8 benefícios do chucrute que você não conhecia

Especialista da área:
atualizado em 28/05/2021

Você sabia que existem benefícios do chucrute para a saúde? Estima-se que a sua origem seja a China, há mais de 2 mil anos. Mas ele tornou-se bastante popular na Alemanha.

  Continua Depois da Publicidade  

Enquanto você certamente já ouviu falar dele, pode ser que ele não seja tão frequente nas suas refeições.

Ou até mesmo pode ser que você o considere um alimento estranho. Entretanto, devido aos possíveis benefícios do chucrute para a saúde, vale a pena incluí-lo nas refeições.

A sua preparação é a partir da fermentação do repolho. E é devido a esse processo que o chucrute oferece nutrientes e benefícios que superam os próprios benefícios do repolho!

No entanto, quais são todos esses nutrientes e benefícios que o alimento fermentado pode nos proporcionar? É exatamente isso o que vamos conferir na lista a seguir:

1. Toda a nutrição do chucrute

Chucrute

Uma porção de uma xícara de chucrute, que é equivalente a 142 gramas, tem 27 calorias.

Ao mesmo tempo, serve como fonte de nutrientes importantíssimos para o organismo. Por exemplo, fibras, ferro, manganês, cobre, potássio, vitamina B6, vitamina B9, vitamina C e vitamina K.

O chucrute é particularmente nutritivo porque passa pela fermentação. Um processo em que os micro-organismos do repolho digerem os seus açúcares naturais e os convertem em dióxido de carbono e ácidos orgânicos.

Como nada é perfeito, não podemos deixar de alertar que o chucrute possui muito sódio. Isso porque o mineral, em excesso, é bastante perigoso para a saúde.

O teor do mineral presente no alimento corresponde a 41% do valor diário recomendado de ingestão da substância! Portanto, por possuir bastante sódio, deve-se consumir o chucrute moderadamente.

  Continua Depois da Publicidade  

2. Auxílio à digestão

Digestão

A fermentação do chucrute também cria condições que promovem o crescimento dos probióticos.

Eles são bactérias do bem que trazem benefícios para a saúde. Além disso, funcionam como a primeira linha de defesa contra toxinas e bactérias prejudiciais à saúde.

Os probióticos do chucrute não pasteurizado (processo que elimina micróbios sem alterar o gosto de um alimento ou destruir as vitaminas) podem ajudar a melhorar a digestão.

Eles ajudam a tornar os alimentos mais digeríveis. Isso aumenta a habilidade do intestino para absorver as vitaminas e os minerais que eles contêm.

Aliás, pesquisas já apontaram que os probióticos podem contribuir com a diminuição de gases, inchaço, prisão de ventre, diarreia e sintomas da doença de Crohn e colite ulcerativa.

3. Reforço ao sistema imunológico

Os probióticos e nutrientes encontrados na composição do chucrute ainda estimulam o sistema imunológico.

As bactérias do bem que habitam o intestino exercem uma grande influência no sistema imunológico. Os probióticos do chucrute, por sua vez, podem ajudar a melhorar o equilíbrio de bactérias intestinais, o que ajuda a manter o revestimento intestinal saudável.

De fato, um revestimento intestinal mais forte ajuda a prevenir que substâncias indesejadas acessem o organismo e causem uma resposta imunológica.

  Continua Depois da Publicidade  

Além disso, o chucrute serve como uma boa fonte do mineral ferro e de vitamina C, dois nutrientes que também colaboram com um sistema imunológico saudável.

4. Pode contribuir com a perda de peso

Emagrecimento

O chucrute pode ser um bom acréscimo para a dieta voltada ao emagrecimento porque possui poucas calorias e é rica em fibras, um nutriente importante para a promoção da saciedade.

Uma vez que o corpo está com saciedade, fica mais fácil controlar o apetite e não extrapolar na ingestão de calorias.

Entretanto, o fato do alimento apresentar probióticos também pode dar a sua força neste sentido. Isso porque cientistas acreditam que certos probióticos podem ter a habilidade de reduzir a quantidade de gorduras que o corpo absorve da dieta.

5. Auxílio à saúde mental e saúde cerebral

Diversos estudos já apontaram para a existência de uma ligação íntima entre o intestino e o cérebro.

Eles indicaram que o tipo de bactéria presente no intestino pode ter a habilidade de enviar mensagens ao cérebro, influenciando a maneira como o órgão funciona e percebe o mundo.

Aliás, um estudo até indicou que as emoções humanas são afetadas pelas bactérias do intestino.

Já apontou-se que os probióticos podem ajudar a melhorar a memória e a reduzir os sintomas de ansiedade, depressão e autismo. Até mesmo do transtorno obsessivo-compulsivo (TOC).

Além disso, o chucrute pode contribuir com a saúde cerebral através do aumento da absorção de minerais relacionados à regulação do humor, como o magnésio e o zinco.

6. Pode ajudar a diminuir o risco de alguns tipos de câncer

Tudo porque o repolho – o alimento que dá origem ao chucrute – é composto por antioxidantes e outras substâncias de origem vegetal.

Pesquisadores acreditam que esses compostos podem ajudar a reduzir o dano ao DNA, a prevenir mutações celulares e a bloquear o crescimento celular excessivo que tipicamente resulta no desenvolvimento de tumores.

O processo de fermentação do repolho também pode criar compostos vegetais em particular que suprimem o crescimento de células pré-cancerosas.

Mas vamos com calma, pois o número de estudos é limitado e nem todos encontraram os mesmos resultados. Portanto, mais pesquisas são necessárias antes que fortes conclusões possam ser feitas.

7. Pode auxiliar a saúde do coração

Acredita-se que a boa quantidade de fibras e os probióticos do chucrute possam contribuir com a diminuição dos níveis de colesterol.

Além disso, os probióticos podem ajudar a reduzir ligeiramente a pressão arterial em pessoas com hipertensão.

O chucrute é ainda uma das raras fontes de origem vegetal de menaquinona (vitamina K2). Acredita-se que a vitamina pode auxiliar a diminuir os riscos de doenças no coração ao prevenir que depósitos de cálcio se acumulem nas artérias.

Vale lembrar, no entanto, que devido ao seu teor elevado de sódio, cujo excesso também representa problemas para a saúde do coração, o chucrute deve ser consumido moderadamente.

8. Auxílio à saúde dos ossos

Por fim, algumas pesquisas evidenciaram ainda que a vitamina K2 presente chucrute também é importante para a saúde dos ossos, contribuindo com ossos mais fortes.

Aliás, que tal dar uma olhada nesse vídeo da nossa nutricionista em que ela fala a respeito dos benefícios do repolho para a nossa saúde?

Fontes e Referências Adicionais

Você já experimentou e já conhecia esses benefícios do chucrute? Gosta do alimento? Então, conte para nós nos comentários!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

1 comentário em “8 benefícios do chucrute que você não conhecia”

  1. Olá tudo bem!
    Eu agradeço este esclarecimento
    Eu já uso chucrute,mas aínda não sabia qual a porção correta muito obrigado

    Responder