Faz Mal Comer Jaca à Noite?

Especialista:
atualizado em 15/01/2020

Não são poucos os dizeres populares que afirmam que comer isso ou aquilo pode fazer mal. Entretanto, antes de acreditar em qualquer um deles é necessário ter certeza de que eles possuem algum tipo de fundamento ou se não passam de uma informação sem base ou sentido. Pensando nisso, no artigo de hoje, nós vamos falar sobre aquela história que diz que faz mal comer jaca à noite.

Saber isso é importante tanto para quem gosta do alimento – que saberá se pode consumi-lo em qualquer horário – tanta para quem não gosta – que saberá se poderá usar a afirmação como mais uma desculpa para rejeitar a fruta.

Já que estamos falando de frutas, não deixe de aproveitar para mais tarde conhecer outras frutas exóticas brasileiras e seus benefícios.

Sobre a jaca

A jaca (Artocarpus heterophyllus Lam) é uma fruta originária da Ásia que apresenta uma formato ovalado ou arredondado e uma superfície áspera composta por pequenas saliências. O seu interior contém diversos gomos e cada um deles tem um caroço grande, sendo recoberto por uma polpa cremosa, viscosa (gelatinosa) e muito aromática.

A árvore que dá origem ao alimento – conhecida pelo nome de jaqueira – é de porte ereto, atinge entre 20 metros a 25 metros de altura e possuem uma copa densa e irregular. Os frutos produzidos por essa árvore são um tanto quanto grandes – pesam em média 9 kg, entretanto, podem chegar a atingir os 15 kg.

A polpa da jaca pode tanto ser consumida naturalmente quanto empregada em preparações culinárias como refrescos, sucos, licores, compotas e outros doces. Até as suas sementes têm o seu espaço na cozinha – elas podem ser consumidas assadas ou moídas no formato de farinhas que podem ser utilizadas em receitas de biscoitos e doces.

Classificada como um alimento dotado de boas quantidades de proteínas e vitamina A, a jaca também é composta por doses de outros nutrientes importantes para o organismo humano como carboidratos, fibras, cálcio, fósforo, vitamina B1 (tiamina), vitamina B2 (riboflavina) e vitamina C. A jaca possui diversos beneficios para a saúde, caso você não os conheça, não deixe de ler sobre os benefícios da jaca.

E então, será que faz mal comer jaca à noite?

Uma coisa já podemos adiantar: se você comer quantidades muito elevadas de jaca à noite – ou em qualquer outro período do dia – corre grandes riscos de passar mal sim. Isso porque tudo o que é consumido exageradamente pode fazer mal ao organismo.

Por exemplo, a nutricionista clínica Viviane Dalapícula advertiu que o consumo excessivo de jaca pode provocar flatulência, ou seja, gases, em decorrência de uma má digestão do açúcar. Se esse é um assunto que interessa, aqui você encontra outros alimentos que provocam gases.

A questão da alergia

Embora a jaca não seja classificada como um alimento alergênico comum, não é impossível para uma pessoa desenvolver uma reação alérgica à fruta. De acordo com a nutricionista Brianna Elliot, algumas pessoas podem ser alérgicas à jaca, especialmente aquelas que sofrem com alergia ao pólen de bétula.

Encontramos em uma reportagem a história da dona de casa Iracy Conceição da Silva Sousa, que contou que depois de ter recebido de presente da vizinha uma jaca muito cheirosa e apetitosa, repentinamente sentiu coceira na mão, no olho e na pele, além de ter começado a lacrimejar e sentir queimação.

Iracy também percebeu o surgimento de bolhas e ficou agoniada quando começou a ter dificuldades para respirar.

Para o site da Academia Americana de Alergia, Asma e Imunologia (AAAAI), o doutor David Fleischer afirmou que existe o relato de um caso de anafilaxia à jaca em decorrência de uma reatividade cruzada (reação alérgica cruzada) com o látex.

A anafilaxia consiste em uma reação que representa riscos de vida, restringe a respiração e se trata de uma emergência médica que pode fazer o corpo entrar em choque, além de envolver sintomas como perda de consciência, queda na pressão, erupção cutânea, vertigem, náusea, vômito e pulso rápido e fraco.

Ao experimentar qualquer um dos sintomas mencionados acima depois de entrar em contato com a jaca ou consumir a fruta à noite ou em qualquer outro momento do dia, procure imediatamente o auxílio médico, mesmo que não imagine se tratar de uma reação tão grave assim.

Isso é necessário para verificar a real seriedade do problema em questão, receber o tratamento apropriado, confirmar se tem uma alergia à jaca ou não e saber direitinho quais cuidados precisará tomar a partir de então, uma vez que a alergia ao alimento seja realmente confirmada.

A questão da diabetes

De acordo com informações da publicação Alimentos Regionais Brasileiros (2ª edição, 2015) do Ministério da Saúde, uma porção de 100 g de jaca é composta por 22,5 gramas de carboidratos.

Com isso, independente da hora do dia, o consumo do alimento por parte dos diabéticos exige cautela porque quando uma pessoa consome um alimento que contém carboidratos, o seu sistema digestivo decompõe os carboidratos digestíveis na forma de açúcar, que vai parar então na corrente sanguínea, conforme explicou a Escola de Saúde Pública de Harvard.

Conforme o que acrescentou a instituição, o metabolismo dos carboidratos é algo revelante para o surgimento da diabetes do tipo 2, que começa a ser desenvolvida quando os músculos e outras células param de responder à insulina.  

Além disso, segundo a nutricionista Brianna Elliot, é possível que a ingestão regular da fruta exija que as dosagens de medicamentos para o tratamento da diabetes sejam modificadas.

Portanto, para quem sofre com a diabetes, é importante conversar com o médico e o nutricionista que acompanham o seu caso antes de começar a consumir a jaca. Se você tem a doença, certamente achará útil conhecer dicas de dieta para a diabetes do tipo 2.

Por outro lado

Como o tema do nosso artigo de hoje é se faz mal comer jaca à noite, precisamos registrar que embora tenhamos nos deparado com esses empecilhos associados ao consumo do alimento, a gente não encontrou problemas relacionados ao consumo noturno da jaca especificamente.

Em outras palavras, as questões mencionadas aqui podem ser observadas em qualquer horário do dia, ao passo que não existem registros confiáveis e seguros que nos permitem afirmar que é o fato de comer a jaca a noite em si que pode acarretar algum problema para a saúde.

Vídeo:

Gostou das dicas?

Fontes e Referências Adicionais:

Você já se perguntou se faz mal comer jaca a noite? Conhece alguém que possa confirmar? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 4,50 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

2 comentários em “Faz Mal Comer Jaca à Noite?”

  1. Eu estava procurando informações sobre a jaca e cheguei até o seu site.
    A jaca é minha fruta favorita e é rara onde eu moro. Consegui encontrar esta semana comi justamente a noite e passei terríveis flatulências. Quando acordei pela manhã com as laterais da minha língua muito dolorida e inchada. Já fazem dois dias e ainda muito dolorida. Como se estivesse inflamada.

  2. Minino, outro dia vim do sítio de meu ti uma cinco ora da tarde, e de lá truçi umas jaca e por ter uma boa amizade aqui na rua dei uma jaca pra minha vizinha
    quando foi umas oito ora ela mandou um zap pra eu dizenu que ia abri a jaca, e até aí tudo bem.
    quando foi cumpocu vem correnu o fi dela gritam “mainha tá morreu, mainha tá morreu, mainha tá morrenu, acuda” ai fui la vê e num era que a veia tava com o buchu inchadu de jaca..
    iai no fim a véia morreu, us médico disseru que foi um jacocídio