Dieta cetogênica

Dieta Cetogênica pode Aumentar Risco de Diabetes Tipo 2, Alerta Novo Estudo

Um novo estudo que revela que uma dieta cetogênica pode aumentar o risco de desenvolver diabetes tipo 2 foi publicado recentemente no Journal of Physiology, onde os pesquisadores explicam que uma dieta pobre em carboidratos e rica em gorduras pode resultar em resistência à insulina, abrindo caminho para a diabetes tipo 2. Embora pesquisas adicionais sejam necessárias, o estudo destaca um possível problema com a dieta que tem se tornado tão popular.

As dietas cetogênicas ganharam tal popularidade exatamente devido às suas baixas quantidades de carboidratos e ao suposto efeito positivo que elas podem ter na resistência à insulina e na reversão da diabetes tipo 2.

No entanto, um estudo da ETH Zurich e do Hospital Infantil da Universidade de Zurique descobriu que as dietas cetogênicas podem aumentar a resistência à insulina, afetando a capacidade do organismo de responder a quantidades normais de insulina. Isso, por sua vez, pode levar ao aumento dos níveis de açúcar no sangue e ao desenvolvimento de diabetes tipo 2.

O aumento deste risco foi observado durante a fase inicial da dieta, de acordo com o estudo, que envolveu ratos de laboratório alimentados com duas dietas diferentes: uma dieta rica em gordura e uma dieta cetogênica.

Testes metabólicos revelaram um aumento do risco de resistência à insulina nos ratos em uma dieta cetogênica, mas os pesquisadores dizem que mais informações são necessárias para entender completamente o que está acontecendo:

“O mecanismo por trás de todo o processo era indeterminado; Portanto, a existência de uma resposta fisiológica compartilhada entre as dietas de baixo carboidrato e carboidratos regulares de alto teor de gordura que causam resistência à insulina no fígado requer mais exploração.”

Você já experimentou fazer a chamada dieta cetogênica? Quais resultados teve com ela? Se não, já a conhecia? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 4,00 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)




ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*