Home » Suplementos » Remédios » Venlafaxina Engorda ou Emagrece?

Venlafaxina Engorda ou Emagrece?

Venlafaxina

Algumas pessoas buscam alternativas múltiplas na luta para emagrecer. Fazem tudo o que lhe é indicado, deixando, muitas vezes, a saúde de lado. O excesso de peso não é saudável para ninguém, porém, dietas malucas também não.

  Continua Depois da Publicidade  

Há quem tome, por conta própria, laxantes, diuréticos, inibidores de apetite, antidepressivos, etc. Um dos antidepressivos que algumas pessoas tomam tentando perder peso é Venlafaxina, mas há boatos de que a Venlafaxina engorda também. Vamos confirmar o que é verdade?

O que é Venlafaxina?

Venlafaxina é um antidepressivo indicado para o tratamento de ansiedade, transtorno do pânico e quadros de depressão variados.

Esse medicamento age nas substâncias químicas do cérebro (serotonina e noradrenalina), que quando estão em desequilíbrio, causam a depressão.

Venlafaxina engorda ou emagrece?

Não se pode dizer que Venlafaxina engorda, mesmo porque, em alguns casos, Venlafaxina emagrece.

  Continua Depois da Publicidade  

Em ensaios clínicos, 3% dos participantes relataram alterações no peso. Alguns deles ganharam peso, enquanto outros, perderam.

Vamos entender melhor:

  • Venlafaxina emagrece quando uma das causas do ganho de peso advém da ansiedade, que provoca uma busca descontrolada por comida, principalmente doces. Nesse caso, o medicamento ajuda a controlar o transtorno de ansiedade, diminuindo a compulsão por alimento, e permitindo que a pessoa consiga seguir uma dieta.
  • Outro fator desencadeante da perda de peso diz respeito à recuperação da autoestima, proveniente da restauração do equilíbrio dos níveis de serotonina, que ao longo do tratamento, os antidepressivos promovem. Ao recuperar a autoestima, a pessoa já não sente no alimento a sua única fonte de prazer.
  • Há relatos de que um efeito colateral é que a Venlafaxina engorda, mas isso foi relatado em menos de 1% dos casos. Esse ganho de peso pode não ser devido ao medicamento, mas sim à depressão que o paciente está buscando curar. Podendo estar ainda numa fase de implantação do medicamento no organismo, o paciente ainda mantém o comportamento depressivo.
  • Dificilmente um antidepressivo apresentará resultados antes de 4 semanas de tratamento, podendo esse prazo se estender, dependendo do estado emocional do paciente. Portanto, seria leviano afirmar que Venlafaxina engorda.
  • Também temos que considerar que pessoas deprimidas dificilmente sentem disposição para atividades físicas, caminhadas ao ar livre e etc, o que também colabora para o ganho de peso.
  • Outro dado é que 70% das pessoas que tomam antidepressivos são mulheres, que já tem muito mais propensão a engordar, devido às suas variações hormonais.

Fome x Compulsão alimentar

Vamos entender a diferença, para termos melhor noção:

– Fome

Entende-se por fome a resposta do organismo, que durante um período muito prolongado, esteja carente de alimentos que lhe forneçam os nutrientes indispensáveis à sua manutenção e saúde. Quando isso ocorre, o cérebro manda o aviso de que é preciso repor as energias, e aí então sentimos fome.

– Compulsão alimentar

  Continua Depois da Publicidade  

É uma situação onde o indivíduo come quantidades exageradas de alimentos, muito além do necessário, incontáveis vezes durante o dia. Esses alimentos geralmente são hipercalóricos, cheios de açúcares, gorduras e sal. Não há investimento em qualidade alimentar, somente quantidade. Algumas pessoas compulsivas comem até se sentirem mal.

Geralmente, após essa crise compulsiva, o indivíduo sente culpa, o que acaba levando a pessoa a ingerir mais alimentos, criando-se assim um ciclo vicioso.

A compulsão alimentar é uma das principais causas do ganho de peso. Nos quadros depressivos acompanhados de transtornos de ansiedade, muitas vezes, algumas pessoas ganham peso, por atribuir à comida sua única fonte de prazer e alegria.

  Continua Depois da Publicidade  

A compulsão alimentar está atrelada à ansiedade, que desencadeia essa busca frenética por alimentos em algumas pessoas.

Efeitos colaterais

Em alguns ensaios clínicos, foram observados alguns efeitos colaterais relacionados à Venlafaxina.

Alguns pacientes relataram efeitos comuns como insônia, tontura, náuseas, dores de cabeça, visão turva e sonolência. Em outros pacientes foram observados problemas de falta de libido, mudanças de apetite, desconforto gastrointestinal e ansiedade.

Os efeitos colaterais indesejados e considerados severos atribuídos à Venlafaxina estão ligados ao aumento da pressão arterial, dores no peito, elevação do colesterol e confusão mental.

Alguns relatos esporádicos de zumbidos nos ouvidos, dificuldade em urinar e edemas.

