Sertralina dá Sono? Efeitos Colaterais e Posologia

🕐 24/01/2020

A sertralina é um medicamento indicado para o tratamento da depressão acompanhada por sintomas de ansiedade, do transtorno obsessivo compulsivo em adultos e crianças e do transtorno do pânico. A seguir, você descobrirá se a sertralina dá sono, seus efeitos colaterais, as contra indicações desse medicamento e como tomar.

A Sertralina é um medicamento que pode ser comercializado somente mediante a apresentação da receita médica. De acordo com informações da bula disponibilizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, ele é indicado para o tratamento da depressão acompanhada por sintomas de ansiedade, do transtorno obsessivo compulsivo em adultos 

Além do sono, remédios para depressão podem ter outros efeitos colaterais. Sendo assim, é muito importante que você conheça outras opções de remédios que também irão atacar a sua depressão mas que talvez tenham efeitos mais suaves. Não deixe de conferir quais os 6 melhores remédios para depressão e como eles funcionam no seu corpo.

Ao tomar qualquer medicamento é necessário entender seus efeitos colaterais. Antes mesmo de comprá-lo, é importante que você se informe lendo sua bula ou até mesmo perguntando ao médico que o indicou. Um exemplo de efeito colateral associado aos remédios anti depressivos é sobre o peso do paciente. Antes de tomar, descubra se a sertralina emagrece ou engorda.

A serotonina é um neurotransmissor que influencia várias de nossas funções corporais e psicológicas. A maioria das células do nosso cérebro são influenciadas por ela e suas funções como o desejo sexual, bom humor, sono, memória entre outras. Você pode perceber que é exatamente nos locais onde a depressão atua. Você vai gostar de conhecer como aumentar a serotonina naturalmente.

O uso do remédio ainda pode ser indicado em casos de transtorno do estresse pós-traumático, da fobia social ou transtorno da ansiedade social e da síndrome da tensão pré-menstrual e/ou transtorno disfórico pré-menstrual.

Sertralina dá sono?

É possível afirmar que Sertralina dá sono. E quem confirma essa informação é a própria bula do medicamento, que apresenta a sonolência como um de seus efeitos colaterais, classificado na categoria das reações mais comuns de serem observadas.

Da mesma forma, ainda podemos dizer que o medicamento pode causar o efeito contrário e fazer com que o paciente que o utiliza perca o sono e não consiga dormir, já que na mesma categoria das reações mais comuns, a insônia também figura como um dos possíveis efeitos colaterais do remédio.

Assim, por mais que possamos afirmar que Sertralina dá sono, não temos como cravar com certeza que isso acontecerá em todos os pacientes, já que ele também pode trazer justamente o efeito contrário.

Caso sofra com qualquer um dos dois efeitos colaterais – a insônia ou a sonolência -, especialmente se isso acontecer de maneira exacerbada, procure e converse com o médico que prescreveu o medicamento para saber como proceder em relação a tais efeitos.

Outros efeitos colaterais da Sertralina 

Agora que já sabemos que a Sertralina dá sono realmente, apresentamos uma lista apresenta outros efeitos colaterais que estão associados ao uso do remédio, conforme informações da sua bula:

