Beber Água com Sal Faz Mal?

Especialista:
atualizado em 27/12/2019

Você provavelmente já recebeu a indicação de tomar água com sal para casos de dor e inflamação na garganta e aftas, por exemplo. Veja a seguir se beber água com sal faz mal ou se vale a pena realmente para esses ou outros casos.

Há ainda quem passe a mistura nos cabelos para tentar eliminar a caspa, aplique nas olheiras para evitar o olhar cansado, lave feridas infectadas com água e sal ou mergulhe os pés em uma bacia com água e sal para tratar o inchaço na região.

Existem também as pessoas que tomam água com sal logo em uma tentativa de remover as toxinas do corpo e aumentar os níveis de energia.

Aproveite para ver se água com sal para garganta inflamada funciona e confira também algumas causas e tratamentos para afta na boca, língua ou garganta.

Será que beber água com sal faz mal?

Infelizmente, algumas das indicações de receitas que recebemos de conhecidos ou encontra na internet não têm fundamentação científica, não funcionam e podem, inclusive, prejudicar a saúde.

Mas será que a água com sal é uma delas? Beber água com sal faz mal de alguma forma?

Bem, a bebida pode sim prejudicar a saúde se ingerirmos o sal contido nela em excesso, especialmente se isso acontecer todos os dias. Isso porque o sal contém sódio, um mineral que não pode ser consumido de maneira excessiva.

Como o sal e o sódio já estão presentes em diversos alimentos que consumimos no dia a dia, essa ingestão extra, por meio da água com sal, nos colocaria em riscos maiores de ingerir mais sódio do que podemos. 

Ainda que o corpo humano necessite do sódio para o controle da pressão arterial e do volume do sangue e para o funcionamento adequado dos músculos, a ingestão de uma quantidade elevada do nutriente não é nada boa para o organismo.

De acordo com especialistas, os adultos saudáveis não devem consumir mais do que 2,3 mil mg de sódio diariamente, indivíduos com pressão arterial alta não devem ingerir mais do que 1,5 mil mg do mineral e quem tem insuficiência cardíaca congestiva, cirrose do fígado e doença renal podem precisa consumir quantias muito menores do que essas.

Já conforme a Associação Americana do Coração, os adultos devem limitar a sua ingestão de sódio para 1,5 mil mg do nutriente por dia.

A Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, alerta que o excesso de sódio pode provocar problemas como retenção de líquidos, endurecimento dos vasos sanguíneos, pressão arterial alta, ataque cardíaco, acidente vascular cerebral (AVC) e insuficiência cardíaca.

Outros efeitos negativos associados à água com sal

De acordo com uma pesquisa publicada no Western Journal of Medicine (Jornal Ocidental de Medicina, tradução livre), a ingestão da bebida pode provocar efeitos colaterais negativos bastante rapidamente.

A água com sal pode provocar vômito quase imediato, diarreia severa e repentina, maior frequência urinária e dores de cabeça.

Quanto mais água com sal consumimos, mais difícil será para os nossos rins processarem o excesso de sal, já que o órgão é responsável por processar o excesso de sal no organismo, transformando-o em ureia, que é excretada através da urina.

Por isso, o hábito de ingerir muita água com sal pode provocar danos e até insuficiência nos rins. Existe também o alerta para o risco de haver uma desidratação por conta do consumo da água com sal, condição que pode levar inclusive até a morte.

O National Ocean Service (Serviço Nacional do Oceano, tradução livre) dos Estados Unidos informa que, como os rins só conseguem produzir uma urina, que é menos salgada do que a água com sal, precisamos eliminar por meio da urina uma quantidade maior de água do que a quantia que bebemos.

Para cada quarto de água com sal que ingerimos, o nosso organismo produz um quarto e meio de urina, conforme informações da Faculdade Elmhurst, dos Estados Unidos. Segundo eles, por conta disso, mesmo que estejamos ingerindo água, o nosso organismo vai expelir uma quantidade maior de água do que aquela que estamos consumindo, o que pode levar a uma desidratação.

Antes de começar a tomar água com sal ou iniciar uma rotina para limpar o organismo com a bebida, é fundamental consultar o médico.

Além disso, a água com sal provavelmente não funciona conforme o prometido

É o nosso próprio organismo que processa naturalmente os materiais residuais que vão parar no nosso corpo.

No mesmo sentido, a nutricionista Rhiannon Lambert, em entrevista concedida à publicação britânica The Independent, não acredita nas potencialidades detox da água com sal.

A nutricionista afirmou que não existem pesquisas que comprovem a eficiência de se consumir água com sal para melhorar o funcionamento do sistema digestivo, e ainda alertou que os benefícios em potencial de beber água com sal devem-se somente ao seu ingrediente principal, que é a água.

Ou seja, em vez de sair por aí tomando água com sal, provavelmente é muito melhor certificar-se de ingerir bastante água ao longo de todo o dia.

Você já ouviu falar que beber água com sal faz mal? Costuma tomar essa solução para algum motivo de saúde? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário