Cúrcuma: O que é, benefícios, cuidados e como tomar

Especialista da área:
atualizado em 04/01/2021

Os benefícios da cúrcuma são muitos, e a cada dia vem atraindo mais atenção. E isso se deve principalmente aos compostos chamados de curcuminóides, como veremos a seguir.

  Continua Depois da Publicidade  

A cúrcuma, ou açafrão, é o tempero que dá ao Curry, famosa especiaria indiana, a cor amarela, o aroma e o sabor característicos. Por isso, muitas das propriedades da cúrcuma são semelhantes às do curry.

Ela é usada na Índia e por diversas tribos indígenas há milhares de anos, como especiaria e também como erva medicinal.

Então, vamos conhecer as propriedades e os benefícios da cúrcuma, descobrir quais os efeitos colaterais de seu uso e como usar.

O que é a cúrcuma?

cúrcuma ou açafrão
Cúrcuma (ou açafrão)

A cúrcuma (Curcuma Longa) é uma planta da mesma família do gengibre. Mas, enquanto o gengibre tem uma coloração amarelo-clara, a cúrcuma é de um laranja escuro.

Ela tem um sabor picante e amargo característico, e uma fragrância suave que lembra laranja e gengibre, e pode ser consumida fresca ou na forma de extrato.

A Curcumina

O principal ingrediente ativo do açafrão é a curcumina. Ela é um pigmento fenólico que tem um sabor ligeiramente amargo e picante e um cheiro bastante característico que lembra o da mostarda.

E é a curcumina que dá ao açafrão a propriedade anti-inflamatória e seu caráter preventivo em relação a várias doenças.

Principais benefícios da cúrcuma

A cúrcuma pode ser um dos suplementos nutricionais mais eficazes que existe, e muitos estudos de alta qualidade mostram que ela pode trazer grandes benefícios para todo o corpo.

1. A curcumina é um composto anti-inflamatório natural

A curcumina é um potente anti-inflamatório e, ao contrário da maior parte dos medicamentos usados para tratar inflamações, a sua ingestão não provoca danos aos órgãos do sistema digestivo.

  Continua Depois da Publicidade  

Ela é um polifenol, que age na regulação de uma substância chamada TNF-alfa.  E, como o TNF-alfa tem um papel-chave na inflamação, a curcumina pode se tornar uma grande aliada no tratamento de diversas doenças inflamatórias e autoimunes.

Esse efeito já foi demonstrado em diversos estudos menores, que foram reunidos em uma revisão feita por pesquisadores de diversos países, e publicada no periódico Pharmacological Research em 2016.

2. Cúrcuma aumenta a capacidade antioxidante do organismo

Acredita-se que a oxidação das células e tecidos é um dos mecanismos que leva ao envelhecimento e ao desenvolvimento de muitas doenças.

A oxidação no organismo é causada por radicais livres, moléculas que tendem a reagir com substâncias orgânicas importantes, tais como ácidos graxos, proteínas e DNA.

Assim a curcumina, que é um potente antioxidante presente na cúrcuma, pode neutralizar os radicais livres e prevenir muitos desses problemas.

3. A curcumina reduz o risco de doença cardíaca

As doenças cardiovasculares são atualmente a maior causa de mortes no mundo. Estudos sugerem que a curcumina pode ajudar a prevenir o acúmulo de placas que podem obstruir as artérias e levar a ataques cardíacos e derrames.

Esse efeito se deve a capacidade da cúrcuma, ou mais especificamente da curcumina, de reduzir as taxas de colesterol ruim e triglicérides do sangue, como demonstrado em um estudo publicado no Nutritional Journal em 2017.

Assim, a curcumina ajuda a evitar o desenvolvimento de problemas como a aterosclerose, ou acúmulo de gorduras nas paredes das artérias.