  • Boca seca;
  • Aumento do suor;
  • Tontura;
  • Tremor;
  • Diarreia;
  • Fezes amolecidas;
  • Dificuldade de digestão;
  • Náusea;
  • Anorexia (falta de apetite);
  • Alteração na função sexual, com destaque para o atraso na ejaculação;
  • Redução da quantidade de leucócitos;
  • Diminuição das plaquetas;
  • Taquicardia;
  • Palpitação;
  • Zumbido no ouvido;
  • Alta concentração de prolactina (hormônio que estimula a produção do leite) no sangue;
  • Hipotireoidismo;
  • Síndrome da secreção inapropriada do hormônio antidiurético;
  • Dilatação das pupilas;
  • Visão anormal;
  • Dor abdominal;
  • Prisão de ventre;
  • Pancreatite;
  • Fraqueza;
  • Dor no peito;
  • Inchaço nas extremidades do corpo;
  • Cansaço;
  • Febre;
  • Mal-estar;
  • Eventos hepáticos graves como hepatite e disfunção hepática;
  • Elevação assintomática dos níveis de enzimas do fígado;
  • Reação alérgica, podendo ser grave;
  • Anormalidade em resultados clínicos laboratoriais;
  • Alteração da função plaquetária;
  • Aumento do colesterol no sangue;
  • Elevação do peso;
  • Diminuição do peso;
  • Aumento do apetite;
  • Diminuição dos níveis de sódio no sangue;
  • Dor nas articulações;
  • Cãibra;
  • Convulsões;
  • Dor de cabeça;
  • Diminuição da sensibilidade;
  • Enxaqueca;
  • Distúrbios motores;
  • Contrações musculares involuntárias;
  • Formigamento (parestesia);
  • Desmaio;
  • Agitação;
  • Confusão;
  • Aumento da transpiração;
  • Hipertensão;
  • Rigidez;
  • Alteração no eletrocardiograma;
  • Reações agressivas;
  • Ansiedade;
  • Sintomas de depressão;
  • Euforia;
  • Alucinações;
  • Diminuição da libido;
  • Perturbação do sono;
  • Psicose;
  • Incontinência urinária;
  • Retenção urinária;
  • Enurese (emissão involuntária de urina);
  • Secreção de leite;
  • Aumento da mama em homens;
  • Irregularidade menstrual;
  • Ereção persistente e dolorosa do pênis;
  • Broncospasmo;
  • Bocejo;
  • Perda de cabelo;
  • Angioedema (inchaço vascular);
  • Inchaço na face;
  • Inchaço ao redor dos olhos;
  • Reação na pele por conta de sensibilidade à luz;
  • Coceira (prurido);
  • Púrpura (extravasamento de sangue que forma manchas na pele);
  • Equimose (manchas roxas no corpo);
  • Erupção cutânea;
  • Urticária;
  • Sangramento anormal;
  • Fratura óssea;
  • Síndrome Serotoninérgica;
  • Pensamentos suicidas;
  • Síndrome Neuroléptica Maligna;
  • Variações nos níveis de glicose;
  • Hemorragias fatais.

Ao experimentar um ou mais dos efeitos colaterais mencionados na lista acima, procure imediatamente a ajuda do médico pra saber a forma mais segura e adequada de como proceder.

Sintomas e causas da depressão

Muitas pessoas demoram para buscar tratamento, pois acham que estão apenas tristes e desanimadas. Mas a depressão não é uma simples flutuação de humor passageira. Geralmente, os sintomas da depressão duram pelo menos 2 semanas ou mais.Trata-se de uma condição muito séria e que pode até piorar se não for tratada. 

Para que você identifique os sintomas da depressão, veja a seguir quais são os principais sinais da doença:

  • Humor deprimido;
  • Alterações no apetite;
  • Perda de desejo sexual;
  • Falta de interesse em atividades que antes te davam prazer;
  • Perda ou aumento de peso não intencional;
  • Mudanças no padrão de sono;
  • Fadiga;
  • Sentimentos de culpa ou de inutilidade;
  • Agitação ou inquietação;
  • Dificuldade para pensar, se concentrar ou tomar decisões;
  • Pensamentos recorrentes sobre morte ou suicídio;
  • Tentativa de suicídio.

Há ainda alguns sintomas que são mais comuns em mulheres. De acordo com o Centers for Disease Control and Prevention (CDC), a depressão é até duas vezes mais comum nas mulheres do que nos homens. Sinais da doença que costumam afetar mais as mulheres são:

  • Ansiedade;
  • Irritabilidade;
  • Mudanças de humor;
  • Pensamentos negativos.

