O Que Faz Mal Para Gastrite?

Muitas pessoas no Brasil e no mundo sofrem de problemas estomacais. A má digestão, azia, mal-estar e dor de estômago são sintomas que não devem ser ignorados e que devem ser investigados de forma correta, pois podem estar associados a maiores problemas.

O procedimento correto é sempre que se busque a orientação de um médico para que este possa realizar um diagnóstico completo e também possa indicar o melhor tratamento, como acontece nos casos de gastrite.

Vamos conhecer o que faz mal para gastrite, saber quais os cuidados diários para este problema e as melhores formas de tratamento.

O que é a gastrite?

A gastrite é um problema gerado por uma inflamação, infecção ou erosão que acontece na parede do estômago e que pode ser considerada aguda, quando dura pouco tempo, ou crônica, quando já dura meses ou até mesmo anos.

Esta doença, juntamente com a úlcera péptica, possui grande índice de morbidade e normalmente é passível de tratamento. Alguns tipos de gastrites crônicas e graves podem também destruir elementos da parede da mucosa estomacal, derivando um quadro de gastrite atrófica e metaplasia intestinal que podem ser pré-neoplásicas.

A causa mais provável da gastrite está relacionada à fraqueza da barreira da mucosa que protege as paredes do estômago. Quando esta barreira está fraca, os sucos digestivos produzidos pelo estômago causam danos aos tecidos que fazem o revestimento. Em geral, a gastrite é causada por hábitos ruins de alimentação, como no caso de jejuns prolongados ou refeições feitas de forma muito rápida. O uso abusivo de alguns tipos de alimentos como chocolate, refrigerantes com cafeína, café, entre outros, também pode gerar o problema.

Outra causa da gastrite pode estar associada à contaminação de uma bactéria chamada de Helicobacter pylori. A contaminação desta bactéria acontece normalmente na infância, com manifestações posteriores. Quando o problema não é tratado de forma adequada, pode levar ao surgimento de úlceras e até mesmo de câncer no estômago. Algumas pesquisas também mostram que o refluxo da bile para dentro do estômago também pode ser uma das causas da gastrite.

Para realizar o adequado diagnóstico, o médico irá avaliar seu histórico familiar e os sintomas, mas alguns exames também devem ser feitos para que ajudem na hora de identificar as causas dos sintomas do paciente. Em geral, são realizados exames para a identificação da bactéria Helicobacter pylori, como é o caso da endoscopia, que irá analisar o estômago e verificar possíveis sinais de inflamação. O médico também pode optar por um exame de raio-X do trato digestório do paciente em busca de alguma anormalidade.

O que faz mal para gastrite e como tratar o problema?

Saber o que faz mal para gastrite é importante para ajudar tanto na prevenção quanto no tratamento do problema. Diversos estudos mostram que o álcool e alguns tipos de medicamentos podem contribuir para agravar ainda mais a irritação da mucosa estomacal, podendo também aumentar os episódios de refluxo e gerar lesão gástrica crônica. Até pouco tempo atrás, a gastrite era associada somente a desequilíbrios na secreção ácida, mas pesquisas mostram que existem muitos outros fatores relacionados ao problema.

Os principais sintomas da gastrite são indigestão, azia e queimação, perda de apetite, dores abdominais, náuseas, vômitos, podendo acontecer em casos mais graves o sangramento da parede do estômago, gerando sintomas de fezes escuras ou vômito de sangue. É muito importante que se busque a orientação de um médico na presença de algum destes sintomas.

Alguns fatores são considerados de risco e podem aumentar ainda mais as chances de se desenvolver a gastrite. Veja, a seguir, o que faz mal para gastrite realmente e saiba como prevenir o problema e evitar o seu agravamento:

1. Uso de analgésicos

O uso excessivo de medicamentos analgésicos pode prejudicar a produção de uma substância que ajuda na proteção e no revestimento do estômago. Com o uso deste tipo de medicamento ao longo dos anos, a barreira natural do estômago vai ficando mais fraca e isto pode um dos motivos para o desenvolvimento de um quadro de gastrite. Em geral, quando o paciente deixa de utilizar este tipo de medicamento, pode acontecer a recuperação da mucosa e os sintomas tendem a desaparecer.