  Continua Depois da Publicidade  

4. A curcumina diminui o risco de mal de Alzheimer

Um dos benefícios da cúrcuma mais estudados é seu efeito em doenças neurodegenerativas, como o mal de Alzheimer, e foi pesquisado  exaustivamente por cientistas indianos, e publicado no periódico Annals of Indian Academy of Neurology.

Mas para entendermos os efeitos da curcumina no Alzheimer, primeiro precisamos entender como a doença afeta o cérebro:

  • Inflamação: A inflamação crônica das células nervosas é uma importante característica dos danos neurológicos vistos no Alzheimer
  • Estresse oxidativo: Os danos causados pelos radicais livres causam a deterioração dos neurônios, contribuindo para a piora dos sintomas
  • Depósito de placas beta-amiloide: Essa é a característica mais marcante do Alzheimer, e contribui para os danos aos neurônios.

E o que os pesquisadores encontraram é que a curcumina age em todos esses processos, e ajuda a evitar a inflamação, o estresse oxidativo e o depósito das placas de beta-amiloide.

Arroz com açafrão
Arroz com açafrão

5. Cúrcuma pode ajudar a prevenir e até mesmo tratar alguns tipos de câncer

Diversos estudos, como este que foi publicado em 2018 no periódico Functional Food and Human Health, mostram que a curcumina tem uma atividade anticâncer, agindo em diversos pontos do desenvolvimento dos tumores:

  • Mutação das células;
  • Formação de vasos sanguíneos para nutrir o tumor;
  • Metástase.

Assim, ela ajudaria na prevenção e no tratamento da doença, sem os efeitos colaterais característicos dos tratamentos atualmente disponíveis.

Mas, ainda existem desafios para o uso da curcumina como tratamento anticâncer, e são necessários mais estudos para avaliar melhor esse potencial.

6. A curcumina ajuda a melhorar os sintomas da artrite

A curcumina tem uma forte ação anti-inflamatória, e pode ajudar a prevenir e tratar diversos problemas de saúde que envolvam a inflamação.

E como a artrite é um problema que causa dor, inchaço e inflamação nas articulações, substâncias com efeito anti-inflamatório, como a curcumina, podem ajudar a melhorar o quadro.

7. Pode ajudar a prevenir o diabetes

Por fim, a curcumina ajuda a reduzir os níveis de açúcar no sangue, como mostram pesquisadores brasileiros em um estudo publicado no periódico Pharmacological Research, em 2018.

Mas o efeito da curcumina na glicemia só foi significativo em pessoas que tinham algum grau de descontrole dos níveis de açúcar. Quando os níveis estavam normais, a curcumina não causava efeitos.

Ideias para incluir a cúrcuma no dia a dia

drink tradicional indiano com cúrcuma
Drink tradicional indiano com cúrcuma

A cúrcuma pode ser adicionada as receitas tanto para dar sabor quanto para colorir os alimentos. Veja alguns exemplos:

  • Adicione cúrcuma ao ovo cozido da salada, para dar-lhe uma cor amarela mais apetitosa;
  • Misture o arroz integral com passas e castanha de caju, e tempere com açafrão, cominho e coentro;
  • Adicione a especiaria diretamente à couve-flor cozida no vapor, ou faça um molho cremoso para acompanhá-la adicionando açafrão e cebola seca a um pouco maionese, sal e pimenta;
  • Cúrcuma é um ótimo tempero para incrementar as receitas que levam lentilhas;
  • Dê aos molhos para salada um tom amarelo-alaranjado, adicionando um pouco de pó de açafrão a eles.

Efeitos colaterais da cúrcuma e segurança do consumo

Cúrcuma não é um alimento que comumente cause alergias, mas, no entanto, algumas pessoas relataram reações alérgicas à cúrcuma, especialmente após a exposição da pele ao sol.

Nestes casos foram relatadas suaves erupções cutâneas acompanhadas de coceira.

