Abdominoplastia

Cirurgia Plástica na Barriga – Principais Dúvidas Respondidas

O sonho de usar uma blusa curta, biquíni, aquele vestido colado e elevar a autoestima são apenas alguns dos motivos que levam mulheres a procurar a cirurgia plástica na barriga, afinal esse pode ser um caminho para conquistar a barriga dos sonhos.

Embora seja muito procurada como uma alternativa para corrigir mudanças no corpo depois de uma gravidez ou ganho e perda excessiva de peso, a cirurgia plástica na barriga não é uma exclusividade das mulheres – isso significa que ela também pode ser realizada em homens.

A cirurgia plástica na barriga é chamada de abdominoplastia e está entre os procedimentos mais procurados nos consultórios. Esse foi um dado obtido através do terceiro Estudo Global de Procedimentos de Cirurgia Estética e Cosmética, realizado pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética que buscou obter uma perspectiva mundial sobre as tendências da cirurgia plástica mais populares do mundo.

Os resultados evidenciaram que as cirurgias mais realizadas atualmente são a lipoaspiração, com 19,9%. Em segundo lugar estão os procedimentos para aumentar os seios, com 18,9%, e na sequência a blefaroplastia com 11%, a abdominoplastia com 8,7% e por fim a rinoplastia, com 7,5% de procura.

Muitas dúvidas surgem antes de tomar a decisão de realizar um procedimento como esse, então se você deseja saber um pouco mais sobre a cirurgia plástica na barriga, confira abaixo as principais dúvidas respondidas.

O que pode ser tratado com a cirurgia plástica na barriga?

A cirurgia plástica na barriga ou abdominoplastia tem a finalidade de remover o excesso de gordura e pele, restaurar os músculos enfraquecidos ou separados para obter uma barriga mais suave e firme. Esse tipo de procedimento cirúrgico já existe há muitos anos.

O que envolve o procedimento?

O procedimento geralmente envolve o endurecimento dos músculos abdominais, a retirada do excesso de pele e a remoção de gordura. Ela não deve ser feita se o intuito é perder peso, já que serve apenas como ferramenta estética. Haverá uma redução de parte do volume abdominal, devido a toda pele e gordura em excesso serem retiradas, mas a gordura interna, chamada visceral, não será alterada com a cirurgia.

Quem pode fazer a cirurgia?

Tanto mulheres quanto homens podem se submeter à cirurgia plástica na barriga. Geralmente, é indicada para quem perdeu uma quantidade significativa de peso e está com a pele flácida. Mulheres que tiveram filhos também realizam com frequência a cirurgia, já que o abdômen fica bem diferente após a primeira ou segunda gestação. Pessoas com mais idade também procuram bastante essa cirurgia, já que, com o passar do tempo, a pele já não fica mais a mesma.

Existem diferentes tipos de abdominoplastia?

Atualmente existem diferentes tipos de técnicas, e isso permite que cada uma delas aborde diferentes problemas e produza diferentes resultados. O corpo de cada um é diferente, o que significa que, dependendo dos resultados desejados e do estado atual do corpo de um paciente, certos procedimentos podem ou não ser melhores. As técnicas mais utilizadas são a abdominoplastia padrão, miniabdominoplastia e abdominoplastia circunferencial.

O que é a abdominoplastia padrão e para quem é recomendada?

A abdominoplastia padrão pode ser chamada de abdominoplastia completa. Neste procedimento, o trabalho é feito em todo o abdômen, tanto acima quanto abaixo do umbigo.

O procedimento é realizado por um cirurgião plástico que faz uma incisão horizontal entre os quadris e ao redor do umbigo. Após a incisão, ele remove o excesso de pele e de tecido e então puxa o músculo remanescente e a pele firmemente sobre o estômago. Por fim, ele remodela o umbigo e fecha a cirurgia com suturas.

Este procedimento é recomendado para homens e mulheres e o pré-requisito é que estejam saudáveis, que tenham pele em excesso ou enfraquecimento dos músculos abdominais.

O que é a miniabdominoplastia e para quem é recomendada?

A miniabdominoplastia costuma ser menos invasiva, mas fornece um resultado mais sutil se comparada à abdominoplastia padrão. A miniabdominoplastia foca o abdômen abaixo do umbigo e a incisão é geralmente escondida na linha do biquíni. Durante o procedimento, os músculos abdominais abaixo do umbigo podem ser apertados, se necessário, assim como o excesso de gordura removido da parte inferior do estômago.