2. Uso abusivo de anti-inflamatórios

Outro tipo de medicamento que pode aumentar a irritação da mucosa intestinal é o grupo de anti-inflamatórios. O uso contínuo destes medicamentos pode causar danos ao estômago e, normalmente, quando o paciente para de utilizar estes remédios, os sintomas tendem a reduzir.

3. Uso abusivo de álcool

O consumo exagerado de bebidas alcoólicas pode irritar o revestimento do estômago, aumentando as chances de causar danos à mucosa intestinal devido à produção e liberação de sucos gástricos produzidos para a digestão.

4. Aumento do estresse

O excesso de estresse pode provocar o aumento da produção de ácido gástrico e isto pode gerar danos ao revestimento da mucosa, agravando os sintomas da gastrite. Um quadro grave de ansiedade também pode gerar os mesmos problemas com o aumento do estresse.

5. Uso de alimentos que podem aumentar a irritação

Alguns alimentos podem prejudicar ainda mais o problema da gastrite. Apesar de cada pessoa responder a um tipo de alimento de forma diferente, em geral, alguns alimentos podem agravar ainda mais o problema.

É importante evitar os alimentos que sejam ricos em cafeína, como o café e o chocolate, alguns refrigerantes, chás como o chá verde, o chá preto e o chá-mate, bebidas alcoólicas, alimentos ácidos como o limão, a laranja, o abacaxi, o tomate, as frituras, os embutidos, alimentos com muitos condimentos e com excesso de temperos, entre outros.

Também é importante evitar o jejum prolongado ou uso de balas e chicletes que aumentam a produção de ácido gástrico.

Quais alimentos podem ser consumidos?

Saber o que comer em uma dieta para pessoas com gastrite é importante para não agravar o problema e alguns alimentos podem também ajudar na recuperação da mucosa, reduzindo os sintomas. Veja, a seguir, alguns alimentos que podem ser acrescentados na sua dieta:

  • Alimentos com altos teores de fibras como as frutas, os grãos, os legumes e as verduras, tais como brócolis, a aveia, a cenoura e o feijão;
  • Alimentos com baixo teor de gorduras, como peixe, frango e peito de peru;
  • Alimentos com baixa acidez, tais como os vegetais, as bebidas não carbonadas, bebidas sem cafeína;
  • Alimentos probióticos como o iogurte que podem ajudar a fortalecer a flora intestinal e a combater a H. pylori.

Conclusão

A gastrite é um problema gerado por uma inflamação, infecção ou erosão que acontece na parede do estômago e que pode ser considerada aguda, quando dura pouco tempo, ou crônica, quando já dura meses ou até mesmo anos.

A causa mais provável da gastrite está relacionada à fraqueza da barreira mucosa que protege as paredes do estômago. Em geral, a gastrite é causada por hábitos ruins de alimentação como no caso de jejuns prolongados ou refeições feitas de forma muito rápida, podendo também ser causado pela contaminação de uma bactéria.

Saber o que faz mal para gastrite pode ajudar tanto na prevenção quanto no tratamento do problema.

Vídeos:

Gostou das dicas?

Referências adicionais: 

Você já conhecia o que faz mal para gastrite e tem noção de evitar esses hábitos no seu dia a dia? Já sofreu com a condição? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votos, média: 4,67 de 5)
Loading...

1 comentário em “O Que Faz Mal Para Gastrite?”

  1. Dra
    Queria saber se suplementos como o dhea, 5htp, entre outros podem irritar ainda mais o estômago? Existe alguma forma de toma-los sem maiores problemas?
    Existe algum protetor pro estômago pra auxiliar na recuperação?
    Obrigado

Deixe um comentário