Benefícios da Cebolinha – Para que serve e como usar

Especialista da área:
atualizado em 23/12/2020

Bom para o coração, fortalece o sistema imunológico, rica em antioxidantes, e muito mais. Conheça todos os benefícios da cebolinha!

  Continua Depois da Publicidade  

A cebolinha é uma erva perfumada, verde e que, quando adicionada à comida, dá a ela um sabor sutil e característico.

Assim como o alho, ela faz parte do gênero Allium, e por isso compartilha com ele muitas de suas propriedades, principalmente as que estão relacionadas a um composto chamado alicina.

Além disso ela é um alimento rico em nutrientes, como vitaminas, minerais e antioxidantes, e baixo em calorias.

Uma colher de sopa de cebolinha contém apenas 1 caloria, e zero gramas de gordura, proteína e carboidrato, mas fornece uma boa quantidade de vitaminas A e C.

Então, vamos conhecer um pouco mais sobre essa erva tão saborosa e comum no Brasil.

Benefícios da cebolinha

cebolinha sendo cortada

1. A cebolinha é rica em antioxidantes

Esses compostos ajudam na prevenção de doenças causadas pelos radicais livres, uma vez que evitam os danos às células, principalmente ao DNA, causados pelo estresse oxidativo.

Assim, pode-se dizer que o consumo regular de cebolinha ajuda a:

  • Regular o sistema imunológico, amenizando e mesmo prevenindo problemas inflamatórios e autoimunes;
  • Auxiliar na prevenção de alguns tipos de câncer, principalmente aqueles que se desenvolvem no sistema digestivo.

Ainda não foi descoberto o motivo exato pelo qual esses compostos atuam contra o câncer, mas há evidências de que eles inibem o crescimento do tumor.

Além disso, a cebolinha ajuda o corpo a produzir a glutationa, um agente que permite eliminar substâncias tóxicas do organismo, com potencial para desenvolver tumores.

  Continua Depois da Publicidade  

Um estudo publicado pelo Jornal do Instituto Nacional do Câncer revelou que homens que ingerem vegetais da família Allium, como é o caso do alho, cebola e cebolinha, possuem menos riscos de desenvolver câncer de próstata.

Além disso, alguns estudos mostram que a quercetina e outros flavonoides encontrados nessa planta têm propriedades que ajudam a proteger contra outros tipos de câncer, como de mama, cólon, ovários, endométrio e pulmões.

2. Ajuda a prevenir infecções

A cebolinha é rica em alicina, um composto que, de acordo com esse estudo publicado no periódico Advances in therapy, ajuda a tratar e a prevenir a gripe.

Além disso a alicina tem grande influência no fortalecimento do sistema imunológico, de acordo com um outro estudo, publicado no Clinical nutrition.

3. Atua contra problemas digestivos

Alguns componentes encontrados na cebolinha podem aliviar desconfortos digestivos.

Além disso, o vegetal possui qualidades antibacterianas naturais que podem eliminar inúmeras bactérias, particularmente aquelas da família da salmonella, que podem causar infecções gastrointestinais.

4. Promove a saúde do coração

A alicina e a quercetina, presentes na cebolinha, ajudam a controlar o colesterol LDL, e assim a melhorar a saúde do coração. 

Este efeito foi demonstrado em alguns estudos, como este, publicado no Oxidative medicine and cellular longevity. Além disso, essa substância foi relacionada à redução da pressão arterial.

  Continua Depois da Publicidade  

Além disso, o potássio presente nela desempenha um papel importante no controle da pressão arterial.

5. Promove a saúde ocular

Os carotenoides encontrados nas cebolinhas, como a luteína e a zeaxantina, são responsáveis por reduzir estresse oxidativo no sistema ocular e retardar o aparecimento de cataratas nos olhos.

Além disso, um estudo publicado no periódico Nutrients mostrou que eles também ajudam a prevenir a degeneração macular, mantendo a visão saudável na velhice.

6. Prevenção de defeitos congênitos

Outro nutriente essencial nas cebolinhas é o ácido fólico, que é de grande importância para grávidas que querem segurança no desenvolvimento saudável de seu bebê.

O ácido fólico previne defeitos do tubo neural nos recém-nascidos, sendo este um dos importantes benefícios do consumo da cebolinha.

cebolinha

Dicas e cuidados

  • A cebolinha pode ser usada em substituição de temperos ricos em sódio, e assim contribuir para o tratamento e a prevenção da hipertensão;
  • Acrescente a cebolinha às receitas apenas ao final do preparo, para manter os seus benefícios e propriedades nutritivas;
  • Além disso, é possível cultivá-las em pequenos vasos e em locais ensolarados;
  • E é sempre importante lembrar, todo exagero faz mal, e o consumo de cebolinha em grandes quantidades pode causar desconforto gástrico.

Tabela nutricional

Veja abaixo a tabela nutricional completa da cebolinha.

