Fritar com azeite

Fritar com Azeite Faz Mal? É Mais Saudável?

Sabemos que alimentos fritos são prejudiciais à saúde. Além de colocar a manutenção do peso ideal em risco, a gordura resultante do processo de fritura é muito prejudicial ao organismo, e pode resultar em doenças cardiovasculares, aumentar a pressão arterial e até as chances de desenvolvimento de câncer.

Apesar de tudo isso, as frituras ainda constituem uma parcela da dieta da maioria dos brasileiros e até para aqueles que já as eliminaram quase completamente das refeições, às vezes, elas parecem inevitáveis.

Uma alternativa popular ao óleo de cozinha comum é fritar com o azeite de oliva, mas seu uso ainda divide opiniões. Há quem diga que se trata de um método mais saudável e há quem diga que fritar com azeite faz mal à saúde. Qual será a verdade, afinal?

Possíveis malefícios

A desvantagem mais popularmente citada em relação a fritar com azeite de oliva é que se trata de um óleo cujo “ponto de fumaça” é muito baixo. O ponto de fumaça é tecnicamente o ponto de aquecimento do óleo em que ele começa a se degradar e liberar substâncias relativamente tóxicas e nocivas à saúde.

Dessa forma, quanto mais alto o ponto de fumaça, melhor o óleo para fritar, pois ele se degrada menos. Como o ponto do azeite é baixo, a conclusão a que muitos chegam é a de que fritar com o azeite de oliva faz mal e não serve para esse tipo de preparação.

Mas isso não é necessariamente verdade. Ao contrário da maioria dos óleos vegetais, o azeite é um óleo bem estável quando aquecido, o que faz com que não se degrade tanto quanto os outros ao se expor ao calor.

Mesmo a pequena parte do azeite que chega a se degradar não apresenta riscos. De acordo com uma pesquisa, publicada na revista Taylor & Francis em 2005, o azeite de oliva é o óleo vegetal que menos produz aldeídos (um tipo de substância nociva liberada por óleos vegetais no aquecimento), provando que ele é, de fato, mais resistente ao calor do que se pensa, e não apresenta tantos riscos reais quando se trata da liberação de substâncias tóxicas.

Ou seja, se for para fritar, para uma parcela de especialistas o azeite é a sua aposta mais saudável.

A diferença entre o azeite e o óleo comum

Uma grande diferença entre o azeite e o óleo de cozinha comum é o processo de fabricação. Enquanto o azeite é obtido naturalmente pela prensa de azeitonas, os óleos vegetais passam por processos químicos para finalização. O azeite apresenta gorduras poli-insaturadas e grande quantidade de antioxidantes. O fato é que o azeite é muito mais saudável do que outros óleos vegetais.

É importante lembrar que, só porque a gordura presente no azeite de oliva é menos nociva que a do óleo comum, não significa que a comida frita no azeite seja “saudável”. Todo alimento frito será gorduroso e calórico. A alternativa realmente saudável seria banhar o alimento em azeite e assá-lo no forno ou até mesmo grelhá-lo.

Outra característica que distingue o azeite de outros tipos de óleo é seu sabor distinto. Enquanto o óleo vegetal comum possui um sabor neutro, o do azeite é muitas vezes perceptível, especialmente quando usado para fritar/assar legumes e pratos de sabor mais suave. Quando se trata de carnes, ele é suficientemente neutro, mas é sempre bom ter esse fator em mente.

Outros benefícios do azeite de oliva

Além de apresentar um tipo de gordura mais “saudável”, o azeite possui vitamina E e tem ação antioxidante, contrastando com a ação inflamatória presente na maioria dos alimentos fritos no óleo comum. O azeite também ajuda o organismo a absorver os nutrientes presentes em qualquer que seja o alimento frito/cozido nele.

De forma geral, o uso do azeite de oliva é extremamente vantajoso e a opção mais saudável dentre os óleos vegetais. Mas a questão se fritar com azeite faz mal ainda é polêmica. Vão ter muitos profissionais que não recomendam a fritura com azeite pelo baixo ponto de fumaça. Mas outros, como vimos acima, dizem que isso não chega a ser um problema. Se quiser ir pelo lado mais seguro, é melhor não fritar no azeite. E melhor ainda é não fritar de forma alguma. Escolha fazer grelhado ou assado!

Vídeo:

Gostou das dicas?

Você já tinha ouvido falar que fritar com azeite faz mal? Que tipos de óleos vegetais você está acostumado a utilizar na cozinha e em que preparos? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (8 votos, média: 4,63 de 5)
Loading...
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite


ARTIGOS RELACIONADOS

Um comentário

  1. André Luiz Viana Cardoso

    Eu tenho o hábito de comer omelete frita no azeite extra virgem.no café da manhã. Uso uma colher de sopa como medida. Gostaria de saber se é saudável. Obrigado pela atenção. Abraço! JESUS os abençoem!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

*