Cúrcuma Emagrece Mesmo? Dicas e Cuidados

Especialista:
atualizado em 20/12/2019

A cúrcuma é um tipo de tempero bastante conhecido, usado inclusive para dar cor a algumas receitas. E mais do que isso, ela é um poderoso remédio medicinal, usado na medicina oriental já há milênios.

No mundo ocidental, este alimento está sendo descoberto aos poucos, mas até os dias de hoje já foram produzidos mais de 7000 estudos científicos diferentes para tentar identificar todos os benefícios do princípio ativo da cúrcuma, a curcumina.

Além de ser um poderoso anti-inflamatório e possuir ação antioxidante, a cúrcuma emagrece também por conta de seu efeito termogênico e pode ser um aliado para quem quer perder peso.

Se você quer saber se cúrcuma emagrece mesmo e ter os detalhes sobre os seus benefícios para o perda de peso, vamos conhecer algumas dicas de consumo e cuidados ao consumir este alimento, seja em sua versão em pó ou em suplementos.

Como funciona a cúrcuma no nosso organismo?

Ao ingerir a curcumina, o princípio ativo da cúrcuma, o fígado é muito beneficiado, já que ela tem poder de desintoxicação e de proteção de suas células contra a ação de radicais livres, já que possui antioxidantes poderosos.

Outro ponto importante é que a cúrcuma pode diminuir os níveis de colesterol ruim, o LDL, no corpo, já que suas propriedades têm o poder de reduzir o nível de lipídios no sangue.

Estes dois pontos são, por si só, muito benéficos para quem quer emagrecer, mas ainda há uma terceira ação da cúrcuma que vai ajudar ainda mais a queimar aqueles quilos extras.

Ela tem o poder de aumentar o processo de termogênese no nosso organismo, o que quer dizer que a cúrcuma emagrece por acelerar o metabolismo e, consequentemente, queimar gordura.

Mas então, a cúrcuma emagrece mesmo?

Não espere que a cúrcuma vá queimar suas gorduras enquanto você come um pote de sorvete e assiste à TV. É claro que não existem milagres, mas podemos afirmar que a cúrcuma emagrece, desde que você também a ajude a fazer bem o seu trabalho.

Os alimentos termogênicos são aqueles que aumentam o metabolismo e aceleram o processo de queima de gordura e isso pode ser potencializado ao fazer exercícios regularmente, por exemplo.

Além de melhorar a queima de gordura, a cúrcuma também tem o poder de regular o nível glicêmico no sangue. Ao prevenir picos muito altos de insulina, o seu corpo não vai acumular gordura tão facilmente.

Outra forma com a qual a cúrcuma pode beneficiar a perda de peso é por possuir algumas propriedades digestivas, que podem melhorar a absorção dos nutrientes através de um melhor fluxo intestinal. 

Estudos

Existe uma infinidade de estudos que pesquisam os benefícios e as ações da cúrcuma no nosso organismo. Um deles, realizado em 2009, pesquisou os efeitos da curcumina na queima de gordura.

A pesquisa descobriu que o princípio ativo da cúrcuma pode contribuir com a diminuição da gordura corporal e com a redução de peso, indicando que o seu princípio ativo pode agir como prevenção da obesidade. Isso porque a cúrcuma age no metabolismo dos lipídios e de energia, colaborando para uma maior queima de gordura.

Um outro estudo, publicado no Journal of Nutrition, indicou que, ao incluir a cúrcuma na alimentação de ratos que consumiam uma dieta abundante em gordura, notou-se que as células de gordura pararam de se espalhar, o que ajudou reduziu o ganho de peso e a gordura total destes animais.

Na prática, é preciso esperar pelo menos três meses para ver os resultados efetivos do consumo da cúrcuma no seu corpo, mas você pode melhorar este tempo se passar a se alimentar de forma mais saudável, com menos gorduras, e começar uma rotina de exercícios.

Como consumir a cúrcuma?

A forma mais comum de consumir a cúrcuma é incluindo este tempero na sua alimentação. Para quem já está acostumado a cozinhar, incluir a cúrcuma no seu dia-a-dia é muito fácil.

Apesar da coloração forte, este alimento não possui um sabor tão marcante e pode ser usado em refogados de legumes, em ovos mexidos, sopas e até mesmo no arroz de todos os dias. Adicione meia colher de sopa de cúrcuma nestas receitas e estes e outros pratos vão ganhar uma coloração nova, muitos nutrientes e uma ajuda na queima de gordura.

Outra forma excelente de usar a cúrcuma para a perda de peso é fazendo chás. Os chás para perder gordura são muito usados, por isso vamos dar algumas dicas de combinação para potencializar ainda mais a cúrcuma no seu organismo.

