Glicose pós prandial – O que é e valores de referência

Especialista:
atualizado em 11/11/2020

Confira aqui os valores de referência da glicose pós prandial e saiba o que fazer para controlar melhor a sua glicemia no dia a dia.

Qualquer diabético tem uma qualidade de vida melhor a partir do momento em que compreende o que é a glicose pós prandial e aprende a controlar a sua glicemia.

Mas antes de mais nada, é importante relembrar que pós prandial se refere ao período logo depois de se alimentar. Ou seja, a glicose pós prandial é a medida da glicose após as refeições.

Certamente, apresentar altos níveis de glicose pós prandial não é bom para ninguém, especialmente para quem tem diabetes mellitus de qualquer tipo.

Aliás, diabéticos com resistência à insulina podem enfrentar um problema extra que é a insulina pós prandial aumentada

O que é glicose pós prandial?

A glicose pós prandial representa o nível de glicose no sangue logo depois de uma refeição importante como o café da manhã ou o almoço, por exemplo.

Ela pode ser medida em casa com um monitor glicêmico de uso doméstico ou então em um hospital por meio de uma amostra de sangue.

Em qualquer um dos métodos, a amostra é coletada duas horas depois do início da refeição ou seguindo as orientações do seu médico.

Quando a glicose pós prandial está acima dos níveis considerados normais, alguns sintomas desagradáveis podem surgir, como por exemplo:

  • Mau humor;
  • Irritação ou nervosismo;
  • Dificuldade de concentração;
  • Névoa mental.

Níveis baixos demais também não são ideais, pois podem causar mal estar e até desmaios.

Para evitar contratempos, quem tem diabetes deve saber medir a glicose em intervalos de tempo adequados e conhecer os valores de referências. Só assim será possível fazer um bom controle da diabetes e ficar livre dos sintomas desagradáveis e de complicações de saúde.

Aliás, a American Diabetes Association (Associação Americana de Diabetes) recomenda a verificação dos níveis de glicose no sangue imediatamente antes das refeições e novamente depois de 1 a 2 horas após a ingestão do alimento. 

Valores de referência

medidor de glicose pós prandial

A fim de obter das amostras de sangue, a pessoa pode ficar algumas horas em um hospital ou laboratório caso esteja apenas investigando um provável diagnóstico de diabetes do tipo 2. Outra opção é usar um medidor de glicemia de uso caseiro.

Portanto, se for fazer o exame em casa, é importante registrar os valores e os horários em que a amostra foi coletada no próprio aparelho ou em um bloco de notas.

Só para exemplificar, os adultos saudáveis apresentam um pico de glicose no plasma sanguíneo cerca de uma hora após o início da refeição, que não costuma ultrapassar 140 mg / dL.

Em seguida, é esperado que os níveis pré-prandias (glicose antes da refeição) sejam alcançados novamente dentro de 2 ou 3 horas.

Sendo assim, os valores de referência são os seguintes:

Antes da refeição ou 2 horas após a refeição 

  • menor que 140 mg / dL: normal;
  • acima de 140 mg / dL: sinal de alerta;
  • acima de 200 mg / dL: indicativo de diabetes do tipo 2.

Apesar de não fazer parte do exame de glicose pós-prandial, um exame de glicemia em jejum pode complementar o diagnóstico. 

Em jejum

  • entre 70 e 100 mg / dL: normal;
  • acima de 125 mg / dL: indicativo de diabetes do tipo 2;
  • menor que 70 mg / dL: caracteriza um episódio de hipoglicemia.

Cuidados importantes

A fim de evitar resultados imprecisos e flutuações perigosas nos níveis de glicose, é importante:

Outros fatores que podem influenciar as medidas de glicemia pós prandial são a prática de exercícios físicos e o uso de certos medicamentos.

Além disso, sempre avise seu médico sobre qualquer coisa na sua rotina que você ache que possa interferir nos níveis de glicose.

Fontes e Referências Adicionais

Você costuma acompanhar a sua glicose após as refeições? Então, comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Sobre Equipe Editorial MundoBoaForma

Quando se trata de saúde, é muito importante poder contar com uma fonte confiável de informações. Afinal de contas sabemos que o sua qualidade de vida e bem-estar devem estar em primeiro lugar para você. Por isso contamos com uma equipe profissional diversificada, com redatores e editores que desenvolvem um conteúdo de qualidade, adaptando-o a uma linguagem de fácil compreensão para o público em geral, tendo por base as mais confiáveis fontes de informação. Além disso todo artigo é revisado por profissional especialista da área, para garantir que as informações são verídicas. Tudo isso para que você tenha confiança no MundoBoaForma e faça daqui sua fonte preferencial de consulta para assuntos relacionados a saúde, boa forma e qualidade de vida. Conheça mais sobre os profissionais que contribuem para a qualidade editorial do portal.

Deixe um comentário