Segundo a American Psychological Association, alguns homens com depressão podem adotar alguns comportamentos específicos que não eram um hábito antes, como:

  • Trabalhar sem parar;
  • Evitar situações sociais e contato com a família;
  • Ter dificuldade com as responsabilidades de casa e do trabalho;
  • Exibir comportamento abusivo ou controlador nos relacionamentos.

Assim como os sintomas podem ser variados, as causas da depressão também são muitas. Os principais fatores que contribuem para o desenvolvimento da depressão são:

  • Alterações nos níveis de neurotransmissores do cérebro;
  • Características da estrutura cerebral;
  • Condições médicas como insônia, dor crônica ou transtorno de déficit de atenção e hiperatividade;
  • Fatores psicológicos e sociais como traumas na infância ou na vida adulta;
  • Uso de drogas ou dependência alcoólica;
  • Fatores genéticos ou histórico familiar de depressão.

Um estudo recente publicado em 2018 no American Journal of Psychiatry mostra que apesar de uma pessoa que tem um familiar com depressão ter de 2 a 3 vezes mais chances de ter a doença do que o resto da população, não é apenas o fator genético que determina o desenvolvimento da depressão. Mesmo que a genética contribua, há uma série de outros fatores que podem influenciar no risco de ter depressão.

Depressão além dos medicamentos – dicas para se sentir bem rápido

Embora o tratamento com medicamentos como a sertralina seja essencial para sair da crise depressiva, é importante lembrar que você pode reduzir a dose do medicamento ao longo do tempo ou até mesmo não precisar mais dele se você adotar alguns hábitos mais saudáveis no seu dia a dia.

Praticar exercícios físicos e se alimentar melhor é essencial para qualquer pessoa e tais hábitos podem ajudar ainda mais a sair mais rápido do quadro depressivo além de evitar a reincidência dos sintomas.

Exercícios físicos

Os exercícios físicos, principalmente os aeróbicos – como caminhar, correr, andar de bicicleta e nadar – aumentam os níveis de endorfina no cérebro, um hormônio que estimula o neurotransmissor noradrenalina relacionado à regulação do humor. O aumento da endorfina pode aliviar sintomas da depressão e promover uma sensação de bem-estar.

Alimentação

Uma pesquisa publicada em 2019 no periódico científico PLoS One indica que uma dieta que conta com muitos alimentos açucarados ou processados podem aumentar o risco de problemas de saúde e afetar a saúde mental de adultos.

Cuidar da sua dieta é fundamental para tratar a depressão e evitar uma série de outros problemas de saúde que podem surgir ao longo da sua vida. O mesmo estudo também mostrou quais são os melhores alimentos para reduzir os sintomas da depressão, que são:

  • Frutas;
  • Legumes;
  • Azeite;
  • Peixes;
  • Nozes.

Importância da psicoterapia

A maioria das pessoas responde melhor a remédios como a sertralina quando combinam o tratamento medicamentoso com a psicoterapia. A terapia com um bom psicólogo pode te ajudar a lidar melhor com a doença, além de identificar: 

  • problemas emocionais que podem prejudicar a sua saúde, os seus relacionamentos e a sua comunicação com os outros;
  • gatilhos que causam pensamentos e sentimentos desagradáveis;
  • formas de enxergar os problemas com outros pontos de vista que não afetem o seu humor e o seu dia a dia de forma negativa.

Há vários tipos de terapia, mas a terapia cognitiva comportamental é uma das vertentes da psicologia mais adequada para o tratamento da depressão.

Contraindicações

A bula também informa que a Sertralina não deve ser utilizada por pessoas que tenham histórico alergia a algum dos componentes da fórmula do medicamento, crianças com menos de seis anos de idade e pacientes que estejam fazendo uso de medicamentos como inibidores da monoaminoxidase (IMAO) ou pimozida.

