Óleo de semente de uva

7 Benefícios do Óleo de Semente de Uva – Para Que Serve e Dicas

Ainda pouco conhecido, o óleo de uva é na verdade um subproduto da produção do vinho. Vinicultores extraem quimicamente das sementes dos frutos um óleo de cor clara e sabor bastante suave, que assim como outros óleos vegetais, é rico em gorduras pol-iinsaturadas e não contém colesterol, sendo uma alternativa mais saudável às gorduras de origem animal.

Quais serão os benefícios do óleo de semente de uva para a saúde? E ele ajuda também a boa forma? Vamos conferir aqui para que serve e algumas dicas de uso!

Propriedades

Embora a uva seja uma fruta altamente nutritiva, boa parte de suas propriedades não são transmitidas ao óleo obtido a partir do uso de solventes químicos. Ainda assim, o óleo de semente de uva apresenta um alto teor de ácidos graxos poli-insaturados (como os ômegas 6 e 9) e vitamina E.

Cada colher do óleo de semente de uva fornece:

  • 120 calorias;
  • 14 gramas de gordura, das quais:
    • 10% são saturadas;
    • 16% monoinsaturadas;
    • 70% poliinsaturadas.
  • 3,9 miligramas de vitamina E (o que equivale à 19% da ingestão diária recomendada, ou IDR).

Para que Serve

O óleo de semente de uva tem sido utilizado há bastante tempo como cosmético e mais recentemente o produto ganhou a prateleira dos supermercados por seu alto teor de ácidos graxos essenciais.

Além de melhorar a saúde da pele e nutrir os cabelos, o óleo de uva também serve como uma opção aos óleos de soja e de canola (pois contém mais ácidos graxos poli-insaturados).

Outros usos do óleo de semente de uva: estabilização da glicose sanguínea, redução das dores da artrite reumatoide e tratamento de hemorroidas.

Benefícios do óleo de semente de uva

Antes de enumerarmos todos os benefícios do óleo de semente de uva, é importante reiterar que, ao contrário do que muitos fabricantes do produto afirmam, ele não apresenta os mesmos benefícios da uva.

Assim, afirmações de que o “óleo de semente de uva é rico em resveratrol”, ou “óleo de semente de uva contém fibras e inúmeros antioxidantes” não possuem embasamento científico. Por esse motivo, apenas listaremos abaixo os benefícios que já foram alvo de testes e pesquisas científicas.

1. Contém gorduras que podem auxiliar na perda de peso

Um estudo publicado no Journal of Nutrition relata que participantes que receberam um composto com ácido linoleico conjugado perderam peso (apesar de não terem feito dieta) e também apresentaram uma alteração nos níveis de leptina na circulação.

Pesquisas indicam ainda que os demais ácidos graxos poli-insaturados – palmítico, esteárico e oleico – do óleo de semente de uva também ajudam na perda de peso, uma vez que favorecem a utilização de gordura marrom como fonte de energia.

2. Reduz o colesterol

O alto teor de ômega 6 do óleo de semente de uva garante que uma boa dose de ácido linoleico seja convertido em ácido gama-linolênico (GLA), um tipo de ácido graxo que tem função anti-inflamatória.

Quando convertido em outra molécula – o DGLA – o ácido linoleico pode reduzir a oxidação das lipoproteínas de baixa densidade – ou colesterol LDL, como é conhecido.

E além de auxiliar na redução das taxas de colesterol ruim, o óleo de semente de uva também pode contribuir para a elevação dos níveis de HDL, o colesterol que tem efeito cardioprotetor.

3. Previne a diabetes

Uma série de estudos tem comprovado que o uso oral do ácido linoleico pode favorecer a ação da insulina e assim reduzir algumas das complicações associadas à diabetes.

De acordo com um estudo do Penn State College nos Estados Unidos, ratos com propensão à diabetes que consumiram ácido linoleico conjugado apresentaram uma melhora nos mecanismos de funcionamento da insulina e da absorção de glicose.

Recomenda-se duas cápsulas do óleo ao dia (uma após cada refeição) para estabilizar as taxas de glicose no sangue.

4. Óleo de uva é bom para o cabelo

Mesmo que você não queira cozinhar com o óleo de semente de uva, o produto ainda tem um espaço no seu dia a dia. De maneira semelhante ao óleo de coco e ao azeite, o óleo de semente de uva é um poderoso hidratante natural para os fios de cabelo secos e sem vida.

Mas há ainda outros benefícios do óleo de semente de uva para os cabelos: quando aplicado diretamente sobre o couro cabeludo, o produto trata a caspa, diminui a queda de cabelo e ainda fortalece os fios.

Outra vantagem do óleo de uva: como é mais leve que o óleo de coco e o azeite, ele não deixa o cabelo com aspecto oleoso. Além disso, a gordura é praticamente inodora (andar pela rua cheirando azeite pode não ser uma ideia muito animadora, sobretudo nos dias quentes do verão) e pode ser deixada na ponta dos fios sem enxague.

Como usar: para um tratamento mais profundo dos fios, aplique o óleo de semente de uva levemente aquecido por todo o comprimento e deixe durante toda a noite. Se preferir, faça uma tratamento mais rápido, deixando o óleo sobre os frios por 1-2 horas antes de enxaguar em água fria.

Para o dia a dia, aplique algumas gotas do óleo nas pontas, mas não enxague.

5. Trata a pele

As sementes de uva contêm vitamina E, um nutriente com grande potencial antioxidante. Se aplicado diretamente sobre a pele, o óleo de semente de uva estimula o crescimento de novas células e ainda reduz parte dos danos causados pelos radicais livres.

Os nutrientes do óleo de semente de uva protegem a pele contra os raios ultravioleta, e podem até mesmo melhorar o aspecto de manchas e sinais causados pela exposição excessiva ao sol.

Mais um dos benefícios do óleo de semente de uva para a pele: como é anti-inflamatório e levemente adstringente, ajuda a tratar a acne e facilita a remoção de cravos. Assim, tonifica a pele como um todo e deixa o tecido com um aspecto mais jovial.

Dica de uso: massageie o óleo de uva nas áreas com rugas e marcas de expressão e deixe agir de um dia para o outro.

6. Melhora as dores das doenças reumáticas

Artrite, artrose e gota são doenças reumáticas crônicas que se caracterizam por uma inflamação das articulações.

Nos episódios conhecidos como crises reumáticas, o alto grau de inflamação da articulação causa dores e pode restringir consideravelmente os movimentos.

A ação anti-inflamatória do óleo de uva massageado diretamente na área dolorida ajuda a melhorar a circulação no local e assim pode diminuir as dores reumáticas.

Para melhores resultados, é possível combinar o uso tópico com a ingestão do óleo de uva em cápsulas ou na forma de tempero para saladas e afins.

7. Pode ser aquecido

Ao contrário do azeite, que não deve ser levado ao fogo, o óleo de semente de uva pode ser utilizado em pratos quentes e até mesmo para fazer frituras.

Isso porque o óleo da semente de uva tem um alto ponto de fumaça – isto é, ele pode ser aquecido sem que compostos tóxicos (leia-se acroleína, substância relacionada a determinados tipos de câncer) sejam liberados. Poder ser usado sem maiores problemas para a saúe na cozinha é um dos benefícios do óleo de semente de uva mais interessantes.

Dicas

  • Embora seja um pouco mais caro, vale a pena optar pelo óleo de uva prensado a frio. Além de conter mais nutrientes, o óleo obtido desta maneira não contém solventes químicos;
  • Em excesso, óleos vegetais ricos em ômega 6 podem causar inflamação no organismo. Para evitar esse efeito colateral mas ainda obter todos os benefícios do óleo de semente de uva, evite consumir mais de uma ou duas colheres do alimento ao dia;
  • O óleo de semente de uva é apenas um dos diversos óleos funcionais que você pode encaixar na sua dieta. Para aproveitar as propriedades benéficas de todos eles, faça um “rodízio” semanal com o azeite, óleo de coco, óleo de alho, etc;
  • Se o objetivo for a perda de peso, deixe as cápsulas de óleo de semente de uva de lado e opte pelo óleo in natura. Além de saber exatamente o que está consumindo, você também obterá mais saciedade com o óleo consumido em conjunto com as refeições;
  • Experimente utilizar o óleo de semente de uva para fazer molho para a salada, grelhar legumes e carnes magras, finalizar pratos ou preparar receitas saudáveis. Bolos, tortas e pães integrais ficam saborosos e nutritivos quando a margarina e o óleo de soja são substituídos pelo óleo de semente de uva prensado a frio;
  • Os efeitos colaterais do óleo de semente de uva são poucos e raros, mas podem incluir diarreia, náuseas e dores abdominais.

Onde comprar

Você encontra o óleo de semente de uva em casas de produtos naturais, farmácias e em sites especializados na internet.

O preço do óleo de semente de uva para uso cosmético é de aproximadamente R$20,00 o frasco com 120 ml. Para as cápsulas, o preço é de R$22,00 por 100 cápsulas.

Já o óleo de uso culinário custa cerca de R$32,00 a embalagem de 500 ml.

Você já conhecia todos esses benefícios do óleo de semente de uva para a saúde e boa forma? Já experimentou utilizá-lo de alguma forma? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (37 votos, média: 3,81 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

4 comentários

  1. Por gentileza, este óleo pode ser usado para lubrificação vaginal?

  2. Olá boa noite eu gostaria de tomar esse óleo de semente de uva, tenho problemas de pressão alta, será que posso tomar,e quero saber se qualquer pessoa de qualquer idade, pode?eu tenho 41 anos,quero tirar algumas linhas no pescoço ,na testa olheiras,em fim pra usar como hidratante corporal será que posso,e devo tomar,quantas colheres por dia,e tenho ressecamento, hemorroida,por favor me indique o qual óleo de uva posso usar,pra tudo isso que falei, obrigada

    • Boa tarde Marli,
      Visto que você tem pressão alta, aconselho-a a consumir aveia em flocos (50g ao dia) in natura, mingau ou com iogurtes naturais. A aveia é um carboidrato que liquidifica e limpa as artérias. Consuma também 50g de amendoim torrado, sem casca e sem sal, este tem muita arginina que é o precursor do óxido nítrico que produz o NO2 que bombeia o sangue. Estes dois juntos diminuirão em muito seu problema de pressão alta.

      Para o problema de hemorroidas, é importante consumir frutas e legumes ricos em fibras: mangas (principalmente a bourbon de cor verde e outras) abóboras maduras e verdes (todas) aveia e outros legumes e verduras fibrosos. O consumo diário de fibras otimizará seu problema e até elimina-lo, pois vai fazer você evacuar com facilidade, diminuindo sangramentos e inflamações.

      Para as rugas, recomendo o uso regular de 10g de colágeno hidrolisado em pó, tem de ótima qualidade a venda no mercado livre. Evite sabonetes que ressecam a pele.

      Espero ter ajudado.

  3. obrigado pelas dicas, me ajudo muito.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*