A recomendação desse procedimento é feita para as pessoas que têm a conhecida “pochete”, ou seja, aquela gordura acumulada embaixo do umbigo.

O que é abdominoplastia circunferencial e para quem é recomendada?

A abdominoplastia circunferencial da parte inferior do corpo é o procedimento mais invasivo de todos. Ele aborda o abdômen completo, ao mesmo tempo em que visa os quadris e a parte inferior das costas. É recomendado para aqueles com excesso de pele e gordura no abdômen e o pré-requisito para realizar essa técnica é uma boa saúde geral, porque essa cirurgia visa reformular completamente a parte superior do corpo.

O procedimento é feito através de uma incisão horizontal que se estende através da barriga inferior, juntamente com uma incisão vertical através do umbigo. Isso permite a remoção do excesso de tecido e o aperto dos músculos abdominais. Após isso, o cirurgião então usa a lipoaspiração para remover a gordura ao redor da parte inferior das costas e quadris e contornar essas áreas. A finalização é feita com o umbigo sendo reposicionado antes da incisão ser fechada. De todas as técnicas, é a mais invasiva, mas a que fornece os resultados mais notáveis, por esse motivo o tempo de recuperação é maior.

Que tipo de anestesia é utilizada?

A anestesia utilizada será definida pelo seu médico, pois junto com a equipe ele analisará se o procedimento será melhor sucedido com uma anestesia geral ou com uma sedação intravenosa com infiltração anestésica, o que torna a cirurgia mais segura, a internação hospitalar mais curta e o período de recuperação pós-operatório mais rápido.

Qual é o tamanho e localização da cicatriz?

A localização e o tamanho da cicatriz diferem em todas as operações e são discutidos com o cirurgião plástico em detalhes e com antecedência. Na abdominoplastia padrão e miniabdominoplastia, as cicatrizes estão posicionadas onde são menos perceptíveis – geralmente são feitas perto da região púbica para que possam ser escondidas pela maioria das peças de roupa, incluindo roupas de banho e a maioria das roupas íntimas.

Já na técnica de abdominoplastia circunferencial, o cirurgião faz uma incisão ao redor de toda a circunferência do corpo. A posição exata das incisões varia de uma pessoa para outra e a cicatriz geralmente corre em um círculo do quadril ao quadril.

Nos primeiros 3 meses após a cirurgia plástica na barriga, a cicatriz ficará vermelha e saliente, mas depois disso, a vermelhidão começará a desaparecer e em aproximadamente 12 a 18 meses, as cicatrizes estão completamente curadas. 

Qual o tempo de recuperação de cada procedimento?

A recuperação da cirurgia plástica na barriga depende de vários fatores. Se nenhum reparo muscular for necessário após a cirurgia, é provável que você tenha um tempo de recuperação muito mais rápido, mas se ele foi feito, pode exigir uma recuperação maior.

Geralmente, na abdominoplastia padrão a maioria dos pacientes requer um período de recuperação de 2 semanas antes de retomar as atividades normais. Na miniabdominoplastia, por causa da técnica menos invasiva, a maioria dos pacientes requer menos de uma semana para se recuperar totalmente. Já na abdominoplastia circunferencial, por ser a técnica cirúrgica mais invasiva, os pacientes geralmente precisam de 3 a 4 semanas para a recuperação total.

Quais são os riscos relacionados à cirurgia plástica da barriga?

Os riscos e complicações podem ocorrer após qualquer operação. Efeitos colaterais como trombose venosa profunda e êmbolos pulmonares estão relacionados à anestesia geral, mas quando a opção é sedação intravenosa, esses riscos não existem.

Podem acontecer também bloqueios intestinais, que costumam ser tratados clinicamente, e outras complicações como sangramento pós-operatório, infecções, distúrbios sensoriais, uma ferida que não cicatriza adequadamente ou uma reação alérgica. Complicações como a superfície irregular da pele, formação de cicatriz hipertrófica, descoloração da pele após contusões e retenção de água são específicas.

Os fumantes, pacientes com problemas sérios de saúde como obesidade, obstrução intestinal, desequilíbrios hormonais ou que têm um histórico de uso de esteróides correm um alto risco de necrose tecidual ou infecção grave. Por fim, a sensibilidade na região será diferente por um tempo e muitas vezes permanece reduzida.

Quais cuidados tomar no pós-operatório?