Ao receber a prescrição do remédio, é importante falar para o médico a respeito de qualquer outro medicamento que esteja utilizando para que ele verifique se não existem riscos de interação entre a Sertralina e o remédio em questão.

Também é importante informar ao médico a respeito de qualquer outro problema de saúde que possua, ainda que ele não esteja sendo tratado no momento.

Pessoas com diabetes devem ter a sua glicemia cuidadosamente monitorada ao usar Sertralina e o medicamento precisa ser usado com cuidado por pacientes do glaucoma de ângulo fechado ou histórico de glaucoma.

Ao longo do tratamento com o remédio, o usuário não deve dirigir veículos ou operar máquinas, tendo em vista que sua atenção e habilidade e atenção podem estar comprometidas.

Ressaltamos também que ninguém deve utilizar o remédio sem a indicação e prescrição do médico, especialmente se for uma mulher grávida ou em processo de amamentação de seu bebê.

Todos os efeitos colaterais apresentados no tópico anterior indicam como o medicamento é perigoso. Logo, fica bem fácil concluir que, para qualquer pessoa, usá-lo sem necessidade e sem a orientação de um profissional capacitado coloca a saúde em grandes riscos.

Posologia – Como tomar 

A bula da Anvisa traz a indicação de que a Sertralina seja ingerida via oral em uma dose única, pela manhã ou pela noite, com ou sem alimentos, no mesmo horário todos os dias. A recomendação é que a dosagem diária não ultrapasse os 200 mg e que o remédio não seja mastigado.

Entretanto, quem deve determinar a dosagem adequada do medicamento que o paciente deve tomar por dia é o médico. É ele também quem escolhe os horários da ingestão, assim como a duração do tratamento.

Para manter a segurança de sua saúde, o paciente deve obedecer a todas as orientações passadas pelo médico e não interromper o tratamento sem o conhecimento do profissional.

Fontes consultadas:

https://www.healthline.com/health/depression

https://www.medicalnewstoday.com/articles/8933.php#causes

Referências adicionais:

Você já tinha ouvido falar que a Sertralina dá sono, ou percebido esse efeito colateral ao tomar o remédio? Já informou ao seu médico? Comente abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (201 votos, média: 3,96 de 5)
Loading...

74 comentários em “Sertralina dá Sono? Efeitos Colaterais e Posologia”

  1. Oi bom dia comecei tomar hoje sofro de ansiedade e estou percebendo que estou começo depressão aí passei no médico e ela me passou esse remédio junto com o carbonato de lítio risperidona vamos ver como eu vou me sentir

  2. Estou tomando Sertralina 50 à dois dias, o que senti foi sono, muito sono. Estou tomando para ansiedade e também por não conseguir dormir.
    Vai dar certo, se Deus quiser, e ele quer!

    • Ricardo, de qual laboratório é a sertralina que você está tomando?
      Logo que comecei a tomar, peguei o genérico da Eurofarma e foi maravilhoso, dois dias depois de começar a tomar eu já estava me sentindo menos ansiosa, estava dormindo melhor, e notei também que reduziu bastante minha vontade de comer doces/carboidratos.
      Enfim, tomei esse da Eurofarma por uns 5 meses, aí quando fui comprar de novo, tinha uma promoção da setralina do laboratório Torrent, eu achei que não teria diferença nenhuma e comprei. Olha, me arrependi muito, pois comecei a ficar com o sono todo alterado (ou tinha dificuldade para dormir à noite, ou então passava os dias com muito, mas muito sono), sem contar que comecei a ficar muito triste, com pensamentos de morte, desejo de morrer, sem energia. Um horror.