E além disso, existem ainda registros de reações adversas em pessoas que consumiram grandes quantidades de cúrcuma, como as listadas a seguir:

  • Náusea;
  • Diarreia;
  • Problemas na coagulação do sangue;
  • Problemas no fígado e na vesícula;
  • Pressão arterial baixa;
  • Contrações uterinas em mulheres grávidas;
  • Aumento do fluxo menstrual;
  • Diminuição drástica do nível de açúcar no sangue, principalmente em diabéticos;
  • Dores no estômago;
  • Diminuição na absorção de ferro.

Pessoas que tomam certos medicamentos também devem ter cuidado ao ingerir cúrcuma ou usar suplementos que a contenham. Isso porque seu princípio ativo pode interferir na ação daqueles que afetam a coagulação sanguínea.

Por isso, é importante sempre consultar um profissional de saúde para saber se a cúrcuma pode interagir com algum medicamento de uso diário.

Veja no vídeo abaixo algumas dicas da nutricionista.

Fontes e Referências Adicionais

Você já conhecia todos esses benefícios da cúrcuma para a saúde? Tem o costume de utilizá-la em algumas receitas do dia a dia? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (295 votos, média 4,09)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

161 comentários em “Cúrcuma: O que é, benefícios, cuidados e como tomar”

  1. Muito bom dia Dra. Patricia Leite! Meu nome é Eros, tenho 48anos de idade, já fiz uma cirurgia na coluna lombar, porém, estou com a saúde boa. Jogo futevôlei na praia, faço caminhadas de 5Km três vezes por semana, mas as dores articulares vem me restringindo muito no ultimo ano. reparei no meu exame de sangue que meu ácido úrico e colesterol estão aumentados, um amigo me receitou (risos), me falou sobre o açafrão. Li na internet que a senhora além de ótima médica, é uma pesquisadora e conhece muito bem as propriedades do açafrão. Peço encarecidamente, se a senhora pode me ajudar com relação a QUANTIDADE DIÁRIA que devo usar para combater ou mesmo melhorar o meu problema acima descrito. desde já o meu muito obrigado, sucesso na sua brilhante carreira e que Deus abençoe a senhora e sua família.

    Responder
  2. Uso o Adoçante de Cúrcuma da Rarity Brasil. Gente curei todas as dores que tinha no corpo e não peguei mais gripe. Eu era pré diabetica, agora minha glicemia está controlada. Minha vida mudou, sou outra depois deste adoçante abençoado. Acredito que Deus deixou tudo na natureza para sobrevivermos. Não precisamos de produtos químicos. Obrigado Rarity por esse bem para a humanidade.

    Responder
  3. Sim, conhecia alguns benefícios da cúrcuma, mas não faço uso constante devido o seu gosto forte,inclusive tenho em minha casa várias plantações dela em vasos, são muito bonitas.

    Responder
    • Eu tomo cúrcuma todos os dias de manhã eu um copo com água e uma colher de chá,e aí eu tomo banho me arrumo e tomo café direito e vou para a academia,eu me sinto muito bem com o cúrcuma está fazendo muito bem a minha saúde…

      Responder
  4. Comecei a tomar capsulas de cúrcuma,pois tenho artrose, foi muito bom sumiram as dores, mas começou a me dar coceira,sou alérgica a anti-inflamatório como Tandrilax não sei se tem alguma relação, penso ir procurar médico.Que acham? Não queria parar…

    Responder
  5. E
    Eu estou tomando com dous lo
    Imoes e duas folhas de couve, senti q a minha pele que e muito oleosa melhorou muito , nao deixo mais de tomar , e a medida e uma colher de sobremesa.AMEI.

    Responder
  6. Meu cunhado vende o açafrão puro, ele planta e colhe fazendo o preparo. Sempre compro dele aqui em Brasília.