Possíveis ocorrências de indisposição gástrica podem ter origem na forma equivocada de tomar o medicamento, que não deve ser ingerido quando o estômago estiver vazio.

Efeito colateral bom 

A maioria das pessoas vive buscando eliminar gorduras e peso, porém, algumas estão na outra ponta da história, vivendo uma situação totalmente contrária, ou seja, há pessoas que ao entrarem em depressão emagrecem abruptamente, e encontram sérias dificuldades em recuperar o peso perdido.

Para esses casos, o ganho de peso como efeito colateral após o início do tratamento com antidepressivos é um sinal de melhora do paciente, que conseguiu recuperar o apetite, passando a se alimentar normalmente.

Nesses casos, quando a Venlafaxina engorda o paciente, é um bom sinal!

Quem não deve tomar Venlafaxina

  • Pacientes com glaucoma;
  • Pessoas com propensão a pensamentos suicidas;
  • Crianças;
  • Gravidez e lactação.

Considerações finais

Obviamente, esse artigo tem caráter meramente informativo. Tomar ou deixar de tomar Venlafaxina é uma decisão que deve ser discutida com um profissional da área.

Todo medicamento antidepressivo deve ser prescrito por um psiquiatra, que após uma consulta e exames clínicos, chegará à conclusão sobre o tipo de medicamento necessário a cada pessoa, bem como a dosagem.

Tomar Venlafaxina, única e exclusivamente, com o intuito de emagrecer, foge aos propósitos do medicamento, mesmo porque, há outros fatores que levam a pessoa a engordar, como por exemplo, disfunções hormonais, endócrinos, genética, etc.

Você conhece alguém que tenha tomado Venlafaxina com o intuito de emagrecer ou engordar? Já tomou este medicamento alguma vez? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (348 votos, média: 3,88 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite
  Continua Depois da Publicidade  


ARTIGOS RELACIONADOS

143 comentários

  1. Me
    Tirem uma dúvida: eu tava tomando uma amostra grátis por 10 dias e troquei hoje para o da eurofarma. Achei q to mais com sono e mais mau estar. Vcs sabem se tem diferença de marca?

  2. Engorda sim, eu estou tomando e engordei mais de 6 quilos em 9 meses.

  3. Tomei a venla por 3 anos na dosagem de 300 mg. Engordei 10kg. Sempre tive o mesmo peso de 54 kg, nunca tinha me sentido gorda. O remédio incha braços, rosto e abdômen principalmente. Acho que foi o antidepressivo com piores efeitos colaterais na fase de adaptação que já tomei. Tive ataques de pânico, desiquilibrio.. foi punk. Não foi só o peso que foi atingido. Pra mim os sintomas colaterais demoraram um mês pra psssar. Passei muito mal com esse remédio. No entanto para depressao e ansiedade o remédio funciona muito bem. É complicado decidir o que fazer. Eu penso que nunca da pra saber direito se um antidepressivo engorda ou emagrece antes de tomá-lo mas eu sinceramente não recomendo este remédio. Eu tentaria outro q fosse bom pra depressao mas que não atingisse tanto o organismo

  4. EStou tomando Venlift há 6 meses e engordei 5 quilos. Só me dei conta que era um efeito do remédio, quando a nutricionista falou.
    Tenho pouca tendência a engordar e esse remédio conseguiu mudar isso.
    Não vejo a hora de parar!!!
    Se puder, solicite outra opção ao seu médico

    Uma pergunta ao pessoal que tb engordou tomando a venlafaxina, depois de suspender o uso, o peso voltou ao normal?

  5. Tomo 2 efexor de 150mg o número de medicamentos para depressão não são só estes. Meu estado depressivo foi muito grave, antes de eu tomar qualquer medicamento eu já estava engordando depois do falecimento do meu marido. A depressão está melhorando muito mas já faz 8 anos que estou tomando, prefiro ser uma gordinha bonita do que ser uma gorda depreciva, feia, chorosa é de mau humor com a vida.

  6. Ganhei mais de 20kg nos últimos 3 anos com esse medicamento. Comecei musculação e dieta há um ano e nada até agora. Me ajudou com a ansiedade e depressão, mas agora depois desses anos, já estou pensando em parar, devido ao aumento de peso. Apesar do meu médico ter me dito que eu teria de tomar pro resto da vida.

  7. Tomo 225mg de Efexor a um ano e seis meses. Depois de um ano que comecei a engordar. Aumentei 14kg mesmo comendo pouco e malhando pesado e, perdi desejo sexual. Independente do efeito colateral, é o melhor remédio que já usei, vale a pena. Você dorme melhor e seu humor fica bem estabilizado.

  8. Maria Odete Marcelina Vieira Vieira

    Odete
    04 de junho de 2019 14:33

    Estou tomando a venlafaxina ha um mês passei para a 2º caixa o medico diz que vai melhorar depois de 12 semanas, no 1º dia me deu tudo que estava na bula, diárreia, tontura, vista turva acho que foi o medo, hoje não sinto mais nada o medico aumentou a dose de 37,5 passou para 75mg e perdi o apetite, espero que melhoro deste calor insuportável aff.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*