  3. O médico tinha receitado um comprimido de.sertralina 50 a noite ele não tomou estava tomando diazepan de 10 para dormir com O não tinha hoje sem eu ver ele tomou 3 comprimidos de 50 mg e 3 de fernegan comprimido será que vai acontecer algo estou apreensiva

  4. Meu marido tomou sertralina apenas dois dias. Passou muito mal. Teve que ser hospitalizado. Pressão subiu muito e desidratou. Até hoje está sentindo os efeitos colaterais (13/01/19)

  5. Parei de tomar sertralina e to sentindo falta de ar tonturas as vezes e dormencia no braço esquerdo indo pro seio dou de mama sera por conta que parei dw toma sensasao de que vou morrer??????????

  6. Tomei sertralina na gravidez foi ótimo nunca senti efeitos colaterais e mesmo amamentando nenhum problema durmo bem a noite e acordo disposta!!! Muito feliz já não fico tão irritada e consigo progredir minha vida!!!

    • Eu comecei tomar tem mais ou menos uns 18 dias estou sentindo um pouco de dormência do lado direito da cabeça e rosto …mas me sinto mais disposta.tomara Deus que passe logo .

  7. Comecei a tomar sertralina e fiquei muito mal, vomitei minha pressão caiu, tive crise de ansiedade que fazia cair minha pressão e to com tremores. Não irei continuar com o tratamento.

  8. Antes tomava fluoxetina 20mg e passava muito mal, tinha crises de ansiedade, dor no peito e palpitações, ai troquei para sertralina 50mg, eu tomo na hora que almoço, desde ontem, mas será que é o correto, pois tomar de manhã eu não tomo pq eu não como pela manhã e com o estômago vazio não deve fazer bem tomar… tomo pra depressão e ansiedade, por conta de um problema, perdi uns dentes da frente e cai em depressão, ai tenho medo de arrumar e cair, enfim… e os efeitos colaterais, eu até agora tive insônia a noite, mas tomei meio dia, em quanto tempo passa a insônia será?

  9. Tomo sertralina a três meses o efeito que senti foi meu intestino funcionar normal pois eu ficava três a quatro dias sem ir ao banheiro e dormir pois eu não dormia pois pra mim regularizou meu metabolismo pois nao dormia e nem ia ao banheiro

  10. Eu tenho arritimia e falei pro meu psiquiatra q eu tenho arritimia mas ele passou mesmo assim o sertralina 25mg tenho medo de tomar e passar mal.
    O que eu faço.

    • Se o seu psiquiatra passou, deve confiar nele. Faça uma consulta com o cardiologista também para ter mais segurança.

      • Olá,tomo sertralina todas as manhãs já a um ano foi ótimo para mim, sinto sono ,mas para quem sofre com insônia a vida toda e maravilhoso, tomo clonazepam gotas a noite,ter um soninho extra de manhã,quando levanto estou renovada .

  11. Remédio que é pra controlar depressão trás ansiedade e pensamentos suicidas, fico pensando direito. Até parei de tomar
    Pensei que me fazia bem mas estava fazendo mal.

  12. Estou tomando tem um mês para síndrome do panico 50 ml sertralina e tomava 0.25 Rivotril, as primeiras duas semanas não fez efeito tinha ataques de pânico todos os dias na terceira semana começou a melhorar 3 crises e está semana graças a Deus só um dia, o psiquiatra suspendeu o Rivotril e de efeito colateral do sertralina tenho tremores e enjoos q não sei distinguir se é o remédio ou ainda traços da ansiedades.

    • tbm estou tomando sertralina e rivotril a 1 mês, no inicio muitas crises agora de vez enquanto, mais não consigo aumentar a dose do sertralina para 50ml passo muito mal, então tomo só a metade. você sentiu muitos efeitos colaterais de sertralina? eu sinto muitas dores no peito ainda, as vezes assusto e corro para o hospital achando q vou dar um infarto rsrs chego la e não nada rsrs sera q o remédio não ta conseguindo controlar minha ansiedade? não sei as vezes me da um desespero uma vontade de ficar boa logo! ?

    • Toma a cerca de 3 meses e o único efeito que eu sinto é o atraso na ejaculação. É uma luta (literalmente) para chegar no fim. Mas parceiras gostam, acabo durando muito mais que o normal. Mas é frustante transar e não sentir prazer. Tenho 26 anos. Tomo para tratamento de ansiedade/depressão.

    • É importante falar para o médico a respeito de qualquer outro medicamento que esteja utilizando para que ele verifique se não existem riscos de interação entre a Sertralina e o remédio em questão.

  13. Tomei um comprimido hoje pela manhã. Horrível. Passei o dia enjoada, tremendo, sem conseguir comer, com sono. Enjoo até pra bocejar. Meu humor e minha ansiedade continuaram do mesmo jeito. Não conseguia me concentrar em nada, pensei que nunca iria melhorar. Tomei o remédio as 10h de sábado, agora são 05:45 de domingo estou sem sono, enjoada e com muita dor de cabeça!

  14. Olá estou com síndrome de pânico e ansiedade comecei a tomar sertralina 50mg e alprazolam 0.5 a 7 dias tenho muitas crises tremores
    palpitações no coração boca seca falta de apetite diarreia falta de sono e dor nas articulações falta de sono desde que comecei a tomar diminuiram alguns sintomas mais as palpitações no coração continuam será que vai passar e depois de quanto tempo

  15. Comecei tomar sertralina e rivotril para tratamento de crise de panico e ansiedade mais como sinto fortes dores no peito o medico me indicou tomar selozok algum sabe me falar se faz mal essa combinação ?

  16. Qual horário devo tomar, ao dormir ou ao acordar? O horário influencia nos resultados do tratamento pra fobia social ?

  17. Estou tomando o sertralina 50 gr a 34 dias estáva com depressão estou sentindo muito bem.mas também o melhor remédio para depressão e Deus receber orações.tenho fé longo estarei deixando de tomar estes remédios!

    • Estou tomando sertralina de, 50mg tem 70 dias… Nos primeiros 20 dias fiquei muito mal…. Tenho insônia até hj por causa da sertralina….. Fraqueza muscular….. Perdi 14 kilos…… E agora tenho tido muita falta de ar e dor no pulmão ao inspirar…….

  18. queria um pouco deste sono ,,alem da sertralina tomo tbm o donaren e meu sono é de pessima qualidade.queria muito dormir,

  19. Bom dia..
    Comecei a tomar sertralina há 2 anos foi quando estava muito deprimida pela perca dos meus pais. Engordei quase 10 kg depois de iniciar esse medicamento e também não consigo ter relação sexual pois tenho fortes dores pré orgástica…
    Comecei com 50 mg ao dia e hoje tomo 25 pq dava tremor, boca seca e insônia…

    • Tomo sertralina há mais de 10 anos. De repente me parece que está só encostado: tipo se não tomar exatamenre no mesmo horário outro dia entro em epressão profunda…choro muito só quero dormir para fugir da situação…enfim me parece que teria que aumentar a dose.mas fico em dúvida…preciso mesmo consultar um psiquiatra ou aumento por conta? Pois até marcar é demorado e estou muito nervosa por sentir assim….

  20. Estou tomando a pouco tempo, me sinto melhor menos triste, mas fico mais agitada no meu serviço, e a noite acordo de madrugada e perco o sono, mas vou continuar tomando , pois fico mais calma durante a TPM.

  21. Eu tenho síndrome do pânico….faz 9 meses q comecei com sertralina d 50 mg depois passei p 75mg agora faz 3 semanas q estou com 100mg…..usei rivotril 0.25 por um mês e aumentou p 0.5 fiquei 2 semanas ……agora só 100 mg d sertralina…..estou mal ainda…tudo acelerado em mim…to angustiada…medos …toda hora tenho pânico..choro mto…do nada tenho crises….to mto triste..ja não sei mais o q fazer..

    • Se eu fosse você, iria para outro médico!! Procure fazer terapia social que é muito bom! E outra, procure ocupar a cabeça com alguma atividade!
      Não toma mais nenhum anti depressivo pq só faz piorar!

    • Bom dia ! Quem sabe você procura um tratamento espiritual numa sociedade espírita kardecista da federação na sua cidade, além do tratamento médico. Tenho certeza que lhe fará muito bem. Estimo melhoras! Abraço.

    • Fica tranquila. Passei pelas mesmas coisas e amenizam com o tempo. Em um ano você vai se sentir muito bem. Vai valer à pena! 🙂

    • Busca alguem da igreja pedi para ajuda para orar com voce…remédios continua a tomando ate medico supender..e Deus vai te ajuda tambem

    • Deus vai te curar de tudo isso procure orar, estou tomando a sertralina a alguns dias ainda tenho efeitos colaterais terríveis, estou tomando para tratar ansiedade

      • Estou tomando o sentralina 50gr,a quase 06 meses estou em fase final do tratamento.porem Deus foi fundamental neste tratamento.o remédio foi um complemento pra minha recuperação.so estou esperando a ordem do médico para suspender a medicação.

    • Eu tenho síndrome do pânico e tomo a sertralina de 50 mg. Sou muito chorona mais melhorei muito depois da sertraluna. Também mim ajudo fazendo orações dos salmos faz muito bem.

  22. Estou fazendo o uso deste medicamente comecei a dois dias, não estou conseguindo dormir e nem comer…
    Gostaria de saber quanto tempo dura esses efeitos colaterais.

    • Se você está sentindo efeitos colaterais, o mais indicado é relatar ao médico que receitou para avaliar a continuidade.

  23. Quando eu comecei a tomar a sertralina, há quase um mês, sentia muito sono. Hoje, sinto muitas dores de cabeça e insonia. O estranho é que eu tenho sentido muita tristeza. Isso é normal?

    • A insônia, como dissemos acima, também está presente nos efeitos colaterais do remédio, assim como dor de cabeça. Vale a pena relatar todos esses efeitos colaterais ao médico que receitou esse medicamento para que ele analise a continuação ou não do mesmo.

  24. Tomei por um tempo e o resultado foi ótimo tudo que sentia relacionado a depressão passou só sentia uma sonolência mas vale a pena pra quem tá com a mente ruim

  25. Médico me receitou este remédio hoje e passou alguns exames de sangue. Alguém pode me dizer se eu tenho que fazer esses exames antes de começar a tomar o remédio ou depois? Volto nele dia 16 de agosto.

    • Provavelmente depois, para ver como foi o progresso com o remédio. Mas vale a pena consultar com ele para não fazer nada errado.

  26. Fiz uso da Sertralina e não tive nenhum efeito colateral, pelo contrário, de todos remédios que tomei esse foi o que mais meu organismo se adaptou. Eu somente sentia muito sono, o que era bom, pois dormia muito pouco. Ele foi uma salvação!

  27. Tenho síndrome do pânico e a Sertralina me salvou!! Tenho alguns efeitos colaterais, mas vale cada um deles, estou muito bem agora.

  28. meu marido esta fazendo uso deste medicamemto tem diabete e e ipertenso ele tem 66 anos nao esta conseguindo dormir e esta urinando muito.

  29. Meu namorado iniciou com meio comprimido de Sertralina neste momento e “capotou”, dormiu imediatamente. Espero que consiga dormir a noite toda e acorde bem disposto. Isto era o que buscavamos! Mas foi muito rápido este efeito nele. Conforme o estado dele ao amanhecer, vamos continuar esta dosagem ou passar a tomar 1/4 a noite. A bula fala de efeitos colaterais muito ambíguos, devemos observar os efeitos individualmente como os próprios relatos aqui expostos nos comprovam. Obrigada pelos depoimentos, foram muito úteis, meus amigos.