Vale lembrar que o melhor é não adoçar o chá se a intenção é perder peso, mas se o gosto não te agradar, opte por adoçar com mel ao invés do açúcar ou adoçante.

Video: Como ter resultados com a Cúrcuma

1. Chá de cúrcuma com gengibre

Ingredientes:

  • Um pedaço de gengibre descascado;
  • Meia colher de sopa de cúrcuma em pó ou um pedaço de cúrcuma descascada;
  • 200 ml de água;
  • 2 paus de canela.

Modo de preparo:

Coloque a água para ferver e adicione o gengibre e a cúrcuma. Se você tiver cúrcuma em raíz, como o gengibre, melhor ainda. Deixe ferver por cinco minutos e adicione a canela, deixando no fogo por mais dois minutos. Tome quente e não mais do que duas xícaras deste chá por dia.

2. Leite com cúrcuma

Ingredientes:

  • ½ colher de sopa de cúrcuma;
  • 1 xícara de chá de leite.

Modo de preparo:

Esquente o leite, mas não muito e misture bem a cúrcuma. Esta é uma receita muito popular na Índia e é usada principalmente para ter uma boa noite de sono. A recomendação é tomar meia hora antes de dormir e seu metabolismo vai funcionar muito bem durante a noite.

3. Chá verde com cúrcuma

Ingredientes:

  • 1 xícara de chá verde já preparado;
  • ½ colher de sopa de cúrcuma.

Modo de preparo:

Misture os dois ingredientes quando o chá verde ainda estiver quente. Outra forma é adicionar um pedaço da raiz da cúrcuma no chá fervente. Tome antes das refeições, não passando de duas xícaras por dia.

4. Chá de cúrcuma

  • 1 xícara de chá de água;
  • ½ colher de sopa de cúrcuma ou um pedaço descascado de cúrcuma.

Modo de preparo:

Ferva a água e adicione a cúrcuma deixando descansar por alguns minutos. Tome este chá de manhã, em jejum. 

Suplementos com cúrcuma em sua composição

Há também a opção de tomar suplementos de cúrcuma, mas é importante ressaltar que estas cápsulas não são recomendadas para menores de idade, nem para pessoas com determinados problemas de saúde ou mulheres grávidas.

As cápsulas de cúrcuma normalmente possuem cerca de 300 miligramas cada uma e, dependendo do fabricante, ele vai recomendar uma dose diferente. Como estas doses são altas, é importante ter o acompanhamento de um médico ou nutricionista antes de começar a tomar suplementos de cúrcuma.

O acompanhamento de um profissional pode indicar, além da dosagem recomendada, o momento certo de tomar este suplemento, que pode ser entre as refeições ou juntamente com a comida.

Cada caso é um caso, por isso recomendamos o acompanhamento de um profissional para não prejudicar a sua saúde e potencializar o poder a cúrcuma na perda de peso.

Qual a dose recomendada?

Independente da forma que você vai consumir a cúrcuma, não espere resultados imediatos. Especialistas afirmam que os benefícios virão a partir do terceiro mês de consumo regular da cúrcuma. Por isso, não adianta exagerar na dose esperando resultados mais rápidos.

De acordo com o centro médico da Universidade de Maryland, o consumo de cúrcuma em pó deve ser de entre 1 e 3 gramas por dia. Em suplementos, este valor não deve exceder os 600 miligramas, no máximo 3 vezes ao dia.

Cuidados

Mesmo sendo um alimento natural, a cúrcuma pode trazer alguns efeitos colaterais indesejados para quem a consome, principalmente se for em excesso. Por isso, atente-se aos valores recomendados por dia e não os ultrapasse.

Uma dica é começar com o seu consumo de pouco em pouco. Vá aumentando as doses semanalmente, para que seu corpo se acostume com os seus efeitos. Comece com menos de 1 grama e aumente gradualmente.

Após começar o uso da cúrcuma, fique atento para os seguintes efeitos colaterais e suspenda o uso caso algum deles apareça:

  • Náusea;
  • Diarréia;
  • Vômito;
  • Indigestão;
  • Pressão baixa;
  • Sangramento excessivo;
  • Aumento do fluxo menstrual;
  • Aumento nas dores nas articulações.

Pessoas com pedra na vesícula, que tomam remédios coagulantes, grávidas e lactantes devem evitar fazer o uso da cúrcuma sem orientação médica. Converse com o seu médico ou nutricionista antes de incluir a cúrcuma em sua alimentação.

Os suplementos devem ser tomados apenas por pessoas que já conversaram com um profissional.

Você conhece alguém que a utilize na cozinha e afirme que a cúrcuma emagrece mesmo? Tem curiosidade de experimentar este tempero também? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (47 votos, média: 4,21 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

1 comentário em “Cúrcuma Emagrece Mesmo? Dicas e Cuidados”