ComponentesValor por 100 g
Calorias18 kcal
Carboidrato total3,55 g
Proteína1,66 g
Gorduras0,29 g
Fibra alimentar2,39 g
Colesterol0
Gorduras saturadas0,05 g
Gorduras monoinsaturadas0,04 g
Gorduras poliinsaturadas0,12 g
Gorduras trans0
Cálcio93,1 mg
Ferro0,65 mg
Sódio1,6 mg
Magnésio22,9 mg
Fósforo26,9 mg
Potássio206 mg
Zinco0,27 mg
Cobre0,04 mg
Selênio0,1 mcg
Vitamina A (RE)206 mcg
Vitamina A (RAE)103 mcg
Alfa-tocoferol (Vitamina E)0,87 mg
Tiamina0,03 mg
Riboflavina0,04 mg
Vitamina B60,08
Vitamina C31,8 mg
Equivalente de folato39 mcg
Fonte: Tabela Brasileira de Composição dos Alimentos (TBCA)

Você já conhecia estes inúmeros benefícios da cebolinha para a saúde? Pretende consumi-la com mais frequência? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (58 votos, média 4,17)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

19 comentários em “Benefícios da Cebolinha – Para que serve e como usar”

  1. Amei saber que um vegetal tão simples pode nos fornecer tantos nutrientes. Tenho na minha hortinha. Gratidão!

    Responder
  2. Não conhecia todo est conteúdo em um vegetal tão simples. Vou usá-lo no suco verde , p não perder nenhuma vt / mineral. Obgada por esse conteúdo importante
    .

    Responder
  3. gosto muito de cebolinha uso em quase tudo que faço, principalmente no tempero do feijão no arroz,na carne etc.
    para o tempero do feijão coloca a cebolinha com o alho na gordura ou óleo,deixe fritar ate ficar douradinho,e jinte ao feijão, o sabor fica uma delicia.

    Responder
  4. ola amigos e amigas ,vai ai minha receita de boa saude, suco de 6 laranjas e suco de 1/2 limao. 6 folhas frescas de couve com caule e, 3 folhas de cebolinhas de folhas ,”obs’ nao e cebola de batata . 3 caule com folhas de salsinha frescas de horta, e 2 dentes de alho cru. bata tudo juntos no liquidificador +/- por 5 minutos e ta pronto o elixir da ,boa saude … modo de usar, pela manha em jejum, 1/2 copo americano com o suco,ou 1 xicara media com o suco. tomar 1/2 copo novamente,1 hora depois do almoço e 1 hora depois do jantar, beba 3 a 4 vezes por dia .” observaçao ” pela manha antes do jejum, tomar so agua. si tiver sede, tomar cafe,ou leite,ou cha ou lanchar so 1 hora depois de ter tomado o suco da boa saude._ eu tomo esse elixir da boa saude todos os dias, ja a 5 anos nao tomo nenhum tipo de comprimido para qualquer tipo de infermidade ,espero ter ajudado , um forte abraço a todos, espero contato com voces thal.

    Responder
  5. Adoro com caldinho de feijão. Coloco o feijão recém preparado no prato com bastante caldo e pico bastante cebolinha. Depois coloco por 10 a 15 segundos no micro-ondas só pra das uma leve cozinhadinha nele. O gosto que a cebolinha dá nos caldos é maravilhoso!

    Responder
  6. Excelente essas informações, uma pena que não haja divulgação dos benefícios, algo tão simples e importante. Faço salada de cebolinha com coentro , alho , azeite e uma pitada de sal. Uma delícia.

    Responder
  7. Sabia que tinha boas propriedades ao corpo humano, porém, não imaginava todas essas qualidades da planta. Matéria, ótima, parabéns a todos, (as). A única coisa que falta é, maior publicidade para os cidadãos (as) deste País tão mal informado e muito pouco aculturado. Eu, em particular, faço molho de: (cebolinha, salsinha, alho, cebola, vinagre de maçã, óleo de girasol, azeite virgem, limão galego ou limão ciciliano ou limão cravo, (todos sem casca, porém com semente, tudo triturado em liquidificador com 12 velocidades), e um pouco de vinho branco seco). Faço mais ou menos 01 litro e guardo da geladeira. Uso para tudo, tempero de carne, carne de frango, saladas, etc. Da casca do limão galego faço doce. Da casca do maracujá, faço também, doce. Estou começando a triturar semente de abóbora, de melão, de mamão, caroço de abacate, para fazer doce ou farinha, na substituição ao, glutém. Na refeição da manhã, bato duas colheres de leite de soja em pó, uma colher de farinha de linhaça, farinha de chia, adoçante. Tomo mais ou menos, 400 ml, como uma maça e uma banana nanica. Tenho alergia a lactose do leite e o glutem também, me faz mal. No comentário acima da Edna, acho muito importante ensinarem quantidades e receitas. PORÉM, MAIS UMA VEZ, TEMOS QUE TENTAR DIVULGAR O MÁXIMO POSSÍVEL, POIS NOSSA POPULAÇÃO É MUITO DESINFORMADA E NADA ACULTURADA.
    PARA O BEM DO PAÍS, “BRASIL”.

    Responder
  8. Voce falou muito bem, gostei muito do artigo mas ficou somente nisso porque não deu receita e nem a quantidade usada, isso não adiantou.

    Responder
  9. Nossa! Estou substituindo a alface pela cebolinha por ser mais rápida a higienização e estou surpresa com os inúmeros benéficios da mesma.Muito bom saber. Tenho diabetes e procuro ter na minha refeição diária(almoço) pelo menos 05(cinco) tipos de folhas e vegetais.

    Responder