  30. Resumo a sertralina como alegria que pode ser comprada em comprimidos.
    Sofria de sindrome do pânico e depressão, e a sertralina tirou com as mãos o meu problema, de maneira que eu nem mesmo acreditava que fosse capaz.
    Tive como efeitos colaterais disfunção intestinal, tremores nas mãos e por vezes sonolência ou insônia, mas não sei afirmar se por conta da crise de ansiedade ou por conta do remédio mesmo.
    Mas enfim, o remédio funcionou muito bem para mim.

    • Poxa sfro muito de depressão e anciedade tenho muita esperança para me curar tudo me abala principalmente quando se trata de relacionamento quando a alguma crise já entro em pânico. Comecei a tomar a 3 dias.

      • Fábio, os medicamento infelizmente não “cura” e sim, ameniza os sintomas. Indico juntamente com a medicação a Psicoterapia, mas com psicólogos. Pesquise a técnica EMDR(Dessensibilização e Reprocessamento por meio dos Movimentos oculares) tb por movimentos auditivo e táteis. Surgiu no EUA. Uma abordagem reconhecida pela OMS . Além de ser rápido e eficaz.. Assim terá o autoconhecimento e consequentemente a remissão dos sintomas.

  31. Tomo esta medicação há dez meses e graças a Deus não senti nenhum efeito colateral grave, apenas um pouco de tremura e somente no início do tratamento.

  32. comecei a tomar 25 mg de sertralina dia 21 de março junto com 3 mg de lorazepam, apos 15 dias comecei a tomar sertralina de 50 mg com lorazepam de 3mg, estou tendo muitas nauseas,ontem comecei a tomar nausedrom de 8mg para enjoo 2 vezes ao dias, quanto tempo ficarei sentindo estes sintomas de enjoo

  33. bom dia comecei tomar 25 mg de sertralina junto com lorazepam de 3 mg, tomei por 15 dias, dia 04-04 comecei a tomar sertralina de 50 mg junto com lorazepam de 3 mg, estou tento muitas nauseas, hj tive que tomar dramim para ve se melhoro, gostaria de saber se é normal nesta fase incial e com qnto tempo fico com esses sintomas de nauseas?

  34. Nunca tomei esse remédio sertralina começarei a tomar aparti de amanhã tomava antes fluoxetina mas minha médica troco por sertralina

  35. Esse medicamento é indicado para depressão, e de verdade ele causa um mal tão grande que nos faz nos sentir um nada!
    horrível!
    Não acredito que esses medicamentos traga algum beneficio na vida de um alguém!

  36. Oi tinha parado por conta própria o sertralina mais comecei essa semana e sinto sintomas colaterais horríveis como queimor no estômago er normal sono cabeça leve alguém pode me enviar ajudar.

  37. Toma Sertralina cerca de 4 anos, prescrita por psiquiatra. Gostaria de saber como sair, já que Clonazepan não tem como.

    • Todo medicamento desse tipo inclusive clonazepan, deve ser retirado devagar para conseguir sair do remédio. Comece tomando meia dosagem, ou meio comprimido por uma semana. Passe para um quarto de dosagem ou comprimido por duas semanas. Comece intercalando dia sim, dia não esse um quarto na quarta semana . Na quinta semana já pode parar de vez.

      • Na quarta semana comece tomando L Theanina 200 mg (suplemento de manipulação, não faz mal à saúde). Ele relaxa e faz dormir.

  38. Tomo sertralina a 5 meses e ainda tenho muitos efeitos colaterais. Os médicos dizem que ainda devo persistir com a medicação?????

    • Vale consultar a opinião de mais de um médico para saber se realmente é adequado continuar o uso do medicamento.

  39. No 5o ou 6o dia, comecei a sentir uma dormência (tipo de anestesia( que vai da parte lateral inferior da cabeça do lado direito), passa pelo maxilar superior direito e vai até o nariz).

Deixe um comentário