8 Alimentos Que Não São Tão Saudáveis Quanto Parecem

Especialista:
atualizado em 30/01/2020

Quando alguém busca tornar a alimentação mais balanceada, seja para perder peso ou cuidar para melhor da saúde, é bem provável que ela procure também trocar alimentos gordurosos e calóricos por outros mais saudáveis. Entretanto, um erro que a pessoa pode cometer é passar a consumir comidas famosas por fazerem bem ao organismo, mas que no fundo podem não ser tão boas assim.

Isso acontece porque nem todo mundo tem o costume de avaliar e conferir a quantidade de nutrientes presentes no produto, que são apresentadas nas tabelas nutricionais presentes nas embalagens.

Hoje, nós vamos conhecer alguns desses alimentos que não são tão saudáveis quanto parecem:

1. Barra de proteínas

Barra de Proteínas - Texto 5

Apesar de serem uma forma prática e rápida de consumir proteínas, essas barrinhas também são compostas por outras substâncias não tão benéficas à saúde como açúcar, xarope de milho com alto teor de frutose, além de conterem gorduras trans e serem adocicadas artificialmente.

2. Bebidas esportivas

bebidas esportivas - Texto 5

Uma pesquisa da Universidade de Oxford, na Inglaterra, contestou a eficiência das bebidas esportivas. De acordo com o estudo, há falta de evidência que esses produtos possam realmente melhorar a performance atlética ou a recuperação do corpo.

Os pesquisadores também afirmaram que metade das páginas virtuais das marcas não fornecem evidências para o que seus produtos prometem e que as que oferecem não podem ser consideradas aceitáveis. Eles também informaram que as avaliações dos produtos encontradas foram consideradas por eles com risco de serem tendenciosas.

3. Pão integral

pao-integral

Em relação ao pão integral, é preciso prestar atenção porque nem todos eles são feitos exclusivamente com grãos integrais. Alguns que alegam serem multi-grão podem conter farinha refinada e os chamados 100% natural podem ter, na verdade, poucos grãos integrais.

Além disso, outros podem ser adocicados artificialmente, possuir óleos hidrogenados, xarope de milho com alto teor de frutose e conservantes, para aumentar a validade e dar coloração ao produto.

Para ter certeza de qual marca realmente cumpre a promessa contida na embalagem, é necessário sempre ler as tabelas nutricionais dos pães integrais e conferir os ingredientes presentes na receita.

4. Iogurte

Iogurte natural

Apesar de não ser um alimento tão calórico, algumas marcas de iogurte sem gordura ou com baixo teor de gordura possuem outras substâncias que afetam negativamente a saúde como xarope de milho com alto teor de frutose, açúcar e amido, além de serem adoçados artificialmente.

5. Frutas desidratadas

Frutas secas

Por possuir altas doses de açúcar e substâncias químicas (usados em alguns casos para aumentar o prazo de validade), as frutas desidratadas não são tão diferentes assim de outros tipos de doces. Menos mal, que diferentemente das guloseimas, as versões desidratadas de frutas possuem fibras.

Outro problema é que elas possuem mais calorias do que outros tipos de frutas. Por exemplo, enquanto 30 g de maçãs desidratadas possuem 96 calorias, a mesma proporção da maçã natural contém menos de 22 calorias (baseando-se em que em 100 g da fruta há 72 calorias).

6. Sucos de Frutas

5f-sucos

Os sucos de frutas têm vitaminas e podem parecer uma opção muito saudável para se alimentar. Mas em geral, até mesmo os naturais têm uma enorme quantidade de carboidratos por copo. Um suco natural da fruta pode ter mais de 30g de carboidratos por copo e um suco industrializado pode ter até mais de 40g de carboidratos por copo. Isso é semelhante a uma lata de refrigerante.

7. Margarina

Margarina

Os óleos processados são muito famosos por conta de toda publicidade que gordura faz mal, que manteiga é o inimigo… Mas não acredite nisso. Muitas margarinas estão cheias de gordura trans e processos químicos que fazem mal a saúde. Se o rótulo diz que o produto possui gordura hidrogenada, então saiba que tem gordura trans.

8. Cereais Matinais

Cereais

Muitas pessoas começam o dia comendo uma porção de sucrilhos ou granola com leite ou iogurte. Parece fazer todos sentido e ser uma opção muito saudável. Mas você precisa saber que a maioria deles tem uma enorme quantidade de carboidratos e açúcares por porção. Em geral são muito processados, contendo poucas fibras, vitaminas e minerais. Muitas empresas adicionam vitaminas sintéticas para dizer no rótulo que o produto é enriquecido com X, Y e Z. É preciso muito cuidado para fazer boas escolhas se você gosta tanto de cereais matinais.

Quais alimentos desta lista acima você costuma consumir com frequência? Sabia que eles não eram tão saudáveis quanto parece? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

1 comentário em “8 Alimentos Que Não São Tão Saudáveis Quanto Parecem”

  1. Como pão integral todos os dias, mas é um pão 100% integral, sem adição de gorduras, sem conservantes e com baixo teor de sódio. Foi muito difícil encontrar um pão assim. Compro de 2 em 2 e mantenho um no congelador e outro na parte de baixo da geladeira.
    Costumo beber suco de laranja no almoço e de vez em quando como uma barrinha (realmente elas têm muito açúcar!)