Ameixa Solta o Intestino Mesmo?

Especialista:
atualizado em 23/12/2019

Com 52 calorias a cada porção crua de 100 g, a ameixa também é fonte de nutrientes importantes para o funcionamento do organismo humano, como carboidratos, proteínas, fibras, vitamina B1, vitamina C, cálcio, fósforo, magnésio, ferro, potássio, cobre e zinco, de acordo com informações da Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO).

Devido ao fato de ser fonte de potássio, a fruta ajuda a diminuir os riscos de acidente vascular cerebral (AVC) e a controlar a pressão arterial.

Além disso, o alimento está associado a outros benefícios, como o auxílio ao controle dos níveis de açúcar no sangue, melhoria da densidade mineral nos ossos em mulheres na pós-menopausa e a neutralização de radicais livres que afetam a memória.

Mas será que a ameixa solta o intestino?

Você saberia dizer se além de ter todos esses nutrientes e trazer as vantagens descritas acima, a ameixa solta o intestino?

A resposta para essa pergunta é positiva, tanto que o alimento é misturado com água e utilizado como um remédio natural para soltar o intestino e combater a prisão do ventre em bebês com mais de seis meses de idade.

E isso deve-se ao fato da fruta se tratar de um alimento rico em fibras, um nutriente conhecido por beneficiar a saúde do sistema digestivo e colaborar com o combate ao intestino preso ou prisão de ventre.

Dentro do organismo, as fibras não são quebradas no formato de energia ao passarem pelo sistema digestivo. Em vez disso, o nutriente absorve água e, então, amolece e solta as fezes.

Além disso, as fibras acrescentam volume às fezes, o que faz com que seja mais fácil que elas sejam eliminadas durante as idas ao banheiro. E segundo a nutricionista Amanda Canale, a ameixa hidrata e melhora a consistência das fezes.

As fibras também podem prender o intestino

Sim, é bem verdade que acabamos de explicar que a ameixa solta o intestino graças ao seu elevado teor de fibras. No entanto, você sabia que é justamente o exagero no consumo desse nutriente que também está associado à prisão de ventre?

A orientação para os indivíduos adultos é de consumir de 25 g a 35 g do nutriente diariamente. Quando esse limite é muito ultrapassado, especialmente quando a pessoa come muitas fibras em um pequeno período de tempo, o quadro do intestino preso pode ser piorado e o que acontece é um estímulo à prisão de ventre.

A recomendação de consumir alimentos fontes de fibras em conjunto com a água não é importante somente para os bebês, mas deve ser seguida por indivíduos de todas as idades. A fruta é misturada com a água na receita do remédio natural para que a condição não seja agravada. O consumo das fibras sem o líquido faz com que o intestino fique ainda mais preso.

Isso é necessário porque as fibras roubam água do organismo quando a ingestão do nutriente não vem acompanha do líquido, e o intestino fica ressecado.

Portanto, é importante sempre ter um copo de água quando for consumir as fibras por meio das refeições, principalmente quando o ingrediente que é fonte do nutriente não for misturado ao líquido, como na receita de água de ameixa. A recomendação consiste em ingerir no mínimo cinco copos ou dois litros e meio do líquido diariamente.

O excesso do consumo de fibras por meio da alimentação também pode resultar em efeitos como a baixa qualidade na absorção de minerais e em problemas abdominais como gases, inchaço e cólicas.

Mas também podem soltar o intestino demais

Outra questão importante para sabermos ao respeito da ingestão excessiva das fibras é que a prática pode soltar demais o intestino, além do desejável, e acabar causando uma diarreia.

Isso acontece porque o corpo puxa a água que o organismo necessita para eliminar a fibra que foi consumida. O problema é que essa diarreia pode causar uma desidratação.

O sorbitol

As ameixas também servem como fonte de um açúcar conhecido como sorbitol, que é dotado de propriedades laxativas e causa a movimentação intestinal quando consumido em determinadas quantidades.

O bolo alimentar é impulsionado até ser eliminado em forma de fezes por meio justamente dos chamados movimentos peristálticos intestinais.

Entretanto, para adquirir um efeito laxativo é necessário consumir 50 g de sorbitol, o que não é tão simples de alcançar com as ameixas, tendo em vista que uma porção de 10 unidades da fruta carrega aproximadamente apenas 12 g da substância, enquanto o suco de ameixa, que é mais concentrado, traz 15 g do componente em cada porção de cerca de 230 ml.

Receita de água de ameixa

Já que a ameixa solta o intestino quando é misturada com a água, que tal aprendermos a preparar a receita da água de ameixa? Confira como fazer a seguir:

Ingredientes: 

  • 6 ameixas secas sem caroço;
  • 1 copo de água.

Modo de preparo:

Colocar as ameixas secas e sem caroço dentro de um copo de água. Deixar descansar de um dia para o outro na geladeira antes de consumir. A ameixa hidratada também pode ser utilizada no preparo de vitaminas ou batida com o leite no liquidificador.

Vídeos:

Gostou das dicas?

Você já tinha ouvido falar que a ameixa solta o intestino? Já utilizou uma receita como essa acima a fim de combater a prisão de ventre? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (25 votos, média: 4,24 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

2 comentários em “Ameixa Solta o Intestino Mesmo?”