5 benefícios da achachairu e para que serve

Especialista da área:
atualizado em 11/05/2021

Achachairu, mangostinho, chachairu, bacupari boliviano, ibaguazú, cachicheruqui, tapacuarai ou tatairu são alguns dos nomes populares da Garcinia humilis, uma fruta exótica quem vem da Bolívia.

  Continua Depois da Publicidade  

Aliás, no país sul-americano acontecem festas para promover a achachairu e as receitas que podemos preparar com a fruta. Por exemplo, o fruto pode ser consumido em forma de sucos, licores, sorvetes e doces.

A Garcinia humilis chegou ao Brasil no século XX e está presente em Minas Gerais, São Paulo, Pernambuco, Pará e Goiás.

Ela se adaptou ao clima tropical e subtropical e se dá bem com outros tipos de clima. Assim, pode ser cultivada em todas as regiões brasileiras.

Para que serve: 5 benefícios da achachairu

Agora, vamos ver uma série de benefícios da achachairu para a saúde e boa forma de acordo com as suas propriedades.

1. Extração de substâncias com potenciais para a saúde

Conforme o artigo científico de 2017 “Analise físico-química de frutos de achachairu coletados em diferentes partes da planta”, é possível extrair substâncias como biflavanóides e benzofenonas das folhas e frutos da achachairu.

Conforme os pesquisadores, isso indica a possibilidade de obter efeitos imunotóxicos, anti-inflamatórios, antioxidantes e anticancerígenos com a achachairu.

Entretanto, isso não significa que o simples consumo da fruta seja capaz de promover esses efeitos de maneira significativa ou segura ao organismo.

Portanto, mesmo que você sofra com qualquer problema de saúde que poderia se beneficiar de alguma propriedade acima, continue a seguir o tratamento que o médico recomendou.

2. Relação entre a achachairu e a função cardiovascular foi estudada

Saúde cardiovascular - Achachairu

Um estudo de cientistas da Austrália apontou que a casca em pó da Garcinia humilis, que tinha as substâncias prociandina B2 e ácido cítrico, gerou respostas positivas nos parâmetros cardiovasculares de ratos que seguiam uma dieta rica em carboidratos e gorduras.

  Continua Depois da Publicidade  

Entretanto, os pesquisadores avisaram que a casca da achachairu (não a sua polpa comestível) apresentou um potencial de cardioproteção com mudanças metabólicas mínimas em modelos em ratos com síndrome metabólica induzida pela dieta.

A síndrome metabólica é uma condição grave que pode significar maiores chances de desenvolver doença cardiovascular, diabetes, acidente vascular cerebral (AVC) e condições associadas ao acúmulo de gordura nas paredes arteriais.

“Nós recomendamos que mais estudos in vivo sobre a G. humilis sejam executados para explorar o seu potencial terapêutico”, finalizaram os pesquisadores do estudo australiano.

Assim, ainda não dá para concluir com certeza que a casca da achachairu possa beneficiar a função cardiovascular em pessoas que sofrem com a síndrome metabólica e/ou seguem uma dieta rica em carboidratos e gorduras.

Portanto, se você tem a condição ou precisa melhorar a saúde cardiovascular por consumir muitos carboidratos e gorduras, siga todas as recomendações do tratamento que seu médico te indicou.

3. Ação antioxidante

A achachairu foi uma das frutas que a pesquisa “Composição, teor de compostos bioativos e atividade antioxidante de polpas de frutas do bioma Amazônia” avaliou.

O estudo apontou que “a polpa de achachairu apresentou o maior teor de compostos fenólicos totais com significativa atividade antioxidante”.

Medicina Popular - Achachairu

Na medicina popular, usa-se as folhas e os frutos da achachairu como cicatrizantes, digestivos, laxantes e para auxiliar o tratamento de reumatismo, úlcera gástrica e inflamações.

  Continua Depois da Publicidade  

Esses usos também foram mencionados pelo artigo científico de 2017 “Analise físico-química de frutos de achachairu coletados em diferentes partes da planta”.

No entanto, antes de utilizar a achachairu para qualquer uma dessas finalidades, é fundamental que você consulte um bom médico. Você deve perguntar a ele como utilizar suas folhas e frutos com segurança. Ou seja, em que dosagem, frequência e por quanto tempo.

Quando falamos de medicina popular, estamos nos referindo a uma prática de cuidados e tratamentos que geralmente não possui ou não se baseia em comprovações científicas.

Assim, ainda que seja possível que ela acerte em alguns casos, ela pode errar em outros. Mesmo os produtos naturais como as folhas e os frutos podem ter contraindicações, provocar efeitos colaterais e interagir com medicamentos, suplementos e plantas no organismo.

Caso você use a achachairu de maneira medicinal e tenha reações adversas (passe mal), procure rapidamente o auxílio médico, mesmo que não imagine se tratar de um efeito colateral tão grave assim.

5. Alternativa para a complementação da renda de produtores

Por fim, devido ao aumento da procura por frutos exóticos, a produção de alimentos da categoria, como a achachairu, pode complementar a renda familiar de produtores.

Vídeo

Você gosta de frutas? Então, não deixe de aprender qual é fruta que mais engorda no mundo com a nossa nutricionista no vídeo a seguir:

Fontes e Referências Adicionais

Você já conhecia a achachairu? Já comeu essa fruta? Então, nos conte a seguir!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média 5,00)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário