resultando em um produto final mais rico em probióticos.

3. Missô

O missô é um alimento muito comum no Japão, onde é usado também como alimento medicinal há mais de 2500 anos.

Ele é feito através da fermentação de grãos de soja, arroz ou cevada. Adicionar uma colher de missô em água quente é o suficiente para fazer uma sopinha rápida. Para promover mais nutrientes a esta receita, basta adicionar alguns legumes.

4. Kombucha

Este é um tipo de chá feito a partir da fermentação do chá preto e que também é um produto ancestral vindo da Ásia, com mais de 2000 anos de história.

Seus benefícios principais são o de ajudar no trato digestivo, dar mais energia e fazer uma desintoxicação do fígado.

Suplemento probiótico em cápsulas funciona?

O suplemento probiótico em cápsulas é bastante comum. Alguns devem ser refrigerados, por isso é importante ler bem o rótulo. Em geral, os probióticos em cápsulas são feitos com os mesmos tipos de bactérias encontrados em alimentos naturais e, por isso, oferecem os mesmos benefícios. No entanto, a quantidade e a variedade de probióticos presentes no suplementos podem ser muito menores do que você iria encontrar, por exemplo, em um kefir.

Especialistas recomendam que você busque suplementos que ofereçam uma boa variedade de probióticos por dose e também em um boa quantidade, como por exemplo de 20 a 50 milhões.

Cada marca vai ter um tipo de bactéria diferente e em quantidade diversa, por isso, é importante falar com um médico ou nutricionista sobre qual tipo de probiótico em cápsula será melhor para a sua saúde.

Até agora, estávamos falando da ação dos probióticos como um todo, mas fica a dúvida de se o suplemento probiótico em cápsulas tem o mesmo efeito dos probióticos naturais, como o iogurte, o kefir, o missô, entre outros.

Podemos dizer que comparado com estes alimentos, o suplemento de probiótico em cápsulas oferece vantagens e desvantagens, mas em geral, ele vai oferecer benefícios similares ao alimento natural.

O que pode mudar é que, além de ser um produto mais caro, os suplementos probióticos podem não ser tão confiáveis quanto um alimento natural. Isso porque nem sempre uma empresa vai ser sincera nas quantidades do princípio ativo do produto que está vendendo.

Ou seja, você pode pensar que está consumindo as bactérias necessárias para uma boa saúde, mas na verdade não está. Há também a possibilidade de que algumas marcas usem algumas bactérias que não são tão benéficas para o nosso organismo.

Em geral, recomenda-se o uso do suplemento probiótico em cápsulas no caso de alguma doença pontual, como prevenção ou tratamento de diarreia em caso de viagens ou depois de ter tomado antibiótico por muito tempo, mas não para tomar com regularidade, como se faz com algumas vitaminas.

Dicas e recomendações

  • Se você optar por tomar suplementos probióticos em cápsulas, escolha um produto de qualidade, sempre de acordo com as recomendações do seu médico ou nutricionista.
  • Mesmo assim, é interessante incluir os probióticos naturais em sua dieta. Começar o dia com um iogurte pode ajudar e muito na sua saúde, principalmente se você tem problemas com digestão.
Fontes e Referências Adicionais:

Você já tomou algum suplemento probiótico em cápsulas? Funcionou com você? Conhece alguém que recomende este tipo de suplemento? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (185 votos, média: 3,89 de 5)
Loading...
Sobre Julio Bittar e Dra. Patricia Leite

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário