Caldo verde

Caldo Verde Emagrece? Como Fazer, Calorias e Dicas

Quando começa o período do ano em que faz mais frio, é normal que as pessoas queiram se esquentar e escolham receitas mais quentes para ajudar nessa tarefa, não é mesmo?

Entretanto, para quem deseja e/ou necessita emagrecer – ou pelo menos não engordar – é preciso tomar cuidado para que isso não se torne uma armadilha e não cair na tentação de exagerar no consumo de guloseimas quentes como chocolate quente ou fondue.

Mas será que as sopas e os caldinhos podem ser uma alternativa para se esquentar nos dias mais frios e não prejudicar tanto assim a luta contra a balança?

Por exemplo, será que o caldo verde emagrece?

A resposta para a pergunta se o caldo verde emagrece vai depender de uma série de fatores. Uma delas é o modo de preparo do caldo verde, já que existem versões mais calóricas e versões mais light do prato.

Neste sentido, a liberação do prato dentro de uma dieta focada na diminuição do peso depende da receita de caldo verde em questão e da quantidade a ser consumida.

Moderação é a palavra-chave. É recomendado limitar o consumo do caldo verde a um prato por dia, diminuir a quantidade de linguiça e batata utilizadas no preparo da receita ou substituir os ingredientes.

Calorias e possíveis substituições

De acordo com os acompanhamentos utilizados para incrementar o caldo verde, uma tigela pode chegar a 200 calorias. Entretanto, é possível encontrar versões menos calóricas do prato.

Encontramos uma receita de caldo verde que traz a batata doce como substituta da batata inglesa e o lagarto bovino no lugar da linguiça paio, resultando em pouco mais de 150 calorias por porção.

Outra substituição encontrada foi utilizar músculo ou carne desfiada fininha e dessalgada no lugar da linguiça. Em relação à batata doce, alertamos que, apesar da troca ser vantajosa, ela resulta em um sabor diferente do gosto do tradicional caldo verde.

Uma vantagem em tirar a batata inglesa da receita de caldo verde e substituí-la pela batata doce é que a última está associada a um aumento da sensação de saciedade e ao fornecimento equilibrado de energia, sem provocar a elevação dos níveis de açúcar no sangue.

Entretanto, encontramos uma receita de caldo verde light sem carne, feita com batata inglesa e couve, que apresenta apenas 33 calorias por porção. No entanto, esse baixíssimo número de calorias da receita refere-se a uma porção comedida, de aproximadamente 60 g.

Ou seja, é possível incluir o caldo verde em uma dieta com foco na manutenção ou perda de peso, especialmente se ela aparecer no lugar de pratos bastante calóricos.

Por exemplo, uma lasanha de frango ou peru pode conter 330 calorias em um pedaço de 20 cm, enquanto uma pizza de queijo pode ter 237 calorias em uma fatia e 100 g de macarrão alho e óleo podem apresentar 220 calorias.

Assim, consumir o caldo verde no lugar desses alimentos traz uma economia na ingestão de calorias, o que beneficia um processo de emagrecimento. Isso se o alimento for consumido com moderação, obviamente, já que porções exageradas trarão quantidades mais elevadas de calorias.

Mas isso não significa que você deva consumir caldo verde o tempo todo e o dia inteiro, prejudicando o fornecimento de nutrientes ao corpo, certo?

Qualquer dieta, com foco na perda de peso ou não, necessita ser variada e nutritiva, de modo que o organismo receba os nutrientes e a energia que requer para funcionar – o que fica difícil com um único tipo de prato.

Prato é considerado saudável

Uma vantagem do caldo verde é que ele é considerado saudável. Isso porque couve presente na receita é fonte de cálcio, magnésio, vitamina A e vitaminas do complexo B, enquanto a batata fornece uma boa dose de carboidratos, importantes para a energia do corpo.

Assim, comparando com um alimento com o mesmo número de calorias do caldo verde em sua versão tradicional, porém, pobre em calorias, é mais vantajoso para a dieta aderir ao caldo verde, sempre lembrando de manter a moderação, é claro.

Não se esqueça

Mais importante do que saber se o caldo verde emagrece ou engorda é entender que, para manter o peso ou emagrecer, é necessário seguir toda uma dieta que seja saudável, controlada, equilibrada e nutritiva.

Para encontrar um programa alimentar que funcione para você ao mesmo tempo em que é saudável, conte com o apoio de um nutricionista.

Praticar atividades físicas com regularidade também auxilia em relação à boa forma, tendo em vista que os exercícios maximizam a queima de calorias. Se decidir malhar, conte com o acompanhamento de um educador físico para garantir que seus treinamentos sejam eficientes e seguros.

Como fazer – Receitas de caldo verde light

Receita 1

Ingredientes:

  • 1 maço de couve;
  • 2 batatas inteiras sem casca;
  • 2 cubos de caldo de galinha;
  • 2 litros de água;
  • Sal a gosto.

Modo de preparo:

Encher uma panela com água, adicionar os cubos de galinha e o sal e levar ao fogo para ferver; Então, adicionar as batatas para cozinhar. Depois disso, retirá-las do fogo, espreme-las e devolvê-las à panela.

Retirar os talos das folhas do maço de couve e enrolar essas folhas. Em seguida, cortá-las o mais fininho possível e colocar dentro de uma tigela com água fria, onde elas devem permanecer durante 10 minutos; Na sequência, escorrer e passar a couve cortada para a panela do caldo. Deixar cozinhar ao longo de mais três minutos, desligar e servir a sopa quente.

A receita rende seis porções com aproximadamente 60 g, com 33 calorias em cada uma dessas porções.

Receita 2

Ingredientes:

  • 100 g de lagarto em cubos;
  • 1 batata doce descascada e cortada em pedaços;
  • 2 folhas de couve picadas;
  • 1 cebola pequena;
  • 3 dentes de alho picados;
  • 1 litro de caldo de carne;
  • 1 fio de azeite;
  • Sal a gosto;
  • Pimenta a gosto.

Modo de preparo:

Colocar o fio de azeite, o alho e a cebola dentro de uma panela e levar ao fogo para dourar; Então, adicionar a carne e dourar durante dois minutos. Temperar com o sal e a pimenta; Na sequência, acrescentar a batata doce e metade do caldo de carne. Levar a mistura para ferver na pressão durante dois minutos.

Depois, desligar a panela, retirar o vapor, abrir a canela e remover a carne. Bater o restante do caldo com a couve no liquidificador. Em seguida, juntar o novo caldo obtido com a carne na pele (se assim desejar) e dar uma esquentadinha, se achar necessário. Após, basta servir-se.

A receita rende três porções com 151,3 calorias em cada uma delas.

Você imaginava que o consumo de caldo verde emagrece ou engorda? Tem costume de fazer que tipo dessa receita? Consome com que frequência? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite


ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*