Benefícios do chá de erva-doce e como preparar

Especialista da área:
atualizado em 22/01/2021

O chá de erva-doce muito usado na medicina tradicional para tratar os mais diversos problemas, e seus benefícios o tornam cada vez mais popular.

A erva-doce é uma planta medicinal originária do Mediterrâneo, que é cultivada em regiões de clima mais ameno, e tem propriedades antiespasmódicas, relaxantes, vermífugas, anti-inflamatórias, diuréticas e antioxidantes.

  Continua Depois da Publicidade  

Abaixo você aprenderá todos os benefícios do chá de erva-doce, e quais cuidados você terá que ter ao utilizá-lo.

Sementes secas de erva doce
Sementes secas de erva doce

Benefícios do chá de erva-doce

A Pimpinella anisum, ou erva-doce, contém diversos nutrientes importantes para o funcionamento do organismo, como fibras, ferro, cálcio, zinco, cobre, vitamina A, vitaminas do complexo B e vitamina C.

Por isso, o seu consumo traz uma série de benefícios para a saúde, como veremos adiante:

1. Saúde do sistema digestivo

A erva-doce é utilizada como uma planta medicinal para auxiliar o funcionamento do sistema digestivo desde os tempos antigos, pelos povos romanos e egípcios.

E, seguindo o uso tradicional, pesquisadores árabes avaliaram o efeito da erva-doce no desenvolvimento de úlceras gástricas. Os resultados foram publicados no periódico World journal of gastroenterology, e demonstraram uma ação protetora importante dessa erva.

  Continua Depois da Publicidade  

Além disso, utiliza-se também a erva-doce como tratamento para o excesso de gases e a má digestão.

2. Alívio da cólica em bebês

O chá de erva-doce também é muito utilizado como um remédio natural para tratar cólicas em bebês.

Esse efeito, publicado no periódico Journal of Chemical and Pharmaceutical Research, pode representar um alívio para muitos pais, uma vez que as cólicas são bastante comuns nos primeiros meses de vida do bebê.

Mas é importante consultar um pediatra sempre que for iniciar o uso de alguma planta medicinal, principalmente para que ele avalie o problema e possa prescrever a quantidade indicada, de acordo com o peso do bebê.

3. Combate o mau hálito 

A halitose, ou mau hálito, geralmente é causada por problemas digestivos, o que coloca o chá de erva-doce como um provável auxiliar no combate a esse desagradável problema.

E você ainda pode usar o chá de erva-doce como enxaguante bucal, uma vez que ele tem uma aroma agradável e suave.

  Continua Depois da Publicidade  

4. Alívio de sintomas menstruais e da menopausa

Utiliza-se tradicionalmente o chá de erva-doce como um medicamento natural e popular para tratar a dismenorreia, que são as cólicas que surgem durante o período menstrual das mulheres.

Esse efeito se deve às propriedades antiespasmódicas e anti-inflamatórias da erva-doce, que atuam juntas, acalmando os músculos uterinos.

Além disso, esta planta medicinal também contribui para o controle dos níveis de estrogênio, o que alivia sintomas da menopausa, como as ondas de calor.

5. Combate a retenção de líquido

Graças ao fato de ter propriedades diuréticas, a erva-doce ajuda a combater a retenção de líquido e, consequentemente, o inchaço.

Em outras palavras, o chá de erva-doce promove a eliminação do excesso de água presente no corpo, por meio da urina.

6. Saúde dos olhos

A erva-doce também pode ajudar a tratar olhos doloridos ou inchados, além de infecções no local.

  Continua Depois da Publicidade  

Nesses casos, basta molhar uma bolinha de algodão no chá de erva-doce morno e aplicar sobre os olhos fechados, deixando por cerca de cinco minutos.

7. Combate a ação dos radicais livres

Por fim, a erva-doce também apresenta uma ação antioxidante, graças a seus nutrientes, como as vitaminas A e C.

Isso significa que o consumo regular da erva-doce ajuda a regular o funcionamento do sistema imunológico, evitando problemas como:

  • Doenças inflamatórias e autoimunes, uma vez que a regulação da imunidade contribui para a prevenção de reações inflamatórias exageradas;
  • Certos tipos de câncer, pela ação dos antioxidantes contra os danos causados pelos radicais livres ao DNA das células;
  • Doenças cardiovasculares, pois os antioxidantes previnem a inflamação e o acúmulo de gorduras nas paredes das artérias.

Receita de chá de erva-doce

Chá de erva-doce
Chá de erva-doce

Ingredientes:

  • 3 colheres de sopa erva-doce seca;
  • 1 litro de água;
  • Açúcar ou mel a gosto (opcional).