O paciente deverá utilizar a cinta modeladora por pelo menos dois meses, para garantir um resultado satisfatório. A cinta vai garantir que o inchaço diminua e ajudará a evitar o acúmulo de líquidos. Ela serve também para moldar a silhueta e a cintura do paciente.

Outros cuidados são evitar sol, friagem, vento e esforços por um período mínimo de 15 dias, não dirigir por pelo menos um mês, obedecer à prescrição médica, evitar carne de porco e chocolate, já que esses alimentos dificultam o processo de cicatrização, não engordar por pelo menos 30 dias, fazer refeições com alimentos saudáveis, para que nenhum desconforto ocorra, não ingerir álcool nem fumar durante a recuperação, fazer diversas sessões de drenagem linfática e realizar as consultas e acompanhamento corretamente.

Haverá muita dor após a cirurgia plástica na barriga?

Geralmente existe a presença de um desconforto leve a moderado. Isso acontece nos dias seguintes à abdominoplastia, mas qualquer dor pode ser controlada e até mesmo aliviada com medicação.

A cirurgia plástica na barriga remove as estrias?

Isso dependerá de onde as estrias estão localizadas. Por exemplo, se elas estão exatamente no local onde o procedimento será feito, elas podem ser retiradas junto com o excesso de pele ou o procedimento irá ajudar a reduzir sua aparência e até tamanho, mas a forma mais segura de obter essa resposta é conversando com o seu médico.

Posso combinar este procedimento com outro?

Sim, os procedimentos de cirurgia plástica na barriga podem ser combinados, por exemplo, com o aumento ou redução das mamas e outros procedimentos. Verifique com o seu cirurgião plástico.

Após uma cirurgia plástica na barriga ainda posso ter filhos?

Normalmente não há grandes riscos associados a engravidar após uma cirurgia de abdominoplastia, mas é mais comum e recomendado que a cirurgia seja realizada após o nascimento dos filhos, pois isso pode ajudar a garantir que os resultados alcançados não sejam comprometidos pelas mudanças corporais que ocorrem com frequência durante a gravidez.

Quais os principais resultados? Antes e depois?

Após o procedimento a região já estará mais plana, mas a barriga ficará inchada e machucada. O inchaço e as contusões ficarão visíveis por algumas semanas, então os resultados permanentes começam a ser percebidos após 6 semanas. O resultado final costuma ser visível um ano após o procedimento, quando as cicatrizes e os tecidos subcutâneos estão completamente curados.

Abdominoplastia padrão

Miniabdominoplastia

Abdominoplastia circunferencial

Quanto custa uma cirurgia plástica na barriga?

O preço aproximado de uma abdominoplastia varia entre R$ 10.000,00 e R$ 22.000,00. O preço não costuma ser tabelado e por esse motivo o valor sofre variação. O preço dependerá do local onde será feito o procedimento e da necessidade de combinar com outras cirurgias. Além disso, serão considerados a internação em um hospital, centro cirúrgico e equipamentos para a operação, médico anestesista especializado, equipe médica envolvida e medicamentos. Por esse motivo, o valor exato só poderá ser dito pelo cirurgião plástico após uma avaliação geral.

Qual a melhor técnica de abdominoplastia?

A melhor técnica é aquela que atende à sua necessidade. Entender qual o resultado desejado, analisar a localização, a quantidade de excesso de pele, a qualidade geral da pele, o tipo de corpo do paciente e a presença de qualquer cicatriz de uma cirurgia anterior serão as bases para direcionar qual o melhor procedimento.

Se você leu este artigo e ficou interessado em realizar uma cirurgia plástica na barriga, o primeiro passo é conversar com um cirurgião plástico. Escolha um profissional certificado e experiente e que de preferência realize todas as técnicas de abdominoplastia.

Outro detalhe importante é entender onde a cirurgia será feita, pois o ideal é que esse tipo de procedimento seja feito em um hospital. Durante uma consulta, ele pode examinar sua anatomia individual, discutir todas as suas opções e desenvolver um plano de tratamento personalizado com o tipo apropriado de abdominoplastia, juntamente com quaisquer outros procedimentos necessários.

Uma dica é pedir indicação de pessoas que já fizeram a cirurgia plástica na barriga e de preferência com o cirurgião que você escolheu.

Referências adicionais:

Você tem vontade de realizar uma cirurgia plástica na barriga? Qual tipo acredita que se encaixa mais no seu perfil? Por que motivos? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)



ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*