Escolha de Alimentos

Veja os Tipos de Alimentos Que Ajudam a Emagrecer

Certos tipos de alimentos e estilo de vida podem ajudar a reduzir a gordura abdominal. Mas a gordura abdominal não aparece ou desaprece em resposta a alimentos específicos. Então o que todos esses alimentos que ajudam a emagrecer fazem? A maioria dos alimentos que você vê em listas assim caem em um desses dois tipos de alimentos.

1. Alimentos que Previnem Picos de Açúcar no Sangue

Exemplos dessa categoria “para secar a barriga” incluem salmão, abacate, azeite de oliva, amêndoas e feijões secos. Esses alimentos realmente ajudam a emagrecer? Na verdade não. Mas alimentos que contêm proteínas, gordura, e/ou fibras, têm digestão e absorção relativamente lenta, então tem menos probabilidades de causar um grande aumento de açúcar no sangue. Esses alimentos podem até desacelerar a digestão e absorção de carboidratos de outros alimentos com os quais são ingeridos.

A ideia aqui é que quando seu açúcar no sangue aumenta (como quando você come doces ou carboidratos refinados), ele coloca em movimento uma cascata hormonal que promove o armazenamento de gordura abdominal. A esperança é que ao evitar picos de açúcar no sangue, você também evite gordura abdominal. E há algumas pesquisas para apoiar essa teoria.

Há outros benefícios em potencial, também. Alimentos que contêm mais proteína e fibras também podem regular seu apetite e te ajudar a evitar comer demais. Entretanto, não cometa um erro: Não importa os tipos de alimentos você escolha, se você consumir mais calorias do que precisa, as calorias em excesso serão armazenadas como gordura.

2. Alimentos que Aumentam o Metabolismo

Exemplos dessa segunda categoria dos tipos de alimentos que ajudam a emagrecer são chá verde, pimenta de Caiena, vinagre, assim como qualquer coisa rica em proteínas, como ovos, carnes e peixe. Esses alimentos supostamente aceleram seu metabolismo, fazendo com que seu corpo queime suas reservas de gordura – incluindo a gordura abdominal. Enquanto é verdade que esses alimentos podem melhorar seu metabolismo, o diabo está nos detalhes. Uma xícara de chá verde ou uma colher de chá de pimenta de caiena pode te fazer queimar dez ou vinte calorias a mais por dia, mas é preciso 3500 calorias para queimar dois quilos de gordura. Sinta-se livre para incluir esses estimulantes de metabolismo na sua dieta, mas não espere milagres.

Outra forma de aumentar seu metabolismo e reduzir gordura abdominal é adicionar mais exercícios à sua rotina. Em particular, concentre-se em exercícios de resistência e em intervalos. Um estudo recente descobriu que alternar entre intervalos breves e intensos e intervalos de descanso é muito mais efetivo na redução de gordura abdominal do que se exercitar em um ritmo constante. Aumentar sua massa muscular magra com treinos de resistência irá aumentar o número de calorias que você queima e te ajudará a reduzir a gordura corporal.

Como os Níveis de Cortisol Afetam a Gordura Abdominal

Há outra estratégia que pode te ajudar a diminuir seu abdômen. O cortisol é um hormônio que é liberado em resposta ao estresse. E quem de nós não têm bastante estresse hoje em dia? Aqui está o problema: Níveis de cortisol cronicamente altos estão ligados ao aumento de gordura abdominal.

É claro, diminuir o estresse na sua vida não é tão fácil. Substituir sua viagem ao trabalho por uma hora de meditação pode não ser uma opção. Entretanto, a maioria de nós pode desligar a TV (ou tablet) uma hora antes e ir para a cama – e isso pode ter um efeito profundo e imediato nos seus níveis de cortisol. Seu corpo percebe a falta de sono como estresse. Aqueles que dormem pouco tendem a ter níveis mais altos de cortisol, o que pode ajudar a explicar por que dormir pouco é consistentemente ligado ao ganho de peso.

6 Dicas para Reduzir a Gordura Abdominal

Para resumir, aqui estão 6 dicas exclusivas para evitar uma barriga flácida. Não é coincidência que essas mesmas estratégias te ajudarão a diminuir seus riscos de doenças e desacelerar o processo de envelhecimento!

  • Limite sua ingestão de açúcar e carboidratos refinados.
  • Escolha alimentos que têm muitas proteínas e fibras.
  • Não coma exageradamente. É importante escolher alimentos saudáveis, mas você também precisa comê-los em quantidades que te permitam manter um peso saudável.
  • Seja tão ativo quanto possível.
  • Faça o que puder para minimizar o estresse.
  • Faça com que um sono de qualidade seja prioridade.

Quais alimentos dos citados acima você come com maior frequência? Você acreditam que eles podem estar te ajudando a emagrecer? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votos, média: 4,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite


ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*