Modo de preparo:

  1. Primeiro, ferva a água;
  2. Depois, adicione a erva-doce, desligue o fogo e deixe a mistura descansar por cinco minutos;
  3. Por fim, coe e, caso queira, adoce com açúcar ou mel.

Dicas e cuidados

  • Sempre consulte um médico antes de iniciar um tratamento com alguma planta medicinal, como a erva-doce;
  • Quando usada com moderação a erva-doce não costuma causar efeitos colaterais. Entretanto, o excesso do uso da planta pode levar ao aparecimento de alguns sintomas, como desconforto gástrico, coceira e manchas na pele;
  • Como ocorre com a maior parte das plantas medicinais, o uso em mulheres grávidas ou que estejam amamentando deve ser feito com cautela, sempre com a orientação de um profissional de saúde;
  • Além disso, pessoas com alergia a cenoura e aipo podem apresentar reações alérgicas à erva-doce.
Fontes e referências adicionais
Sobre Marcela Gottschald

Marcela Gottschald é Farmacêutica Clinica - CRF-BA 8022. Graduada em farmácia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2013. Residência em Saúde mental pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Experiência em pediatria e nefrologia, com ênfase em unidade de terapia intensiva. Ela faz parte da equipe de redatores do MundoBoaForma.

Deixe um comentário

39 comentários em “Benefícios do chá de erva-doce e como preparar”

  1. Tenho pés de erva doce em casa , queria saber se posso tomar o chá dos raminhos verdes ou se devo esperar dar sementes ?obs:sou lactante.

    Responder
  2. Como é bom saber
    Por grande revelação do pleno conhecimento por profissionais pesquisadores ao declara a importância que oferecer erva doce e seus benefícios para vida obrigado DR.

    Responder
  3. Acabo de tomar conhecimento de todas as vantagens sobre a erva doce. Desde muito empo estou habituada a, após um sopa como ceia à noite, tomo um chá de erva doce. A´surgiu uma dúvida que já foi respondida muito claramente. Há alguns dias 15, talvez, minha pressão arterial está um pouco baixa. Já consultei uma cardiologista e, após exames, está tudo bem. Aí pensei que talvez fosse o chá.Felizmente não é . Agradeço muito

    Responder
  4. Não há melhor remédio, se não, o quem vem diteto da natureza. Amo tomar chá… E existem muitas ervas que cuidam de nossa saúde, do corpo inteiro.
    Valeu a pena conferir aqui, muito mais benefícios que este maravilhoso chá nos faz.
    Obrigada pela postagem.

    Responder
  5. Amei saber que o chá de erva doce vale pra tanta coisa. Não sabia da sua vasta propriedades.
    Tenho um filho de 18 anos ele tem paralisia cerebral e tem espasmos, vc acha se ele pode fazer o uso do chá de erva doce??

    Responder
  6. Ótimo site! Ontem tomei este chá bem quentinho oferecido pela mãe de um amigo, 3 horas depois meu intestino funcionou bem (tenho prisão de ventre). Foi coincidência ou vale a pena tomar regularmente o chá pela noite? Obrigado ?

    Responder
  7. Faço sempre meu chá de erva-doce com sene, pq tenho problemas de retenção de líquidos e constipação, tem dado certo!

    Responder
  8. bom dia depois dos meus 50 entrei na menopausa sinto muito calor será que esse cha iria me ajudar pois venho tomando chá da folha da amora

    Responder
  9. Boa noite tenho tuberculose fígado crescido psoríase artrite , tenho 54 anos tenho muita insônia tomo tarja preta queria deixar mais não conscigo dormir será que o chá de erva-doce me trazia melhor benificio.

    Responder
  10. Queria saber se tem algum problema ao tomar o chá de erva doce, quem tem pressão alta e insuficiencia renal.
    Aguardo resposta muito obrigada.
    Boa tarde

    Responder
  11. Uso há muito tempo o chá de erva doce. No Hospital Espiritual, em Lauro de Freitas, Bahia é utilizado nos tratamentos complementares obtendo ótimos resultados.

    Responder
  12. Bom dia ! Ela também pode ser utilizada na prevenção ou no combate a gripe h1n1. Por ter a mesma substância do medicamento tamiflu ?

    Responder
    • A princípio não descobrimos uma relação direta, mas por ser um ingrediente tão saudável com tantos benefícios, vale a pena apostar.

      Responder
  13. Boa noite, tenho uma dúvida e queria estar sanando com vocês.Pode tomar junto com o chá, as sementes da erva doce? Pois sempre faço isso e não sei se estou fazendo o certo, ao inves de coar a sememste, mastigo e tomo com o chá.Obrigada e aguardo resposta.

    Responder