13 Melhores Frutas para Gases

Especialista:
atualizado em 04/08/2020

Quem sofre com os gases intestinais provavelmente já ouviu falar que existem frutas para gases que podem te ajudar com esse problema. É importante ficar de olho nos alimentos que causam gases e nos que são úteis em relação ao problema.

Assim como conhecer a lista de alimentos que provocam gases, saber quais comidas saudáveis são menos agressivas em relação à flatulência e poder clarear a mente de quem sofre com o problema e ajudá-lo a montar as suas refeições.

13 frutas para gases

A listinha a seguir apresenta as frutas com reputação de provocar menos gases ou de produzir somente uma quantidade normal de gases:

  • Meloa (cantalupo);
  • Frutos silvestres como mirtilo (blueberry), framboesa, morango e oxicoco (cranberry);
  • Cereja;
  • Abacate;
  • Melão honeydew;
  • Kiwi;
  • Abacaxi;
  • Mamão papaia;
  • Frutas cítricas como limão, lima, laranja, tangerina, clementina e toranja;
  • Nectarina;
  • Uva;
  • Tomate;
  • Ameixa seca.

Avisos

As frutas para gases mencionadas acima são apresentadas como boas em suas versões frescas – quando se trata de frutas enlatadas, desidratadas (com exceção da ameixa seca) ou ainda na forma de suco a história é bem diferente.

Além disso, é importante ter em mente que os alimentos que provocam flatulência em algumas pessoas podem não causar os gases em outros indivíduos e vice-versa. Portanto, a listinha acima é geral e podem haver exceções e casos em que mesmo o consumo de uma fruta com reputação de não causar tantos gases resulte em algum tipo de flatulência.

Dicas

Segundo a coach de saúde e autora de livros sobre a síndrome do intestino irritável Barbara Bolen, mesmo as frutas conhecidas como menos produtoras de gases devem ser consumidas em moderação.

“Existe um limite da quantidade de frutas à base de carboidratos que o seu corpo pode absorver em determinado momento. Quanto mais frutas você comer – mesma das opções menos flatulentas – maiores são as chances de experimentar os gases indesejados”, afirmou Bolen.

Entretanto, precisamos deixar uma ressalva: os gases não podem ser utilizados como justificativa para eliminar as frutas da dieta porque elas são um alimento importantíssimo para a saúde, uma vez que fornecem fibras, vitaminas, minerais e antioxidantes essenciais para o funcionamento adequado do organismo humano.

Então, se a sua flatulência está além da conta, antes de cortar a fruta ou qualquer outro alimento saudável da sua dieta, procure o auxílio de um nutricionista para encontrar um padrão de dieta que auxilie a controlar os seus gases, ao mesmo tempo em que não deixe de fornecer os nutrientes que o seu corpo necessita para funcionar direitinho.

A culpa não é só da alimentação

Quando falamos a respeito das frutas para gases não podemos deixar de ressaltar que a alimentação não é o único fator que influencia a flatulência liberada pelo corpo.

O PhD e professor clínico associado de nutrição da Universidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, Charles Mueller, explicou que os gases que soltamos não são produzidos somente pelos alimentos que consumimos, mas também pelo ar que engolimos, que acaba passando pelo trato gastrointestinal.

No mesmo sentido, o gastroenterologista, professor clínico associado de medicina da Universidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, e PhD David Poppers esclareceu que os gases são uma combinação entre dois fatores: o ar que engolimos, ao comermos muito rapidamente, e o alimento que é consumido em si.

A nutricionista Abby Langer explicou ainda que doenças gastrointestinais sérias também podem ser a principal causa dos gases. Eles ainda podem estar relacionados ao uso de alguns medicamentos e a problemas na flora intestinal, completou a especialista.

“Para aqueles de nós que não têm um problema de fundo (para provocar os gases, como as doenças gastrointestinais), a quantidade de gases que nós temos está diretamente relacionada com a quantia de alimento e/ou ar não digerido no nosso cólon. Se a gente está comendo coisas que o nosso corpo não está decompondo, nós vamos ter gases”, completou Langer.

Ainda que seja constrangedora, a flatulência é uma função normal do corpo, completou o PhD Charles Mueller. Ele alertou ainda que devemos nos preocupar mais quando não estivermos soltando gases do que quando a flatulência aparecer.

Mueller orientou também a procurar o auxílio médico quando ocorrerem mudanças nos hábitos intestinais que não se resolvem sozinhas como cólicas, inchaço, prisão de ventre, diarreia, não ter flatulência alguma ou o aparecimento de muitos gases.

Referências Adicionais:

Você já conhecia as 13 melhores frutas para gases? Pretende experimentar alguma na próxima vez? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Depois disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas, e só então ele é publicado no site. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário