Gengibre Faz Mal Para o Estômago?

Especialista:
atualizado em 20/12/2019

Composto por vitamina B6, zinco, potássio, magnésio e cobre, o gengibre é uma raiz termogênica, ou seja, que contribui com o estímulo ao metabolismo, resultando na melhoria do processo de queima de calorias e gorduras por parte do corpo.

Como se não bastasse, ele também carrega propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e antimicrobianas, além de ser associado a benefícios como o alívio de dores relacionas à artrite e a colaboração com o tratamento de problemas de saúde como dores musculares, infecções do trato respiratório, asma e bronquite.

Tudo isso é relevante, vamos conversar a respeito de outra coisa mais abaixo – os efeitos do alimento em relação ao estômago.

O gengibre faz mal para o estômago? 

O gengibre pode contribuir com o sistema digestivo graças ao fato de estimular a produção da bile, que é um fluido produzido pelo fígado e que fica armazenado na vesícula biliar.

A bile trabalha na digestão de gorduras e na absorção de substâncias nutritivas provenientes da alimentação.

Além disso, o gengibre também pode ser utilizado para auxiliar o tratamento de incômodos estomacais, como é o caso do enjoo matinal, perturbação estomacal e náusea.

O médico Wilso Alvarez explicou que o gengibre harmoniza os elementos agressivos e os elementos defensivos contidos no estômago. O alimento estimula a secreção dos sucos digestivos ao mesmo tempo em que estimula a liberação do muco que protege o tubo digestivo.

Entretanto, quando a pessoa consome o chá de gengibre de estômago vazio pode acontecer uma estimulação gástrica que resulta em algum tipo de estresse digestivo, ainda que essa reação não seja classificada como comum.

Assim, a recomendação é que pessoas com um sistema digestivo sensível comam algum tipo de alimento antes de tomar o chá de gengibre e consumam somente quantidades moderadas da bebida – uma xícara de chá por vez.

Indigestão crônica 

De acordo com informações do Authority Nutrition, o gengibre pode ser útil para pessoas que sofrem com a indigestão crônica, uma doença que também é conhecida pelo nome de dispepsia.

Ela é caracterizada por uma dor e um desconforto recorrente na parte superior do estômago e é desenvolvida principalmente por meio de um atraso no esvaziamento do estômago. Mas o que o gengibre tem a ver com isso?

O alimento pode colaborar com a aceleração do esvaziamento do estômago em pessoas que sofrem com a condição.

Um estudo realizado por pesquisadores de Taiwan e da Austrália identificou que o gengibre ajudou a diminuir o tempo de esvaziamento estomacal de 16 minutos para 12 minutos em indivíduos com indigestão crônica.

Outra pesquisa feita por um cientista de Taiwan e divulgada no ano de 2008 identificou que o consumo de gengibre em pó por parte de 24 pessoas saudáveis antes de uma refeição acelerou o esvaziamento do estômago em 50%.

O problema do excesso 

Tudo que é demais faz mal, não é mesmo? Pois bem, ao ser ingerido em excesso, é possível afirmar que o gengibre faz mal para o estômago.

Comer uma quantidade exagerada de gengibre pode resultar em perturbação estomacal e náusea, além de trazer outros problemas digestivos como gases e diarreia. Portanto, se você deseja fazer uso do alimento, tenha o cuidado de consumir quantidades moderadas para não prejudicar o seu organismo. 

Outros cuidados com o gengibre

Agora que já entendemos se e quando o gengibre faz mal para o estômago, vamos conhecer alguns casos em que o alimento não deve ser utilizado e alguns efeitos negativos associados a ele.

Por conta de se tratar de um alimento termogênico, o gengibre deve ser evitado por pessoas diagnosticadas com hipertireoidismo, devido ao risco deles causarem perda de massa muscular.

Crianças, mulheres grávidas e indivíduos com doenças como cardiopatias, alergias, úlceras e enxaqueca também não devem exagerar no consumo de alimentos termogênicos para não sofrerem com o aumento da pressão arterial, a redução dos níveis de açúcar no sangue (hipoglicemia), insônia, nervosismo e taquicardia.

Pessoas com distúrbios hemorrágicos devem evitar o gengibre, pois ele favorece hemorragias. Por piorar quadros de doenças cardíacas, ele deve ser excluído da dieta de pessoas que sofrem com o problema.

Quem tem histórico de úlceras, doença inflamatória intestinal ou bloqueio intestinal deve tomar cuidado com o alimento e não pode consumir quantidades grandes da raiz.

O consumo de gengibre de maneira exagerada ainda pode causar azia, inchaço, sonolência, sedação leve, irritação na boca e agravar condições cardíacas em pessoas com problemas no coração. Por resultar a hipoglicemia, a presença do alimento da dieta de diabéticos pode exigir o reajuste nas doses de insulina que são aplicadas.

Fontes e Referências Adicionais:

Caso esteja utilizando algum tipo de medicamento, converse com o médico antes de usar o gengibre para saber se não existem riscos de interações prejudiciais entre o remédio em questão e o alimento.

Você já tinha noção se o gengibre faz mal para o estômago quando consumido em excesso? Tem o costume de consumi-lo de que forma e com que frequência? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (16 votos, média: 4,38 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é uma das nutricionistas mais conceituadas do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

Deixe um comentário

12 comentários em “Gengibre Faz Mal Para o Estômago?”

  1. Comecei a tomar gengibre e comecei a sentir dores fortes no estômago .
    Eu não sabia q era pelo gengibre e continuei tomando , até que ontem eu não consegui dormir de tanta dor .
    O que posso fazer para aliviar essa dor ????

  2. Só o fato de eu ter chupado uma bala de gengibre já fiquei mal , dor no estômago e náusea, isso por que uma vez fiz água gelada com gengibre , e acredito que ficou forte de mais ao ponto de me dar uma intoxicação, muitas fortes dores no estômago…. e agora nada que tenha gengibre posso ingerir …

  3. Descobri que não posso consumir gengibre em jejum, comecei a fazer o suco detox e ingerir em jejum, mas estava me causando fortes dores estomacais, ocorrendo náuseas. Parei de imediato.

  4. Passei A colocar pedaços de gengibre na minha garrafa de água que tomo durante o dia,senti que não fui aí banheiro como antes,e não tinha problema em ir aí banheiro, agora fiquei ressecada e com o estômago muito alto e inchado,vou parar de beber por enquanto.

  5. Fui pesquisar, a duas semanas resolvi fazer suco Detox e acho que exagerei justamente na quantidade de gengibre em pó pois estou sentido dores no estomago, foi essas dore o motivo desta pesquisa, vou suspender o gengibre.

  6. Comédia sentir fortes dores no estômago após
    Consumir o chá de gengibre,nunca tinha sentido dores
    No estômago,será que e por conta do gengibre?

  7. é realmente estou com problemas no estomago e coração, eu ingiro chá de gengibre em grande quantidade, agora descobri a possivel causa do problema gengibre em excesso, mas vou fazer os exames que o médico pediu se a causa não for outra eu publico.