Ovo Prende ou Solta o Intestino?

Especialista:
atualizado em 24/12/2019

O ovo já foi considerado um alimento ruim para a saúde, entretanto, a ideia de que ele é um vilão foi derrubada e hoje ele é associado a uma série de benefícios.

O alimento é classificado como uma proteína completa e de alta qualidade por possuir os oito aminoácidos essenciais que o corpo não pode sintetizar e precisa obter por meio da dieta.

  Continua Depois da Publicidade  

Os ovos também servem como fonte de vitamina A, vitamina B2, vitamina B6, vitamina B12, vitamina D, vitamina E, vitamina K, selênio, zinco, ferro e cobre, nutrientes importantes para o funcionamento do nosso organismo que encontram-se distribuídos entre a gema e a clara do alimento.

Mas você já parou para pensar em como o consumo de ovos pode influenciar o funcionamento do nosso intestino?

Será que o ovo prende ou solta o intestino?

Vamos começar a entender se o ovo prende ou solta o intestino dando uma olhada na questão da prisão de ventre, que também é conhecida pelo nome de intestino preso.

Pois bem, um dos hábitos que pode ser considerado uma das causas para o intestino preso é uma alimentação rica em ovos, queijos, carnes e outras comidas ricas em gorduras e pobres em fibras. A explicação é que esse tipo de dieta torna o processo de digestão mais devagar.

Entretanto, há uma solução – a dica é diminuir a quantidade desse tipo de alimento que é consumida e aumentar o consumo diário de fibras para 20 g a 35 g, além de evitar comidas processadas e o fast food, que geralmente são pobres em fibras. Geralmente, o consumo de ovo vem acompanhado dos alimentos que podem prejudicar o intestino e ele pode acabar levando a culpa.

Médico gastroenterologista da Universidade de Rochester, nos Estados Unidos, Thomas Park deu o seguinte conselho: para quem for comer ovos, queijos e carne vermelha, o jeito é adicionar saladas ou outros alimentos que contenham fibras ao prato.

Não é o consumo do ovo em si que pode ser um provocador da prisão de ventre, mas sim a sua ingestão exagerada associada à falta de fibras na dieta e ao consumo excessivo de outros alimentos ricos em gorduras e pobres em fibras.

Ou seja, os ovos não podem ser considerados diretamente culpados por um quadro de intestino preso. Por outro lado, comê-los excessivamente pode, indiretamente, contribuir para o desenvolvimento da prisão de ventre.

  Continua Depois da Publicidade  

O motivo é aquele que a gente já sabe: a falta de fibras. Isso porque não existem fibras na composição dos ovos. Vale lembrar que esse nutriente é importante para o sistema digestivo do organismo e a falta de uma quantidade suficiente de fibras na dieta é que é considerada uma causa para o intestino preso.

Portanto, se você sofre com a prisão de ventre e tem a dúvida se ovo prende ou solta o intestino, verifique se não faltam fibras na sua dieta, ou mesmo a falta de água. Se mesmo com uma boa ingestão de fibras nas refeições do seu dia a dia, você perceber que continua com dificuldades para ir ao banheiro, procure o seu médico para saber qual pode ser a origem do seu intestino preso. 

O outro lado da moeda 

Continuando a conversa para tentarmos entender se o ovo prende ou solta o intestino, vamos para o outro lado da moeda, ver se o alimento pode deixar o nosso intestino mais solto, causando inclusive uma diarreia.

Não é de se esperar que o ovo provoque problemas digestivos para a maioria dos adultos, a não ser que o indivíduo em questão sofra com algum tipo de alergia ou intolerância ao alimento ou tenha a síndrome do intestino irritável.

O ovo é considerado um alergênico alimentar comum e que as reações alérgicas surgem poucos minutos após o consumo dos ovos e acontecem quando o organismo confunde as proteínas dos ovos com substâncias perigosas.

O resultado disso é uma inflamação nos intestinos e em outros tecidos moles no corpo, porém, também pode ocorrer o surgimento de sintomas como diarreia, náusea, vômito e dor estomacal.

Diferente da alergia aos ovos, a intolerância ao alimento é causada por um defeito no sistema digestivo: a falta de enzimas adequadas para decompor as proteínas dos ovos. A ausência dessas enzimas pode provocar reações como diarreia, náusea, vômito, gases, inchaço e cólica.

Outra informação é que existem determinados alimentos que podem afetar qualquer sintoma relacionado à síndrome do intestino irritável que uma pessoa possa apresentar. Assim, os ovos tanto podem como não podem afetar o quadro da condição.

  Continua Depois da Publicidade  

Por conta disso, se alguém tem a síndrome do intestino irritável e o consumo de ovos já lhe causou diarreia, intestino preso, dor abdominal ou inchaço, é possível que essa pessoa necessite evitar os ovos no futuro.

De qualquer forma, ao experimentar essas reações, o ideal é informar ao médico para que ele verifique como deve ser o consumo do alimento a partir de então. O mesmo serve para as pessoas que ficam com o intestino solto ao comer os ovos, no entanto, ainda não foram diagnosticadas com a doença ou com a intolerância ou a alergia ao alimento – a ida ao médico é importante para verificar se ele tem uma dessas condições ou não.

Você já tinha ouvido falar que comer ovo prende ou solta o intestino? Tem costume de consumir bastante ovo no seu dia a dia? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (36 votos, média: 3,67 de 5)
Loading...
Sobre Dra. Patricia Leite

Dra. Patricia é Nutricionista - CRN-RJ 0510146-5. Ela é uma das mais conceituadas profissionais do país, sendo uma referência profissional em sua área e autora de artigos e vídeos de grande sucesso e reconhecimento. Tem pós-graduação em Nutrição pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista em Nutrição Esportiva pela Universidad Miguel de Cervantes (España) e é também membro da International Society of Sports Nutrition. É ainda a nutricionista com mais inscritos no YouTube em português. Dra. Patricia Leite é a revisora geral de todo conteúdo desenvolvido pela equipe de redatores especializados do Mundo Boa Forma.

  Continua Depois da Publicidade  

Deixe um comentário

4 comentários em “Ovo Prende ou Solta o Intestino?”

  1. Comecei a pouco tempo consumir ovos no café da manhã, mas meu intestino é preguiçoso…
    E gostaria de uma opinião!

  2. Boa tarde! Tem quatro dias que dei uma mudada na minha alimentação e tenho comido dois ovos cozidos na hora do almoço, depois desta mudança comecei a ter cólicas intestinais todos os dias praticamente o dia todo e o meu intestino mudou o funcionamento. Lendo a matéria, achei que pode ser o ovo mesmo a causa desta mudança.