    Responder
  7. PASSEI A TOMAR CURCUMA DEVIDO A TENDINITE NO MEU BRAÇO DIREITO. AS DORES ERAM CONSTANTES E PRINCIPALMENTE À NOITE. COM UMA SEMANA SE USO DIÁRIO JÁ SENTI QUE A DOR ERA QUASE IMPERCEPTÍVEL. HOJE JÁ FAZEM 40 DIAS E ALÉM DAS DORES QUE SUMIRAM ELIMINEI TRÊS QUILOS. DEVIDO A CURCUMA COMBATER AS INFLAMAÇÕES, COMBATE TAMBÉM A CELULITE. CURCUMA AGORA É PARTE DA MINHA DIETA DIÁRIA. TOMO PELA MANHA 2 COLHERES (CHÁ) BEM CHEIAS DE CURCUMA MISTURADAS AO SUCO DE CAJU OU CAFÉ COM LEITE OU VITAMINA DE FRUTAS. FAÇO DOIS COPOS, UM COM CURCUMA E OUTRO SEM MISTURA. ASSIM VOU INTERCALANDO OS FOLES PARA DESCER MAIS FÁCIL. POTENCIALIZO AINDA COM UMA CÁPSULA DE PIPERINA 10 Mg e 2 colheres(sopa) Óleo de Côco. ESTE CAFÉ DA MANHÃ ME DEIXA SEM FOME TOTALMENTE ATE PRÓXIMO DAS 14 HS. TOMAR ÁGUA TAMBÉM É MUITO IMPORTANTE.

    Responder
  8. ola,quero saber se posso fazer uso da cúrcuma.Temho artite reumatoide,muitas dores, inchaços.
    qual a dose por dia

    Responder
      • Ala queria saber se quem pretende engravide de sua primeira gravidez daqui a mais ou menos 1 ano se o uso do açafrão faz mal o causa algum risco de infertilidade?

        Responder
        • No Atlas da Saude Jolivi fala dos benefícios do uso da cúrcuma e do óleo de coco para reversão da Alzheimer, inclusive contando historias de reversão.

          Responder
  9. Eu uso cúrcuma em pó, colocando diretamente sobre os alimentos (saladas e comidas em geral). Nunca misturei com nenhum líquido. Não vejo problema. Alguém também usa assim?

    Responder
  10. Estou com um diagnóstico de artrite e fibromialgia. Sinto muitas dores pelo corpo todo e dificuldade ao levantar.
    Gostaria de saber qual a quantidade adequada diária de cúrcuma/açafrão a ser consumida.
    Obrigada.

    Responder
  11. Quem tem glaucoma – pressão ocular alta, em tratamento- pode tomar estas cápsulas? Estou impedida de fazer uso de muitos remedios por causa do glaucoma e não sei a dosagem. Sofro com problemas nas articulações, artrose nas mãos e joelhos e menisco inflamado . Muito grata pela atenção .

    Responder
  12. Faz algum tempo(anos)bati com o dedo indicador direito na torneira da cozinha e desde lá fiquei com uma mancha roxa na unha e a dor me acompanhou diariamente e a inchação também. Fiz uma radiografia há dois anos e o resultado foi desmineralização óssea e o ortopedista me disse que eu teria que conviver com aquela dor pois não havia tratamento e nem cura. Entreguei a minha necessidade nas mãos de Deus e esqueci os médicos. Bom, viajando pro Canada em outubro próximo passado fui agraciada ao conhecer o Curcuma Turmeric através da minha filha que tinha as mãos inchada devido ao trabalho que exerce e ao fazer uso desse complemento ficou boa. Foi assim que melhorei da dor e do inchaço que já me impedia de fazer minhas tarefas domésticas pois já não podia esbarra a ponta do dedo em coisa alguma. Estou consumindo 500mg diariamente no café da manhã. Não podia deixar de relatar o meu caso aqui pois é muito importante que sejamos esclarecidos quanto ao uso de produtos naturais existentes na natureza e eficazes. Desde já agradecida por essa oportunidade. Abraços

    Responder